Ver mais

70% dos investidores cripto estão de olho na Copa do Mundo, diz pesquisa

5 mins
Por Shubham Pandey
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • 70% dos investidores cripto pesquisados estão assistindo à Copa do Mundo FIFA de 2022.
  • Quase metade desse grupo está interessada em negociar fan tokens.
  • Os golpes cripto estão aumentando, especialmente no setor de fan tokens.
  • promo

O futebol é o esporte mais popular entre os investidores em criptomoedas, de acordo com uma pesquisa recente da KuCoin. Dos 70% dos entrevistados que estão assistindo à Copa do Mundo da FIFA 2022, quase metade também está negociando fan tokens. Mas os golpes cripto estão mostrando o lado ruim dessa indústria.

Um dos eventos esportivos de maior prestígio está em andamento na região do Oriente Médio do Catar. Espera-se que mais de um milhão de fãs de futebol de todo o mundo assistam aos jogos nos estádios com ar-condicionado pela primeira vez na história.

No entanto, a Copa do Mundo da FIFA de 2022 também entrará para a história por vários outros motivos, especialmente pela forma como as criptomoedas aparecem nela. Espera-se que este evento seja um grande impulsionador para a adoção de criptomoedas.

70% dos investidores cripto estão de olho na Copa do Mundo, diz pesquisa
Fonte: Cryptopolitan

Um dos motivos é o destaque do setor no patrocínio do evento. No início deste ano, os organizadores da Copa do Mundo escolheram a plataforma de criptomoedas Crypto.com como um dos principais patrocinadores do evento. Isso dará à exchange uma exposição a um público estimado de cinco bilhões de telespectadores.

Mas o mais importante, os torcedores. E, desta vez, a exposição as criptomoeda mudaram a forma como os torcedores interagem com suas seleções, fazendo a ponte entre o futebol e a indústria blockchain.

Futebol encontra criptomoedas no Catar

Desde a última grande alta no mercado cripto, a indústria esportiva adotou criptomoedas e soluções baseadas em blockchain de braços abertos. O amor pelas criptomoedas nos esportes continua forte mesmo quando o mercado global passa por um período de inverno.

A exchange de criptomoedas baseada em Seychelles, KuCoin, lançou alguma luz sobre essa joint venture. A exchange publicou o relatório “When Crypto Meets Football”.

Este relatório é baseado em pesquisas entre 20.180 investidores de criptomoedas entre janeiro e setembro de 2022 e 8.022 usuários em comunidades KuCoin em novembro de 2022. Ele revelou como os investidores em criptomoedas se envolvem com seus esportes favoritos, especificamente futebol, na web3.

70% dos investidores cripto estão de olho na Copa do Mundo, diz pesquisa
Fonte: KuCoin

De acordo com a pesquisa, o futebol é o esporte mais popular entre os investidores em criptomoedas. 24% dos investidores dizem que o futebol é seu esporte favorito. De acordo com a FIFA, existem cinco bilhões de fãs de futebol em todo o mundo, com América Latina, Oriente Médio e África representando as maiores bases de torcedores.

Comunidade” (41%), “Trabalho em equipe” (33%) e “Paixão” (30%) são considerados os principais valores compartilhados entre cripto e futebol. Seguiram-se “Estratégico” (27%) e “Acessibilidade a Todos” (23%). Alguns atributos combinam criptomoeda e futebol.

Um futebolista nigeriano anônimo que participou da pesquisa afirmou:

“O apoio dos torcedores é a coisa em comum que mantém as criptomoedas e o futebol. Eles giram em torno de indivíduos que olham além das construções sociais tradicionais para formar uma comunidade baseada em paixões e sonhos compartilhados. Ambos têm um sentimento de inclusão, sendo livres e não tendenciosos”.

No geral, setenta por cento dos investidores em cripto estão de olho no evento, tornando-o o líder nos principais eventos esportivos assistidos em 2022/2023.

70% dos investidores cripto estão de olho na Copa do Mundo, diz pesquisa
Fonte: KuCoin

Diferenças geográficas

Fãs de todo o mundo demonstraram interesse neste evento. Mas desta vez, os investidores em cripto também fizeram parte desse grupo. Geograficamente, Europa, América Latina, Oriente Médio, África e Sudeste Asiático são regiões onde as paixões por cripto e futebol se cruzam. França, Espanha, Vietnã, Alemanha e Brasil apresentam a maior parcela de torcedores de futebol entre os investidores em criptomoedas.

Quatro em cada dez investidores em criptomoedas nesses países se identificam como torcedores de futebol.

70% dos investidores cripto estão de olho na Copa do Mundo, diz pesquisa
Fonte: KuCoin

Agora, dada a tração sem precedentes, a comunidade cripto elevou as interações dos fãs com seus respectivos clubes a um novo nível – com fan tokens.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Pelos fãs, para os fãs

Mais e mais clubes de futebol estão se voltando para a indústria cripto para aumentar as receitas, emitindo um novo tipo de ativo digital chamado fan token. O relacionamento permite que os clubes emitam os chamados ‘tokens de torcedores’ digitais que podem ser vendidos aos fãs e negociados como outros ativos.

Os tokens são semelhantes a um ativo específico do clube, permitindo que moedas virtuais sejam compradas e vendidas com seu valor subindo e descendo de acordo com a demanda e o desempenho da equipe.

Os tokens costumam ser comercializados com vantagens do mundo real, como promoções, recompensas e descontos na loja do clube. Até mesmo uma chance de desbloquear recompensas VIP, incluindo um encontro com jogadores favoritos, assentos VIP e outros benefícios exclusivos.

Quanto mais tokens, maior o acesso e a influência na governança da equipe.

No primeiro vínculo de alto perfil entre futebol e criptomoedas, grandes clubes de futebol, como Paris Saint-Germain, Manchester City, Barcelona e Juventus, fizeram parceria com a plataforma cripto Socios.

Fonte : Consultor da Forbes

Para comprar tokens, os apoiadores devem primeiro converter fundos tradicionais, por meio de um aplicativo, na criptomoeda do Socios, a Chiliz (CHZ).

Dada a exposição ao futebol, as vendas de fan tokens só aceleraram, de US$ 1,90 bilhão em abril para quase US$ 7 bilhões em novembro de 2022, estabelecendo um recorde no volume de vendas que ultrapassou a marca de US$ 175 bilhões.

A Copa do Mundo de 2022 também viu essa tendência

48% dos torcedores de futebol entre os investidores em cripto pesquisados estão interessados em negociar fan tokens durante a Copa do Mundo FIFA de 2022.

Espera-se também que o evento gere popularidade para outros tokens esportivos. 28% dos torcedores de futebol entre os investidores em cripto também expressaram interesse em investir em tokens ou projetos esportivos em geral. As principais menções foram Sweatcoin (SWEAT), Chiliz (CHZ), Stepn (GMT), Alpine (ALPINE) e Flow (FLOW).

Fonte: KuCoin

Agora, para preencher a lacuna entre o futebol e os usuários de criptomoedas, diferentes plataformas participaram do maior evento esportivo. Primeiro, foi a OKX, conforme relatado pelo BeInCrypto. No desenvolvimento mais recente, a KuCoin em conversa com o BeInCrypto afirmou:

“A KuCoin está fazendo parceria com empresas Web3 de alto impacto, como a Polygon – a principal plataforma de Camada 2 para dimensionamento e desenvolvimento de infraestrutura da Ethereum, WinGoal – um F2P World Cup DApp do tipo queimar para ganhar e ganhar para ganhar mais, e YGGSEA – o primeiro subDAO da Yield Guild Games, para lançar “Shoot to Win Goal”, um evento de 4 dias que visa destacar a interseção de cripto e futebol enquanto recompensa os usuários de criptomoeda no ecossistema global com um prêmio total de $ 1 milhão.”

De fato, milhões de fãs, patrocinadores e empresas famosas relacionadas a criptomoedas estariam todas em um estágio. Mas é preciso manter a cautela também.

Proteja-se contra exploits

Os golpes de criptomoedas são um dos maiores riscos para quem investe e joga na Copa do Mundo, conforme relatado pelo BeInCrypto. Como os ingressos para o evento deste ano estão disponíveis apenas digitalmente, os golpistas capitalizam cada vez mais a criação de sites fraudulentos que os oferecem.

Sites falsos de mercadorias, presentes e brindes também atraem os incautos entre os entusiastas do evento.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados