Ver mais

Solana: status atual e últimos lançamentos

10 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Solana Foundation continuou com as iniciativas destinadas ao investimento no ecossistema, incluindo um Fundo de Inteligência Artificial de US$ 10 milhões.
  • Uma série de desenvolvimentos e integrações foi implementada para melhorar a experiência do usuário (UX) - NFTs Compactados, tokenização de Bitcoin na rede Solana (tBTC), e o smartphone Solana Saga.
  • Qual o status atual da Solana? As estratégias para crescimento do ecossistema, principais métricas, análise financeira, rede, DeFi, NFTs, GameFi, infraestrutura, staking, descentralização e desenvolvimento.
  • promo

Qual o status atual da Solana? Confira as estratégias para o crescimento do ecossistema e suas principais métricas.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

Solana do A ao Z

Solana é uma blockchain pública Layer1, de código aberto, que tem como foco principal a escalabilidade e suporte a contratos inteligentes

Ela busca conseguir isto através de um “mecanismo de consenso” chamado Proof-of-History (PoH)

No entanto, apesar de conhecido como “mecanismo de consenso”, a Solana faz um “alerta” em seu site, afirmando que o “Proof of History não é propriamente um “mecanismo de consenso”, mas é usado para melhorar o desempenho do consenso do Proof of Stake da Solana. Também é usado para melhorar o desempenho dos protocolos do plano de dados”.

Isto porque, usando o PoH, a rede ordena e agrupa transações antes que elas sejam processadas por meio de um mecanismo de prova de participação (PoS). 

Outras metas de projeto incluem tempos de liquidação inferiores a um segundo, baixos custos de transação e suporte para todas as linguagens de contrato inteligente compatíveis com LLVM, incluindo Rust, C, C++ e, eventualmente, Move.

Antes de avançarmos, é importante destacar que por conta do seu principal foco ser a escalabilidade, isto acaba impactando na segurança da rede. 

A alta escalabilidade e o uso de PoS por alguns blockchains são, sem dúvida, vantagens de peso, mas que, sozinhas, são insuficientes para sustentar todo um mercado em ambiente digital cujo principal requisito, a segurança, anda de mãos dadas com um dos pilares de qualquer blockchain, que é a descentralização.

Principais métricas

Para se ter uma idéia das principais métricas da Solana nos últimos 180 dias, veja abaixo gráficos extraídos do Token Terminal:

  • Capitalização de mercado diária vs. volume diário de negociações sólidas [Fig.1].
  • Demonstrativo financeiro quadrimestral da Solana [Fig.2]
  • Cenário competitivo: comparativo de desempenho da Solana com outras L1 [Fig.3]
  • Taxas diárias da vs. usuários ativos (diários) na Solana [Fig.4].
  • Desenvolvedores core diários [Fig.5]
  • Capitalização de mercado diária (totalmente diluída) vs. receita diária [Fig.6]
  • Volume diário de negociações SOL [Fig.7]

Status atual da Solana

1. Performance financeira

Após inverno cripto em 2022, o mercado se recuperou em janeiro de 2023 e se mostrou resiliente até o final do 1º trimestre. 

No 2º trimestre, contudo, o desempenho financeiro da SOL foi impactado após a SEC acusar várias CEXs de envolvimento ilegal em ofertas e vendas de criptos não registrados como títulos mobiliários, incluindo o token SOL.

Logo depois, corretoras como a Robinhood anunciaram planos de excluir a SOL de suas listagens cripto. As acusações da SEC e as exclusões coincidiram com a pressão de queda sobre o valor da SOL, que caiu 16% em junho de 2023 em comparação com o aumento do mercado mais amplo no trimestre. 

Todavia, a Solana terminou o segundo trimestre de 2023 como o 8º maior criptoativo por capitalização de mercado, atingindo US$ 9,6 bilhões, segundo o CoinMarketCap [Fig.8].

No primeiro trimestre de 2023, a receita em SOL (total de taxas de transação pagas em SOL) foi amparada por taxas prioritárias mais altas pagas. 

No segundo trimestre, contudo, a receita ficou em 500,87 mil. Ou seja, amargou uma queda de 16,8%, por causa da diminuição no percentual de taxas diárias pagas nos mercados de taxas locais.

As “taxas de prioridade” aumentam o custo do ‘spamming’ na rede. Sua implementação ajudou a eliminar problemas anteriores de tempo de inatividade na Solana causados pelo processamento ineficiente de transações. Em média, no segundo trimestre, ˜40% das taxas diárias foram pagas por usuários que priorizaram suas transações na rede, em comparação com cerca de 50% no trimestre anterior.

Com menos usuários optando por pagar taxas prioritárias, a taxa média de transação da rede caiu [Fig. 9] e, consequentemente, também caiu a receita da Solana em SOL.

Mesmo com diminuição na receita, o comparativo entre receita e capitalização de mercado em dólares [Fig.10] indica que o sentimento geral do mercado quanto à utilidade fundamental da rede Solana permaneceu relativamente inalterado. 

2. Staking e Descentralização na Solana

A Fundação Solana publicou relatório destacando os desenvolvimentos mais recentes no ecossistema, com foco na descentralização e nos dados dos validadores.

Em março de 2020, a rede principal foi lançada e, desde então, expandiu-se para incluir mais de 3.400 validadores, com mais de 2.400 nodes de consenso. O número de nodes na Solana é significativamente maior do que em outras blockchains de prova de participação (PoS). Agora, a Fundação está se concentrando na qualidade dos nodes, não apenas na quantidade.

No segundo trimestre de 2023, número médio de validadores Solana diminuiu 21,1%. Tal declínio começou após a “interrupção” da rede em 25 de fevereiro de 2023.

No segundo trimestre, a Fundação divulgou detalhes sobre a causa da interrupção.
Vários serviços na rede que executam software personalizado de encaminhamento de blocos transmitiram inadvertidamente quantidade significativa de dados, várias ordens de magnitude maior que um bloco normal.

  • A lógica de deduplicação da rede foi capaz de lidar com o problema, mas blocos acabaram sendo retransmitidos à rede pelos serviços de encaminhamento de blocos.
  • Os blocos reenviados sobrecarregaram a lógica de deduplicação dos serviços de encaminhamento, sobrecarregando o Turbine e degradando significativamente a finalização.

De início, acreditava-se que o problema vinha das atualizações da v1.14 em 21 de fevereiro. Contudo, após investigação mais apurada, descobriu-se que o problema estava em uma falha da lógica de deduplicação nos serviços de encaminhamento de fragmentos. 

Por isso, no segundo trimestre, os construtores focaram em melhorar a resiliência e a compatibilidade do design da rede.

O coeficiente de Nakamoto da Solana aumentou para 32 no final do segundo trimestre (agora está em 33), e permaneceu acima da média em comparação com outras redes da Camada 1 (Observação: No Coeficiente Nakamoto, Ethereum é 20 e não 2).Embora um coeficiente Nakamoto alto e um conjunto de validadores robusto sejam benéficos, eles não garantem a ausência de riscos de centralização. 

As métricas de descentralização, incluindo diversidade geográfica, propriedade do data center e diversidade de clientes validadores, também garantem uma integridade mais abrangente da rede.

Conforme destacado no relatório de integridade da rede da Solana Foundation do primeiro trimestre de 2023, a participação em Solana permanece relativamente distribuída entre os data centers no segundo trimestre [Fig.11]. 

A rede estava geograficamente distribuída, com nenhum país hospedando um terço da participação ativa. A distribuição de stake da Solana por país é a seguinte: 23,5% dos EUA, 13,2% da Grã-Bretanha, 11,9% da Irlanda, 8,6% da Lituânia, 7,6% do Japão, 6,0% do Canadá, 5,8% de Cingapura, 5,1% da Polônia, 4,2% da Holanda, 3,2% da Alemanha, 1,9% da França e 2,2% da Rússia. Além disso, 4,0% da participação de Solana vem de outros países. Veja aqui.

Solana não é descentralizada, mas é mais descentralizada que a maioria das blockchains, como Cardano, NEAR e Aptos.

Por fim, a diversidade de “clients” – como a implementação do  “Firedancer  client” –  é uma possível solução para expandir a rede de forma robusta e eliminar interrupções de rede e problemas em nível de software. 

3. Ecossistema da Solana

Os impulsionadores do acúmulo de valor fundamental da Solana estão no engajamento dos desenvolvedores e na estratégia de crescimento do ecossistema da Solana Foundation.

Eis a razão à expansão do ecossistema, que atraiu mais de US$ 600 milhões em financiamento inicial nos últimos dois anos. 

E as iniciativas da Fundação Solana para atrair novos investimentos se intensificaram no segundo trimestre de 2023, com a criação de novos métodos de financiamento como, pex., os Convertible Grants (subsídios conversíveis, que se transformam em investimentos se um projeto atingir determinados marcos de crescimento), e os subsídios para Inteligência Artificial (IA).

Não à toa, a Solana se tornou a primeira blockchain L1 a integrar IA com ChatGPT. Isto é decorrência do fundo de US$ 10 milhões que a Fundação lançou para financiar projetos com foco na interseção entre blockchain Solana e IA. Você pode baixar o plug-in para o ChatGPT da Solana, aqui.

Outra iniciativa bem sucedida que a Fundação Solana encontrou para estimular o crescimento de seu ecossistema foi o Grizzlython  – o maior hackathon global online da história da Solana. Realizado no 1º trimestre, ele abrangeu várias trilhas (como DeFi, NFTs, GameFi, Mobile, Infra, e Web3), e disponibilizou US$ 5 milhões em prêmios. Veja os projetos vencedores aqui

3.1) DeFi

  • Crescimento do TVL (valor total bloqueado)


Os dados mostram que o segundo trimestre não se traduziu em um aumento do TVL em USD. O TVL de Solana em USD tem estado bastante estagnado ao longo de 2023, na faixa de US$ 300 milhões e US$ 450 milhões. 

Mas a TVL denominada em SOL aumentou 18,6%, o que “pode” indicar que a entrada de novos capitais impulsionando a TVL – em comparação com os aumentos de preços de ativos em USD. 

O ecossistema DeFi na Solana têm se expandido, impulsado por projetos de derivativos de Liquid Staking  (LSDs) – como Jito, JPool, Lido, marginfi e Marinade

O TVL destes LSDs se estabilizou após um crescimento significativo no primeiro trimestre. Esses projetos terminaram o 2º trimestre de 2023 com aproximadamente US$ 190 milhões em TVL, uma queda de 7,3%.

Durante o segundo trimestre, o Solend ultrapassou o Orca como o maior protocolo DeFi-Solana. 

O Solend lançou sua V2 que trouxe contratos inteligentes atualizados com novos recursos: ponderações de empréstimos, oráculos TWAP e limites de taxa de saída. O Solend TVL cresceu ~59% e contribuiu para o novo influxo de capital que entrou no ecossistema DeFi-Solana.

Apesar disso, ainda há uma distribuição saudável de TVL entre os aplicativos DeFi-Solana  – cerca de 46% do TVL estava bloqueada em “outros” protocolos na rede.

Outros desenvolvimentos notáveis que expandiram e diversificaram o ecossistema DeFi do Solana resultaram do Grizzlython  – como Arbon, DBL DEX, defiOS, Slide Labs e Sujiko.

3.2) NFTs

O volume de vendas NFT no mercado secundário em USD diminuiu 41,5%. Ao contrário de DeFi, as vendas em SOL diminuíram 43,3%. 

Apesar do declínio das vendas secundárias, o ecossistema de devs Solana continuou a construir novas funcionalidades, e o setor NFT da Solana se posicionou para mais crescimento.

No final de junho, a Solana ultrapassou a Ethereum em volume de NFT pela primeira vez. Em 24 horas, a Solana obteve um volume de US$ 25,5 milhões, contra US$ 24,7 milhões da Ethereum. A principal causa dessa conquista foi o lançamento do SMBs.

Nesse passo, a Solana Foundation anunciou o “state compression” – método econômico para armazenar dados na rede. 

  • O que são NFTs Compactados?

Os NFTs “compactados” foram a primeira aplicação do “state compression” criada em colaboração com a Metaplex, a Solana Labs e outros. Eles são mais baratos que seus equivalentes não compactados.

A Crossmint realizou um estudo de caso, partindo do fornecimento de NFTs a 300.000 usuários, cujo resultado mostrou que em circunstâncias normais o custo ficaria em mais de US$ 74.000. Com a compactação, o custo ficou inferior a US$ 200.

Outro caso de uso de NFTs compactados surgiu no Dialect – aplicativo de mensagens que permite aos usuários enviar e receber mensagens entre contas Web3 e chamar nativamente funções de contrato inteligente. Ele usou o state compression para cobrir o custo de cunhagem de adesivos NFT para milhares de seus usuários. 

Com isto, o Dialect rapidamente ganhou popularidade. Além disso, introduziu no Magic Eden o Buy Now Smart Message, permitindo usuários compartilharem qualquer link para um NFT listado, o que compras diretamente por mensagem.

Também, os NFTs programáveis (pNFTs) foram um catalisador de crescimento do setor de NFT da Solana no segundo trimestre. Dentre os principais, Podemos citar: Floor, Tensor, TipLink e xNFTs.

3.3) GameFi

A Solana Ventures continua a ser um setor importante no ecossistema Solana, com seu fundo de US$ 150 milhões para impulsionar o setor de games na rede. Isto posicionou a Solana para aumentar seu ecossistema GameFi.

No início de 2023, a Solana Foundation também divulgou detalhes sobre o SDK Solana, criado pela Magicblock, que disponibiliza uma estrutura para que desenvolvedores criem colecionáveis digitais, assinatura de transações, autenticação de contas e gerenciamento de carteiras.
Alguns games que se beneficiam da iniciativa de crescimento GameFi da Fundação e do SDK para jogos são: Star Atlas, Aurory, BR1: Infinite, ev.io e Legends of Elumia.

3.4) Casos de infraestrutura

Ultimamente, a Solana se tornou atraente para várias redes de infraestrutura física descentralizada (DePIN ou PoPW). As principais redes que migraram para Solana devido às vantagens de seu design são Helium, Hivemapper e Render.

3.5) Atividade de desenvolvimento

Segundo o relatório de devs da Electric Capital, mais de 2.000 programadores estavam construindo na Solana em 2022 – o segundo em atividade de desenvolvedores, atrás apenas do ecossistema Ethereum. 

Todo o ecossistema Solana registrou um crescimento de 16 vezes em desenvolvedores em tempo integral desde 2018. Entretanto, o número total de desenvolvedores diminuiu para 1.475 em 2023, em 1º de junho de 2023. 

Os desenvolvedores ativos caíram 12% em relação ao ano anterior, mas esse número é 339% maior do que há dois anos.

4. Acesso e experiência do usuário

Uma série de desenvolvimentos e integrações foi implementada para melhorar a experiência do usuário e devs. Os principais são:

  • Brave – O Solana Name Service (SNS) foi disponibilizado para os usuários do Brave. O SNS é um sistema de domínio que permite o gerenciamento de identidade, transações mais fáceis e acesso a sites resistentes à censura.
  • ChatGPT – A Solana Foundation lançou um plug-in ChatGPT criado pela Solana Labs. O plug-in foi inicialmente voltado para usuários finais. Ele permitiu que eles comprassem e listassem NFTs, transferissem tokens, revisassem transações, interpretassem dados e encontrassem coleções de NFTs por preço mínimo.
  • Elusive SDK – Como um SDK de código aberto e centrado na privacidade, o Elusive fornecerá aos desenvolvedores do Solana acesso a recursos de privacidade que podem ser integrados a aplicativos novos e existentes.
  • Solana Mobile – O smartphone Solana Saga foi disponibilizado ao público para novos pedidos. As primeiras avaliações do Saga foram positivas. Além disso, as carteiras Solflare e Phantom entraram em operação em todos os telefones Saga durante o trimestre.
  • tBTC – tokenização de bitcoin na Solana, abrindo oportunidades para detentores de BTC no ecossistema DeFi Solana. Esta é a primeira integração do tBTC com um blockchain que não é do EVM, e a quinta implantação possibilitada pela integração Wormhole.  Para saber mais, vale a pena conferir o X Spaces tBTC is live on Solana.

Conhecimento é poder!! Nos vemos em breve!

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

image_from_ios-1.jpg
Tatiana Revoredo
Tatiana Revoredo é membro fundadora da Oxford Blockchain Foundation. LinkedIn Top Voice em Inovação e Tecnologia. Estrategista Blockchain pela Saïd Business School, University of Oxford. Especialista em Blockchain Business Applications pelo MIT. Especialista em Artificial Intelligence & Business Strategy pelo MIT Sloan & MIT CSAIL. Especialista em Cyber-Risk Mitigation pela Harvard University. Convidada pelo Parlamento Europeu para a “The Intercontinental Blockchain Conference”....
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados