EX-CEO da FTX tinha talento para manipular a mídia, diz Elon Musk

24 novembro 2022, 12:00 -03
Atualizado por Anderson Mendes
24 novembro 2022, 12:00 -03
EM RESUMO
  • “Se SBF fosse tão bom em administrar uma exchange de criptomoedas quanto em subornar a mídia, a FTX ainda seria solvente! “, disse Elon Musk em seu perfil no Twitter.
  • Esta não foi a primeira fez que o bilionário criticou o ex-CEO da FTX.
  • Outrora visto como um dos maiores casos de sucesso da indústria cripto, SBF passou a ser execrado após o colapso de sua empresa.
  • promo

O homem mais rico do mundo voltou a criticar a atuação de Sam Bankman-Fried como gestor da FTX, afirmando que o executivo tinha talento para subornar empresas de mídia.

O novo CEO do Twitter usou seu perfil na rede social para disparar novas ataques à SBF. Respondendo a um tweet de Teddy Schleifer, que questionava se o antigo líder da FTX seria capaz de continuar financiando grandes veículos de mídia, Musk disse:

“Se SBF fosse tão bom em administrar uma exchange de criptomoedas quanto em subornar a mídia, a FTX ainda seria solvente! “

/Artigos relacionados

Mais artigos

Os ataques de Musk

O tweet feito na noite de quarta-feira (23) não foi a primeira crítica que Musk fez à Bankman-Fried. Logo após o colapso da FTX, o bilionário disse que desconfiou de SBF após os dois discutirem como a aquisição do Twitter deveria ser feita.

“Conversei com ele por cerca de meia hora e sei que meu medidor de merda estava no limite. Foi tipo, esse cara é uma merda – essa foi a minha impressão”.

O CEO da Tesla e SpaceX também usou seu perfil no Twitter para rebater uma reportagem que indicava que SBF havia comprado uma participação de US$ 100 milhões na rede social antes de Musk concluir o acordo de compra. O bilionário afirma que essa informação é falsa e que não há motivos para especular que Bankman-Fried possui algum envolvimento com o Twitter.

  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Sam Bankman-Fried: de popstar para execrado

O antigo CEO da FTX era visto como um dos maiores casos de sucesso da indústria cripto, tendo construindo um verdadeiro império em torno da exchange. Parecia que nem mesmo a queda geral do mercado seria capaz de atrapalhar os ambiciosos planos de SBF, que continuou anunciando aquisições de novas empresas, contratos multimilionários de patrocínio e financiamento de campanhas políticas nos Estados Unidos.

Com o colapso da FTX, o outrora queridinho se tornou odiado por ter gerado grandes quedas no mercado, recebendo duras críticas de grandes players do setor. Michael Saylor chegou a comparar a trajetória do empresário com a de Jordan Belfort, conhecido como o Lobo de Wall Street. Nesse sentido, é realmente possível que a derrocada de SBF e da FTX se torne um filme ou série.

Outro que não poupou críticas foi Changpeng Zhao, CEO da Binance. CZ, que se recusou a salvar a FTX da falência após analisar os números financeiros da empresa, disse que alertou sobre os riscos de que sua empresa corria. Ele também aconselhou o executivo a parar de postar tweets misteriosos e focar nos problemas da companhia.

“Acho que apenas um psicopata pode escrever esse tweet. Quando ele twitta sobre um golpe quando sua casa está pegando fogo, ele perde o foco.”, disse CZ.

A popularidade de Bankman-Fried também não é das melhores entre as celebridades, já que muitos astros da mídia e dos esportes, incluindo Tom Brady e Gisele Bündchen, estão sendo processados por terem apoiado a FTX no passado.

SBF ainda pode enfrentar diversas acusações na Justiça dos EUA, após relatórios mostrarem irregularidades nas finanças da companhia. Os números sugerem que as reivindicações de lucro eram falsas e que o real montante em ativos era muito menor do que o informado.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.