Ver mais

SEC está tentando manipular a oferta de Bitcoin?

6 mins
Por jeffgogo
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • À medida que as exchanges aumentaram a oferta de BTC vendendo 'Bitcoin de papel', começaram a surgir questões de manipulação de mercado.
  • Problemas de manipulação podem resultar em uma queda no preço do Bitcoin no curto prazo.
  • O presidente da SEC, Gary Gensler, apóia os ETFs de Bitcoin que “fornecem proteções significativas aos investidores”.
  • promo

Quando o CME Group lançou o primeiro contrato futuro de Bitcoin em 2017, o presidente emérito do grupo, Leo Melamed, declarou que iria “domar” a criptomoeda. Desde então, vários ETFs foram aprovados pela SEC. Mas, à medida que as exchanges aumentaram a oferta de BTC vendendo “Bitcoins de papel”, começaram a surgir questões de manipulação de mercado.

Melamed disse à Reuters na época: “Vamos regular, tornar o Bitcoin não selvagem, nem mais selvagem. Vamos domesticá-lo em um tipo regular de instrumento de comércio com regras.”

Um fundo negociado em bolsa, ou ETF, permite que os investidores comprem um ativo que acompanha o preço do Bitcoin. Mas, sem realmente possuir o ativo subjacente diretamente. Nos EUA, esses fundos estão sob a alçada da Securities and Exchange Commission (SEC).

Estruturado de forma semelhante a um IOU, um documento informal que admite dívida, o ETF assume a forma de um papel que pode ser trocado durante o processo de negociação. Nesse sentido, os observadores estão preocupados se o objetivo papéis de Bitcoin é manipular o ativo subjacente com a ajuda da SEC como reguladora.

Manipulação de Bitcoin: bancos querem o controle

“São os bancos tentando assumir o controle, mas também é apenas o sistema normal que eles usam”, disse James Crypto Guru, fundador e CEO da plataforma criptográfica MagicCraft, ao BeInCrypto.

“De certa forma, ele controla e manipula. Mas as pessoas entendem que querem o Bitcoin da blockchain e, com o tempo, o tamanho do [depósito de BTC dos bancos] será muito menor do que o mercado geral”, disse o trader e influenciador do YouTube.

James Crypto Guru espera que questões de manipulação de mercado resultem em uma queda no preço do Bitcoin no curto prazo. A longo prazo, no entanto, “[isso será] muito bom para a adoção”, acrescentou

A SEC aprovou o primeiro ETF que investe em contratos futuros da criptomoeda em outubro de 2021. O fundo negociado em bolsa Proshares Bitcoin Strategy foi lançado na Bolsa de Valores de Nova York em 19 de outubro, tornando-se o primeiro ETF de BTC nos Estados Unidos.

Quase US$ 1 bilhão em ações mudaram de mãos durante o primeiro dia de negociação. Após a aprovação do ETF, o preço da criptomoeda subiu para US$ 64.124, um recorde na época. Mas o Bitcoin acumula queda de 75% desde então, negociado a US$ 16.500 no momento.

O analista de cripto Willy Woo comentou que o ETF de futuros de Bitcoin seria ruim para os investidores de varejo, pois colocava investidores institucionais, como fundos de hedge, em vantagem. “Na minha opinião, será uma maneira cara de manter o BTC”, twittou Woo na época. “O fundo negociado em bolsa efetivamente terceiriza a posse de Bitcoin para fundos de hedge por meio de uma cadeia de incentivos de lucro”.

Woo ainda argumentou que um ETF de futuros de Bitcoin tem “potencial para supressão de preços e mais volatilidade devido ao domínio dos futuros”. Isso porque ele espera que os futuros fiquem mais caros em comparação com o preço à vista devido às grandes posições abertas de compra por fundos de hedge.

O padrão ouro

Nos mercados de ouro, é prática comum que os ETFs estejam liderando os preços. Eles também são usados para descobrir preços, de acordo com especialistas. Essa mesma prática parece ter sido adaptada também para os mercados de Bitcoin.

O CME Group afirma que seu contrato futuro de Bitcoin ajudará os investidores a “se beneficiarem da descoberta eficiente de preços em mercados futuros transparentes”.

Serhii Zhdanov, CEO da exchange EXMO, disse ao BeInCrypto que a introdução do Bitcoin em papel deve ser examinada. “A manipulação do mercado financeiro é um problema sério não apenas para as criptomoedas, mas também para outros ativos negociados publicamente”, disse ele.

“Quando se trata de CME, a SEC atua como um cão de guarda, o que garante a segurança dos ativos. A criação e regulamentação de tais ativos devem ser transparentes e compreensíveis para os investidores. Isso lhes dá a confiança de que seu investimento é seguro.”

O BeInCrypto entrou em contato com a comissária da SEC, Hester Peirce, mas ela não estava disponível para comentar “devido à pressão dos negócios”.

Chris Esparza, CEO da Vault Finance, disse que o objetivo dos contratos futuros de Bitcoin nunca foi manipular o ativo subjacente, mesmo que isso pudesse acontecer. Ele passou a alertar contra possíveis golpistas. “O objetivo é abrir a negociação para mais investidores sem ter que lidar fisicamente com o ativo subjacente. Infelizmente, isso também permite que as pessoas troquem coisas que não estão em sua posse”, disse Esparza ao BeInCrypto.

“O impacto é grande. Quando as pessoas podem negociar futuros de Bitcoin sem manter o ativo físico. O ‘Paper Bitcoin’ pode ter uma grande influência no preço à medida que é comprado e vendido.”

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Nem tudo é desgraça

O valor primário do Bitcoin vem de duas coisas. Em primeiro lugar, ao contrário de outros criptoativos, a criptomoeda é verdadeiramente descentralizadoa. Em segundo lugar, a sua escassez, com uma oferta máxima de 21 milhões de moedas.

No entanto, os ETFs aumentam a oferta de Bitcoin vendendo Bitcoin de papel. Os investidores não precisam manter nenhuma moeda diretamente. Isso pode aumentar a sua oferta consideravelmente, fazendo o seu preço diluir.

“Portanto, independentemente de o objetivo ser manipular o ativo subjacente, isso certamente acontece até certo ponto”, de acordo com Ben Sharon, fundador e CEO da plataforma de tokenização de ouro Illumishare.

Nem tudo é melancolia e desgraça com os contratos futuros de Bitcoin. Andrew Weiner, vice-presidente da exchange asiática de criptomoedas MEXC, explicou que o chamado Bitcoin de papel administra o ceticismo de pessoas que sabem pouco sobre criptomoedas. “O surgimento de cada vez mais Bitcoin de papel mostra que a conformidade e a maturidade do BTC foram altamente reconhecidas pelo mercado”, disse Weiner ao BeInCrypto por e-mail.

“Isso não apenas acelera a entrada de investidores institucionais tradicionais e outros traders tradicionais, mas também aumenta a confiança dos usuários de cripto. O Bitcoin de papel introduzirá fundos do mundo financeiro tradicional, o que deve impulsionar a criptomoeda a um novo patamar.”

Serhii Zhdanov, CEO da exchange EXMO, compartilha a visão de Weiner. Zhdanov fez uma lista de benefícios supostamente derivados dos ETFs de Bitcoin. Inclui diversificação, “gerenciamento de risco flexível, oportunidade de hedge de posições e entradas de capital institucional”.

“A ideia por trás do Bitcoin de papel dificilmente pode ser chamada de manipuladora, pois serve ao desenvolvimento do setor como um participante da indústria financeira de pleno direito”, detalhou Zhdanov. “Os prós de tal ativo superam os contras. Mas é preciso avaliar fundamentalmente o fundo ou a exchange que emite esses tipos de ativos, pois ninguém quer perder dinheiro.”

Zhdanov disse que, se bem administrado, o Bitcoin de papel pode funcionar da mesma forma que papéis de ouro, petróleo, prata e cobre, entre outras commodities. Ele disse que os ETFs teriam um efeito positivo nos preços da criptomoeda devido ao aumento da participação das instituições.

Riscos de centralização

Um ETF de futuros de Bitcoin pode ser bom para adoção mainstream. No entanto, pode ir “contra o ethos descentralizado que o BTC representa”. Existe a preocupação da criptomoeda ser “capturada” por fundos de hedge e grandes bancos, que podem acabar manipulando o seu preço.

“O BTC como um instrumento de portador descentralizado é fundamental. Imagine se todo o Bitcoin fosse mantido como um ETF custodiado com um provedor”, disse Willy Woo no ano passado.

“Esse provedor agora pode alterar a taxa de conversibilidade, depois desacoplá-la como um novo fiduciário. Isso aconteceu com o ouro quando estávamos no padrão-ouro monetário”.

O presidente da SEC, Gary Gensler, já havia demonstrado apoio aos fundos negociados em bolsa de futuros de Bitcoin que “fornecem proteções significativas aos investidores”, conforme declarado na Lei das Empresas de Investimentos de 1940. No entanto, a utilidade total da ideia será vista quando houver maior estabilidade no mercado. Especialistas dizem que isso é especialmente verdadeiro em relação a eventos políticos que influenciam o mercado e a dinâmica econômica.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados