Ver mais

Carnaval deve movimentar 9 bilhões de reais em todo país

4 mins
Atualizado por Thiago Barboza

Os números e previsões para o carnaval 2024 são colossais. A maior festa popular a céu aberto do mundo deve movimentar R$ 9 bilhões – 10% a mais do que 2023. O dado é uma estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Além disso, a CNC projeta que o faturamento com outras atividades turísticas devem ser ainda maiores durante o mês do Carnaval. Com uma expectativa de movimentar R$ 16,3 bilhões, São Paulo lidera o ranking, seguido pelo Rio de Janeiro, que espera movimentar R$ 5,2 bilhões. Na sequência vem Minas Gerais, com R$ 5,2 bilhões. Bahia, um dos carnavais mais famosos do mundo e Rio Grande do Sul estão juntos na lista com previsão de R$ 2,7 bilhões.

O presidente da CNC, Roberto Tadros, disse que atividades relacionadas ao carnaval estão crescendo nos últimos anos.

“O efeito do carnaval, como um evento isolado, contribui para a recuperação econômica do segmento de maneira geral e expressiva”, afirmou na nota divulgada pela CNC.

Das 10 localidades que mais aceitam Bitcoin no mundo, seis estão no Brasil

Com a popularização dos criptoativos, avanços regulatórios e uma economia que segue o caminho sem volta da tokenização, o Brasil está entre os dez países que mais adotam criptomoedas no mundo, segundo a Chainalysis.

Mais de quatro milhões de brasileiros investem em criptomoedas, conforme últimos dados divulgados pela Receita Federal. O país também tem feito avanços significativos no setor que ganha cada vez mais credibilidade e ferramentas para adoção.

 Outro dado relevante vem do BTC Map, inciativa descentralizada que monitora os locais mais “bitcoiners” do mundo.

No ranking, as cidades que mais usam Bitcoin no mundo são Rolante e Riozinho no Rio Grande do Sul. Segundo o site BTC Map das dez cidades no mundo que mais aceitam Bitcoin – seis – são brasileiras.

Carnaval deve movimentar 9 bilhões de reais em todo país
Fonte: BTCMap

Com números tão significativos, a movimentação financeira bilionária esperada também deve impactar o mercado cripto local.

A capital paulista espera receber até o dia 18 de fevereiro – quando acaba oficialmente o carnaval na cidade – mais de 15 milhões de foliões em 536 blocos e desfiles.

Já o Rio de Janeiro, cidade amiga das criptomoedas e famosa mundialmente pela festança, deve receber sete milhões de pessoas nos Desfiles na Sapucaí, bailes populares e carnaval de rua. O número é da edição 2024 do Carnaval de Dados, da prefeitura carioca em parceria com outros órgãos.

“O Carnaval de 2024 vai ser grandioso, com o mundo inteiro olhando para o Rio, a capital do G20. Nós mantivemos o incentivo para as escolas de samba, para realizarem um grande espetáculo e estamos dando todo apoio aos blocos que fazem uma linda festa nas ruas e movimentam a economia da cidade” – afirmou o prefeito Eduardo Paes, celebrando a escolha da cidade do Rio para sediar a reunião de Cúpula e dezenas de importantes encontros do G20, o grupo formado pelas maiores economias do planeta.

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes entrega a chave da cidade ao Rei Momo. fev. 2024. divulgação,

Bandanas, fantasias e acessórios movimentam mais de R$1,4 milhão com vendas online

Dados revelados de Pequenas e Médias empresas (PMEs) pela Nuvemshop mostram que as vendas relacionadas ao carnaval registraram um crescimento de 70% em relação ao ano passado.

Segundo a plataforma para criação de lojas online, mais de 51 mil produtos relacionados à data foram comercializados até o dia 04 de fevereiro de 2024. O que significa mais de R$ 1,4 milhão em faturamento de vendas online com o carnaval.

Bandanas, camisetas, fantasias e acessórios são os campeões de vendas. Apenas o setor de fantasias registrou um crescimento de 339% nas vendas e um faturamento estimado em mais de R$ 440 mil.

Além disso, houve um aumento nas vendas dos produtos registrados com as palavras “glitter” (23 mil itens/+53%) e “lantejoula” (mais de 2 mil itens/+170%), destacou a Nuvemshop.

A empreendedora Heloiza Romão, dona da loja online de roupas femininas, confirma os números e reconhece a importância das vendas nesse período.

“A coleção de Carnaval tem um peso muito grande para nossa marca. Este ano, adaptamos as tendências ao desejo do nosso público, trazendo pela primeira vez uma coleção de estampas regionais para nossa seção de camisetas, que homenageiam as cidades tradicionais do carnaval. Está sendo incrível a repercussão”, comenta Heloiza. “Além disso, oferecemos brindes conforme o valor de compras relacionados aos produtos temáticos de cada coleção”, finaliza a lojista.

“O começo do ano era visto como um período de baixo movimento para o varejo, porém isso vem mudando a partir das estratégias utilizadas pelos empreendedores. A estética carnavalesca surge com uma gama de oportunidades e, aliada às festas e foliões, as vendas de produtos relacionados alavanca o faturamento dos lojistas”, afirma a gerente sênior de Sucesso do Cliente da Nuvemshop, Marcela Orlandi.

Na análise foram consideradas as vendas realizadas de 1º de janeiro até 4 de fevereiro de 2023 e 2024 da base de lojistas brasileiros da Nuvemshop, com mais de 120 mil lojas.

O levantamento também aponta que as PMEs venderam mais de 12 mil produtos cadastrados com o termo “carnaval” em suas lojas virtuais, um volume 148% superior a 2023, quando comercializaram cerca de 5 mil.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados