Ver mais

Avatares Fotorrealistas da Meta Mantêm o Sonho do Metaverso Vivo

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, revelou avatares fotorrealistas do metaverso em uma entrevista.
  • A nova tecnologia codifica e transmite dados faciais em tempo real de um fone de ouvido por meio de um codec especial que a Meta pesquisa desde 2019.
  • A Meta parece estar caminhando para a integração da inteligência artificial com uma interface de usuário amigável, de maneira semelhante à tecnologia de voz da OpenAI.
  • promo

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, revelou, em uma conversa com Lex Fridman, o que a empresa está planejando para o metaverso: avatares fotorrealistas. A tecnologia usa fones de ouvido especiais e conta com cancelamento de ruído para melhorar a imersão.

Apesar do desastre de ambições fracassadas no metaverso, a Meta progrediu no desenvolvimento de avatares. Zuckerberg apresentou uma representação de última geração de si mesmo e do podcaster Lex Friedman usando o headset VR Quest 3.

Meta usa encodamento 3D avançado para avatares

As representações fotorrealistas são fruto da pesquisa Codec Avatar da Meta. Ela usa fones de ouvido para rastrear expressões faciais.

Em vez de mapear movimentos em um gráfico 3D bruto, o codec codifica e compacta dados faciais em tempo real com o Codec Avatar para enviar uma imagem realista ao outro usuário.

“Esta é realmente a coisa mais incrível que já vi”, disse Fridman sobre a interação.

Fonte: Lex Fridman

A entrevista foi elogiada nas redes sociais. A codificadora Jelle Prins escreveu:

“Nove minutos de podcast do metaverso Lex/Mark, esqueci completamente que estava observando avatares”.

De acordo com Zuckerberg, a tecnologia não está pronta para o consumidor, pois depende de modelos sofisticados de inteligência artificial e de equipamentos caros de digitalização de cabeças. No entanto, ele disse que o histórico da empresa de lançamento de novos produtos em meio a vários obstáculos é um bom presságio para acelerar a data de lançamento.

OpenAI quer levar tecnologia aos smartphones

No início de 2023, a Meta parecia ter desistido em suas ambições de metaverso quando anunciou uma mudança para a IA. Suas primeiras renderizações de avatar careciam de realismo, e a base de usuários do Horizon Worlds, um mundo virtual destinado a funcionar como um portal inicial para o metaverso, estagnou.

No entanto, tornou-se evidente que a Meta está ativa tanto na IA quanto no metaverso. A empresa lançou novos assistentes de IA para WhatsApp, Instagram e Facebook no início de setembro.

Esses assistentes, juntamente com seus avanços na tecnologia de avatares, imitam as tentativas dos concorrentes de antecipar o próximo produto de consumo matador: IA com uma interface de usuário inovadora.

A ​​OpenAI também introduziu imagens e voz como novas maneiras de interagir com o ChatGPT. O CEO da empresa, Sam Altman, negocia com o SoftBank e o ex-designer da Apple, Sir Jony Ive, para desenvolver uma experiência semelhante à do iPhone para IA.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia-V.-Kurtz2.png
Júlia V. Kurtz
Editora-chefe do BeInCrypto Brasil. Jornalista de dados com formação pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia pela Globo e, agora, está se aventurando pelo mundo cripto. Tem passagens na Gazeta do Povo e no Portal UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados