Ver mais

Fan tokens, Cardano e revelações sobre a FTX entre os destaques da semana

4 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Fan tokens estão em forte evidência desde que a Copa do Mundo começou.
  • Apesar do forte crescimento da rede Cardano, a ADA continua operando em baixa.
  • Escândalos envolvendo a FTX e seu antigo CEO são maiores do que o imaginado.
  • promo

Maior evento esportivo do ano, a Copa do Mundo está no foco da comunidade cripto, que observa a movimentação de fan tokens e demais ativos cripto durante o torneio.

A Cardano (ADA) segue ganhando notoriedade, com sua equipe anunciando o lançamento de stablecoins próprias para o ano que vem. Quem também não sai do noticiário é a FTX e o seu antigo CEO Sam Bankman-Fried, com revelações bombásticas sobre o crash da exchange e a vida do empresário sendo feitas.

Ainda buscando se recuperar do colapso da empresa, as criptomoedas, em especial o Bitcoin (BTC), precisam lidar com o forte pessimismo de parte dos investidores e da mídia. Por fim, as declarações e especulações em torno do cofundador do Ethereum (ETH) Vitalik Buterin completam a lista de destaques do mundo cripto desta semana.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Fan tokens reagem à Copa do Mundo

fan tokens

A Copa do Mundo Catar 2022 já entrou para a história. Além de ser a edição mais cara da história da competição, ela conta com diversas iniciativas voltadas para a indústria cripto. Não por acaso, ela tem sido acompanhada pela grande maioria dessa comunidade.

O evento tem influenciado no preço de diversos fan tokens, apesar desses ativos não terem uma relação oficial com a FIFA ou com o torneio. O fan token da Argentina, por exemplo, sofreu uma forte queda de preço após a seleção Albiceleste perder em sua estreia. A derrota dos hermanos ainda impulsionou a demanda por uma coleção de NFTs.

Em contrapartida, a seleção brasileira tem comprido o seu papel na competição. Mas isso não impediu que o seu fan token sofresse uma forte queda durante a semana. Mesmo assim, o gol histórico de Richarlison já foi transformando em um NFT. Já um outro craque brasileiro foi um dos protagonistas da coleção do OneFootball. Por fim, a maior exchange cripto do país lançou uma nova plataforma com ativação para fan tokens.

Cardano em alta, ADA em queda

adax

Normalmente, o crescimento de uma blockchain impulsiona o preço de seu token nativo. Todavia, isso não tem ocorrido com a Cardano e a ADA. Apesar de ser observado uma forte adoção de NFTs e DeFi na rede, além do anúncio de duas stablecoins próprias para 2023 – uma delas contendo uma interface de pagamentos própria – a ADA operou em queda esta semana.

A criptomoeda acumula uma desvalorização de 3% nos últimos sete dias, de acordo com o CoinGecko. O ativo ainda perdeu uma importante zona de suporte e pode cair ainda mais no curto prazo, segundo análises.

O lado obscuro da FTX e de SBF

SBF parece arrependido de ter declarado falência e ter saído do posto de CEO da FTX. Porém, o empresário terá preocupações maiores para lidar. O executivo foi acusado de conspirar com a SEC por um congressista e de manipular a mídia por Elon Musk. Além disso, foram revelados detalhes sobre o seu antigo, e estranho, envolvimento com a CEO da Alameda Research, empresa parceira da exchange.

Tudo indica que a FTX também enfrentará novas investigações e acusações, assim como uma franquia da NBA e celebridades que divulgaram a empresa no passado. O crash da exchange ainda deve virar um filme ou série em breve. Mesmo assim, companhias e grandes players da indústria cripto estão interessadas em comprar os ativos da empresa.

Contágio se espalha pelo mercado

O crash da FTX rapidamente se espalhou pelo mercado, com outra grande companhia cripto correndo risco de falência. A Coinbase também enfrenta dificuldades. Além de ver o preço de suas ações atingirem uma nova mínima histórica, a exchange teve as suas reservas contestadas pelo CEO da Binance. Em meio a essas turbulências, analistas projetam quando o inverno cripto irá acabar.

Bitcoin é declarado morto, mais uma vez

Um importante jornal de economia declarou o fim do Bitcoin esta semana. Apesar de isso não ser algo novo na história da criptomoeda, o pessimismo em torno dela aumentou. Um analista conhecido no mercado disse que o preço estava em um ponto crítico, enquanto um grande player disse que o ativo poderia cair até US$ 10.000. Ainda cresceram os temores de que a SEC poderia estar tentando manipular a oferta do BTC.

Mesmo assim, um importante analista disse em um evento no Brasil que o BTC será a próxima reserva mundial. A equipe de análises do BeInCrypto ainda divulgou projeções de preço para o ativo e outras grandes criptomoedas.

No que está trabalhando Vitalik Buterin?

A principal mente por trás do Ethereum parece estar comprometida com projetos que abordam outras questões do mercado. Vitalik Buterin discutiu qual será o futuro das exchanges e como elas podem comprovar suas reservas de forma mais eficiente. Além disso, surgiu rumores de que ele estaria trabalhando em melhorias da Dogecoin juntamente com Elon Musk. Por fim, o desenvolvedor teceu novas críticas à forma como os entusiastas do Bitcoin lidam com o presidente de El Salvador.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados