Ver mais

Descubra os diferentes tipos de exchanges de criptomoedas

8 mins
Atualizado por Maria Petrova

As criptomoedas se tornaram cada vez mais populares nos últimos anos e mais e mais pessoas estão procurando se envolver no mundo do comércio de criptomoedas. Com o surgimento das criptomoedas, é natural que as exchanges de criptomoedas tenham surgido para facilitar o comércio e os investimentos em ativos digitais.

Quer ser o primeiro a saber sobre as exchanges de criptomoedas? Junte-se à comunidade do BeInCrypto no Telegram. Lá nós compartilhamos diariamente análises técnicas e respostas às suas perguntas. Além disso, é possível conversar com traders e entusiastas do mercado de criptomoedas.

Neste artigo, vamos explorar os diferentes tipos de exchanges de criptomoedas, seus recursos e medidas de segurança que você deve considerar ao escolher uma exchange.

Uma introdução às exchanges de criptomoedas

exchange de criptomoedas

As exchanges de criptomoedas são plataformas online que permitem aos usuários comprar, vender e negociar ativos digitais. Elas servem como intermediários entre compradores e vendedores, permitindo que os usuários troquem ativos digitais por outras criptomoedas ou moedas fiduciárias.

As exchanges de criptomoedas vêm em todas as formas e tamanhos, desde exchanges centralizadas até exchanges descentralizadas e exchanges ponto a ponto. Cada tipo de plataforma tem seus próprios recursos e medidas de segurança, por isso é importante entender as diferenças antes de decidir qual tipo de exchange é a certa para você.

Tipos de exchanges de criptomoedas

Existem quatro principais tipos de exchanges de criptomoedas no mercado, as exchanges centralizadas, exchanges descentralizadas, exchanges ponto a ponto e corretoras de criptomoedas.

Exchanges centralizadas

Aproveite as melhores exchanges centralizadas:

Melhores exchanges descentralizadas de criptomoedas

Uma exchange centralizada, também conhecida como CEX, é uma plataforma online onde os usuários podem comprar e vender ativos digitais, como criptomoedas. É uma das formas mais populares de negociar moedas virtuais e é usada por milhões de pessoas em todo o mundo. A principal diferença entre uma exchange centralizada e outros tipos de exchanges é que ela é gerenciada e operada por uma única entidade. Esta entidade é responsável pela gestão e operação da exchange, e todas as transações que ocorrem na plataforma são processadas e verificadas pela entidade centralizada.

Vantagens da exchange centralizada

A principal vantagem de uma CEX é que ela é mais segura do que outros tipos de exchanges. A entidade centralizada é responsável por manter a plataforma segura e proteger os usuários de qualquer possível fraude ou abuso. Também garante que todas as transações sejam válidas e que ninguém possa manipular o mercado. Além disso, como a entidade centralizada é responsável por gerenciar e operar a exchange, os usuários podem ter certeza de que seus fundos estão seguros e protegidos.

Outro benefício de usar uma exchange centralizada é que ela normalmente oferece taxas mais baixas do que outros tipos de exchanges. Como a entidade centralizada é responsável por gerenciar e operar a exchange, ela consegue manter os custos baixos. Isso torna mais econômico para os usuários comprar e vender ativos digitais. Além disso, as exchanges centralizadas costumam ser muito mais fáceis de usar do que outros tipos de plataformas, tornando-as ideais para iniciantes no mercado de criptomoedas.

No geral, uma exchange centralizada é uma maneira segura e eficiente de comprar e vender ativos digitais. Ela é gerida e operada por uma única entidade, que é responsável por garantir a segurança da plataforma e a validade de todas as transações. Além disso, normalmente oferece taxas mais baixas do que outros tipos de exchanges, tornando-o mais econômico para os usuários. Por esses motivos, muitas pessoas preferem usar uma exchange centralizada ao negociar ativos digitais.

Exchanges descentralizadas

Aproveite as melhores exchanges descentralizadas:

exchange descentralizada, bônus de inscrição

As exchanges descentralizadas (DEXs) estão se tornando cada vez mais populares no universo das criptomoedas. Essas exchanges permitem que os usuários negociem criptomoedas sem uma autoridade central, o que significa que nenhuma entidade tem controle sobre a exchange. Isso é diferente das exchanges centralizadas tradicionais, que pertencem e são operadas por uma única organização.

A natureza descentralizada dessas exchanges significa que não há um único ponto de falha. Isso permite maior segurança, pois os fundos não são armazenados em uma única conta, mas sim distribuídos em várias carteiras. Além disso, os usuários mantêm o controle total de seus fundos e chaves privadas, o que significa que não estão sujeitos aos riscos associados as exchanges centralizadas, como hacking e possíveis fraudes.

O modelo de exchange descentralizada também elimina a necessidade de procedimentos KYC/AML (conheça seu cliente) caros e demorados. Isso torna mais fácil para os usuários acessar o mercado e negociar com rapidez e segurança. Além disso, as exchanges descentralizadas geralmente permitem que os usuários acessem uma gama mais ampla de criptomoedas e tokens do que os oferecidos pelas exchanges centralizadas.

As exchanges descentralizadas ainda estão em seus estágios iniciais e tem suas desvantagens. Por exemplo, as DEXs geralmente têm menor liquidez e taxas mais altas em comparação com as exchanges centralizadas. Além disso, os usuários devem estar familiarizados com os aspectos técnicos da negociação nessas plataformas, pois elas não fornecem o mesmo nível de interfaces amigáveis que podem ser encontradas nas exchanges centralizadas.

Apesar dessas desvantagens, as exchanges descentralizadas estão se tornando cada vez mais populares. Elas fornecem aos usuários uma maneira segura de negociar criptomoedas sem depender de uma parte centralizada. À medida que a tecnologia continua a se desenvolver, podemos esperar ver mais usuários recorrendo a exchanges descentralizadas para realizar suas negociações com criptomoedas.

Exchanges ponto a ponto (p2p)

As exchanges ponto a ponto (P2P) são uma virada de jogo no mundo das finanças. Elas oferecem a capacidade de negociar ativos digitais diretamente sem a necessidade de um intermediário centralizado de terceiros. Como resultado, as exchanges P2P estão se tornando cada vez mais populares, pois oferecem aos usuários mais segurança, privacidade e controle sobre seus ativos digitais.

As exchanges P2P utilizam protocolos peer-to-peer, o que significa que os usuários podem encontrar compradores e vendedores de ativos digitais sem a necessidade de uma plataforma centralizada. Em vez disso, os usuários postam seus pedidos na rede e a rede os compara com outros usuários que desejam negociar. Isso elimina a necessidade de um intermediário, o que significa que as taxas são mais baixas e as transações podem ser concluídas mais rapidamente.

Além disso, a natureza descentralizada das exchanges P2P significa que os usuários têm controle total sobre seus fundos. Como seus fundos não são mantidos por terceiros, os usuários têm o poder de gerenciar seus fundos como bem entenderem. Isso também oferece uma camada extra de segurança, pois os usuários não correm o risco de perder suas criptomoedas se a exchange for hackeada ou ficar offline.

Ao mesmo tempo, a privacidade é outra grande vantagem que as exchanges P2P oferecem. Como os usuários não são obrigados a fornecer detalhes pessoais ou passar por verificação KYC (conheça seu cliente), eles podem negociar sem ter que se preocupar com o comprometimento de sua privacidade.

No geral, as plataformas P2P estão revolucionando a forma como as criptomoedas e tokens são negociados, oferecendo aos usuários mais segurança, privacidade e controle sobre seus fundos. Com sua crescente popularidade, é provável que as exchanges ponto a ponto se tornem a opção preferencial para negociações de ativos digitais em um futuro próximo.

Corretoras de criptomoedas

cefi

As corretoras de criptomoedas são um conceito relativamente novo no mundo das negociações e investimentos. Elas são diferentes das corretoras tradicionais, pois são especializados em ativos digitais como Bitcoin, Ethereum e Polygon. As corretoras de criptomoeda atuam como intermediários entre traders e exchanges, ajudando os traders a comprar e vender ativos digitais. Com a crescente popularidade dos ativos digitais, a demanda por corretoras de criptomoedas também cresceu significativamente.

As corretoras de criptomoedas ajudam os investidores a selecionar o ativo digital certo para seus investimentos. Elas fornecem conselhos sobre as melhores exchanges para comprar e as estratégias de negociação mais lucrativas. Ademais, elas também fornecem conselhos sobre os melhores momentos para comprar e vender ativos digitais. Além disso, as corretoras de criptomoedas podem fornecer informações mais detalhadas sobre os diferentes mercados de ativos digitais, ajudando os traders a tomar melhores decisões ao negociar.

As plataformas de corretagem de criptomoedas também fornecem uma camada adicional de segurança para os investidores. Elas atuam como intermediários entre o trader e a exchange, garantindo que os fundos do trader estejam seguros e protegidos. Além disso, elas também monitoram os mercados e alertam os traders quando há mudanças nos preços dos ativos digitais. Isso ajuda os traders a tomar decisões informadas e maximizar seus lucros.

Crie sua conta na OKX e faça trading de criptomoedas em uma das melhores exchanges do mundo.

Como funciona uma corretora de criptomoedas

Para usar os serviços de uma corretora de criptomoedas, os investidores devem primeiro criar uma conta na plataforma. Isso geralmente é feito através do site da corretora. Assim que a conta for criada, os traders poderão depositar fundos em sua conta e começar a negociar. As corretoras de criptomoeda geralmente cobram taxas por seus serviços, portanto, os investidores devem ler os termos e condições antes de se inscrever.

Em conclusão, as corretoras de criptomoedas estão se tornando cada vez mais populares à medida que mais pessoas percebem o potencial dos ativos digitais. Elas fornecem aos traders segurança adicional, consultoria e acesso aos mercados de ativos digitais. As corretoras de criptomoedas são uma ótima maneira de os investidores maximizarem seus lucros e minimizarem seus riscos ao negociar ativos digitais.

Medidas de segurança para considerar ao escolher uma exchange de criptomoedas


Ao escolher uma exchange de criptomoeda, é importante considerar as medidas de segurança em vigor para proteger seus fundos. A maioria das exchanges exige que os usuários configurem a autenticação de dois fatores e usem uma senha forte para proteger suas contas. Além disso, muitas exchanges também oferecem armazenamento a frio de criptomoedas para usuários que desejam armazenar seus fundos offline.

Também é importante considerar o histórico da exchange e procurar por relatórios de violações de segurança ou hacks. Além disso, você deve garantir que a exchange esteja em conformidade com as leis e regulamentos do país em que você está negociando.

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas para você

tipos de exchanges

Escolher a exchange de criptomoedas certa para você pode ser uma tarefa assustadora, pois há tantos tipos diferentes de exchanges para escolher. A melhor maneira de escolher uma exchange é considerar suas necessidades e objetivos. Se você está procurando uma plataforma amigável com uma ampla gama de recursos, uma exchange centralizada pode ser a melhor opção para você.

Por outro lado, se você estiver procurando por mais privacidade e controle sobre seus fundos, uma exchange descentralizada ou peer-to-peer pode ser a melhor opção. Além disso, se você está procurando uma maneira fácil e amigável de comprar e vender ativos digitais, uma corretora de criptomoedas pode ser a melhor opção.

Exchanges de criptomoedas mais populares

Existem várias trocas de criptomoedas populares, cada uma com seus recursos e medidas de segurança exclusivos. Algumas das exchanges mais populares incluem a Binance, StormGain, OKX, dYdX, Apex Pro e outras.

As exchanges de criptomoedas são uma ótima maneira de comprar, vender e negociar ativos digitais. Há uma ampla gama de exchanges para escolher, cada uma oferecendo seus próprios recursos exclusivos e medidas de segurança. É importante considerar suas necessidades e objetivos ao escolher uma exchange, pois cada tipo de exchange tem suas próprias vantagens e desvantagens. Além disso, é importante considerar as medidas de segurança em vigor para proteger suas criptomoedas, bem como o histórico da exchange.

Ao compreender os diferentes tipos de exchange de criptomoedas e as medidas de segurança que você deve considerar ao escolher uma exchange, você pode tomar uma decisão informada e encontrar a melhor plataforma para você. Então, o que você está esperando? É hora de explorar o mundo das exchanges de criptomoedas e descobrir os diferentes tipos de exchanges que existem!

Perguntas frequentes

O que é uma exchange de criptomoedas?

Quais tipos de exchanges existem?

Qual é a diferença entre exchange centralizada e exchange descentralizada?

O que é uma exchange centralizada?

O que é uma exchange descentralizada?

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade.
Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores.
Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.

Airi-Chaves-2.png
Airí Chaves
Com formação em marketing pela Universidade Estácio de Sá e um mestrado em liderança estratégica pela Unini, escreve para diversos meios do mercado de criptomoedas desde 2017. Como parte da equipe do BeInCrypto, contribuiu com quase 500 artigos, oferecendo análises profundas sobre criptomoedas, exchanges e ferramentas do setor. Sua missão é educar e informar, simplificando temas complexos para que sejam acessíveis a todos. Com um histórico de escrita para renomadas exchanges brasileiras,...
READ FULL BIO