Meta vai testar experiências no metaverso em Hong Kong

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • A Meta testará experiências no metaverso em Hong Kong.
  • Empresa terá eRV e RA em cafés, escolas e instituições de arte.
  • A empresa também trabalha com criadores locais para compartilhar suas criações no Instagram usando NFTs.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

A Meta vai inaugurar experiências de realidade virtual (RV) e realidade aumentada (RA) em Hong Kong para mostrar como o metaverso pode ser usado no dia a dia.

A empresa, anteriormente conhecida como Facebook, planeja promover seus produtos de metaverso em cafés e escolas, de acordo com o South China Morning Post. A Meta quer oferecer experiências em primeira mão de seus produtos metaversos, algo que vem fazendo cada vez mais nos últimos meses.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

A empresa de tecnologia fará parceria com cafés, escolas e instituições de arte para mostrar o que é capaz dentro do metaverso na vida cotidiana. Exemplos específicos das experiências cogitadas incluem exposições de RV em cafés locais e oficinas de treinamento de RA para educadores e alunos nas escolas.

A Meta também trabalhará com tokens não fungíveis (NFTs) no experimento, permitindo que criadores locais compartilhem suas criações no Instagram. A empresa está dedicando energia à integração de NFTs com o aplicativo de compartilhamento de fotos e está trabalhando em várias estratégias.

Hong Kong está emergindo rapidamente como um dos focos de experiências e testes de NFT. Sua população entusiasta em tecnologia torna-se um bom lugar para testar e implementar novas estratégias.

Meta investe para ser a melhor

A Meta está rapidamente se tornando uma empresa que prioriza o metaverso. Mark Zuckerberg disse isso, até revelando alguns outros desenvolvimentos tecnológicos, como a capacidade de moldar o metaverso por meio da voz. Muito disso ainda está nos estágios iniciais e custou bilhões à empresa.

No entanto, alguns dos indivíduos mais proeminentes do mundo descartaram o potencial dos NFTs. Bill Gates disse que os NFTs estavam associados à teoria do tolo maior – algumas de suas críticas mais duras até agora.

O metaverso é uma aposta de longo prazo, e Zuckerberg e a Meta esperam que possam sair por cima quando o metaverso se tornar mais viável na última parte da década. Estima-se que o metaverso valha mais de US$ 600 bilhões até 2030.

Haverá forte concorrência, pois a Microsoft também está trabalhando em iniciativas semelhantes.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.