Ver mais

FED deve voltar a injetar dinheiro na economia, segundo ex-CEO da BitMEX

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Arthur Hayes acredita que o Federal Reserve (FED) será forçado a voltar a imprimir dólares para salvar a economia dos Estados Unidos,
  • Apesar da valorização fortalecer o uso da moeda como reserva mundial, ela prejudica diversos segmentos da economia dos EUA.
  • FED mudar suas políticas atuais poderia impulsionar o mercado de criptomoedas novamente, segundo o ex-CEO da BitMEX.
  • promo

Arthur Hayes acredita que o Federal Reserve (FED) será forçado a voltar a imprimir dólares para salvar a economia dos Estados Unidos, algo que pode beneficiar o mercado de criptomoedas.

O sistema de bancos centrais dos EUA precisou interromper seu programa de compras de títulos, além de aumentar a taxa de juros, para combater a crise inflacionária que o país enfrenta. Neste mês, a inflação norte-americana alcançou seu maior patamar desde o início da década de 1980.

Devido a isso, um forte aumento de preço tem sido visto no dólar, que chegou a valer mais do que o euro – algo que não acontecia desde 2002. Na visão do cofundador e ex-CEO da BitMEX, isso pode fazer com que o FED reveja sua política monetária atual, precisando novamente intervir na economia dos EUA. “Intervenção significa que o FED imprima dinheiro”, destacou Hayes em seu perfil no Twitter.

Os malefícios de um dólar tão caro

Curiosamente, o dólar valer tanto não afeta negativamente somente os outros países, mas também os Estados Unidos. Apesar dessa valorização fortalecer o uso da moeda como reserva mundial, ela incentiva que a população e empresas locais importem mais produtos e serviços de outros países, enfraquecendo seu mercado interno.

Além disso, os exportadores norte-americanos terão dificuldade de manter suas receitas, vistos que seus produtos e serviços ficarão mais caros para os clientes de outros países. Outro setor que será profundamente afetado é o de turismo.

Até mesmo o setor fiscal dos EUA seria prejudicado, visto que diversas entidades estrangeiras pagam por títulos e serviços da dívida do país. Nesse sentido, o fortalecimento do dólar em relação as outras moedas pode aumentar a venda desses títulos, forçando seus preços para baixo e aumentando a pressão para que o FED aumente os seus rendimentos.

Vale lembrar que atualmente os rendimentos de um título do Tesouro Americano de 2 anos já estão maiores do que os juros pagos em um título de 10 anos. Isso é considerado um mal sinal pois indica que o país está entrando em uma recessão econômica, algo que já tem sido alertado por Elon Musk e grandes bancos há algum tempo.

Levando tudo isso em consideração, Hayes parece confiante que o FED retome seus programas de incentivo e imprima mais dinheiro, o que forçaria o preço do dólar para baixo. Para o ex-líder da BitMEX, isso poderia aumentar consideravelmente o preço do Bitcoin e demais criptomoedas.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O impacto do FED no mercado cripto

Apesar de terem sido criadas como uma alternativa fora do escopo econômico tradicional, as criptomoedas estão atualmente em forte correlação com o mercado de ações dos EUA, que por sua vez é muito influenciado pelas decisões do FED. Em abril, o índice de correlação do Bitcoin com as grandes empresas de tecnologia atingiu um novo recorde.

Devido a isso, Hayes não é o único a acreditar que o mercado cripto só irá sair do inverno atual quando os EUA mudar suas políticas econômicas e monetária. O CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, disse que “no momento em que o FED recuar, acho que você verá muitos fundos macro tradicionais, que tiveram um ótimo ano, comprando Bitcoin”.

Outro que culpou a instituição pelas fortes quedas do mercado foi Sam Bankman-Fried, CEO da FTX. Porém, o bilionário defende a ideia de que as grandes empresas cripto precisam se unir para fazer o mercado voltar a subir, e não apenas esperar pela órgão financeiro norte-americano.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados