Ver mais

Criador do Bitcoin revelado? Confira a probabilidade de Dorian Nakamoto ser Satoshi

3 mins
Por Laure Elizabeth IACOUCCI
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Dorian Nakamoto refuta ser Satoshi, dizendo que seu inglês ruim pode ter contribuído para essa associação.
  • Apesar de compartilhar links japoneses e ideias liberais com Satoshi, as habilidades de Dorian ficam aquém dos requisitos necessários para ser o inventor do Bitcoin.
  • Enquanto alguns na comunidade acreditam que Dorian é Satoshi, uma análise das evidências sugere que isso é impossível.
  • promo

Dorian Nakamoto é provavelmente o nome mais associado à identidade do fundador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto. Porém, há semelhanças suficientes para justificar essa afirmação?

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Quem é Dorian Nakamoto?

Dorian Nakamoto é, sem dúvida, um dos candidatos mais misteriosos que se acredita ser Satoshi. Poucas informações sobre ele são conhecidas, exceto que ele nasceu por volta de 1950, afirma ser de origem japonesa e é formado em física pela California Polytechnic.

Depois de se formar, ele contribuiu em projetos secretos do governo americano. Além disso, ele teria demitido durante a década de 1990, fazendo como que trabalhasse como professor e soldador.

A vida de Dorian mudou drasticamente depois que a Newsweek o identificou como o misterioso pai do Bitcoin, em 2014. Desde então, ele tem sido uma figura recorrente no universo cripto, participando de eventos com grandes nomes do setor.

O que Dorian diz sobre Satoshi Nakamoto

Dorian Nakamoto refutou imediatamente as alegações da Newsweek em uma entrevista à Associated Press. Ele disse que não teria conhecimento do Bitcoin até 2014 e só conseguiu acesso à internet em sua casa no ano anterior.

A reportagem da Newsweek surgiu de uma entrevista em que seu fraco domínio da língua inglesa provavelmente comprometeu sua compreensão das perguntas, afirmou.

“Estou dizendo que não estou mais na engenharia. É isso. E mesmo que eu fosse, quando formos contratados, você tem que assinar este documento, contrato, dizendo que você não vai revelar nada que divulgarmos durante e após o emprego. Então é isso que eu insinuei. Parecia que eu estava envolvido antes com Bitcoin e parecia que não estou envolvido agora. Isso não foi o que eu quis dizer. Quero esclarecer isso”.

O especialista em física também apontou que é improvável que o fundador de um projeto importante como o Bitcoin use seu verdadeiro sobrenome num pseudônimo.

O que especialistas dizem

O primeiro fato a considerar ao decodificar o envolvimento de Dorian com o Bitcoin é um comentário que Satoshi postou no fórum da Fundação P2P logo após o artigo da Newsweek. Na postagem, o pseudônimo confirmou não ser Dorian Nakamoto.

O público especulou se essa afirmação era simplesmente um golpe para desviar a atenção. Alguns na comunidade ainda acreditam que Dorian é de fato o enigmático Satoshi, acreditando que ele nega os rumores por motivos de segurança.

As ligações entre os dois resultam de vários fatos e coincidências. Em primeiro lugar, ambos têm nomes semelhantes e são de origem japonesa. Em segundo lugar, Dorian Nakamoto mora em Los Angeles, região comum a várias pessoas suspeitas de ser Satoshi.

Como resultado, Dorian poderia facilmente ter entrado em contato com um grupo de cientistas da computação e programadores que contribuíram para a criação do Bitcoin. Por fim, o ex-físico teria compartilhado ideias liberais de criptografia e proteção de privacidade com o criador da criptomoeda.

Teste de probabilidade: Dorian pode ser Satoshi?

As ações de Dorian podem refutar a negação de seu envolvimento no Bitcoin? E se sim, podemos finalmente conhecer o criador do Bitcoin?

Fonte: Forbes
  • Prova criptográfica: O ex-físico nunca usou uma carteira ou chave privada pertencente a Satoshi Nakamoto. O reaparecimento de Satoshi depois que Dorian foi adicionado à lista de possíveis candidatos não prova que os dois são iguais;
  • Conhecimento Técnico de Criptografia e Contribuições: Se acreditarmos na entrevista da AP de Dorian, é improvável que o físico possua conhecimento de criptografia, tecnologia peer-to-peer ou moedas digitais. Além disso, o criador do Bitcoin precisaria de habilidades de engenharia e informática acima do nível do ex-físico. Seus estilos de programação e métodos de comunicação também são muito diferentes. Embora Dorian fale inglês fluentemente, sua entrevista com a AP revelou uma compreensão limitada do idioma. Por outro lado, não há inflexões japonesas na comunicação de Satoshi.
  • Consistência das declarações: A única declaração que Dorian e Satoshi concordam é que eles não são a mesma pessoa. Quaisquer semelhanças decorrem apenas dos comentários de Dorian sobre si mesmo.
  • Reconhecimento da comunidade: Para alguns na indústria, Dorian Nakamoto é o rosto associado a Satoshi, embora de uma forma um tanto despreocupada. No entanto, a maioria considera Dorian o arquétipo de Satoshi, e não sua verdadeira identidade.

Considerando todas as evidências, há 0% de chance de que Dorian seja o criador do Bitcoin.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados