Apito da Tesla que só pode ser pago em DOGE esgota após lançamento

14 setembro 2022, 14:00 -03
Traduzido Thiago Barboza
14 setembro 2022, 14:00 -03
EM RESUMO
  • A Tesla anunciou seu mais recente produto - um apito de brinquedo baseado no design do Cybertruck da Tesla.
  • O apito é vendido por 1.000 Dogecoin, mas o produto de edição limitada já esgotou.
  • O apito também pode funcionar como uma escavação não tão sutil no Twitter.
  • promo

Elon Musk convidou seus seguidores no Twitter para “apitar”, com o lançamento de uma edição limitada do Tesla Cyberwhistle, disponível apenas para clientes dispostos a desembolsar mais de 1.000 Dogecoin (DOGE) pelo brinquedo.

O Cyberwhistle é feito de “aço inoxidável de grau médico” e é baseado no mesmo design angular do Tesla Cybertruck, mas sem dúvida melhora o original, removendo seu maior ponto de falha – as janelas.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto tem um glossário que pode ajudar a responder a suas dúvidas em relação ao mundo cripto!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Ao contrário do Cybertruck duas vezes atrasado, o Tesla Cyberwhistle estava imediatamente disponível para qualquer pessoa com a criptomoeda pagar por ele.

A um preço de 1.000 Dogecoin, e com o DOGE atualmente sendo negociado a US$ 0,060225, o Tesla Cyberwhistle é vendido a mais de US$ 60 em moeda velha.

Um preço pareceu agradável para os fãs da Tesla, pois o souvenir já consta como “esgotado” no site da empresa.

Detentores de Doge ouvem o apito

O lançamento do Cyberwhistle ocorre quando um grande caso legal começa a se agigantar na vida de Musk. No início deste ano, o magnata bilionário fez uma oferta bem-sucedida de US$ 44 bilhões pelo Twitter, mas depois desistiu do acordo citando vários problemas e falhas de divulgação.

Musk alega que o Twitter o enganou sobre o número de spambots e contas falsas na plataforma.

É um ponto com o qual o ex-chefe de segurança do Twitter, Peiter Zatko, parece concordar. De acordo com Zatko, o Twitter simplesmente não sabe quantos spambots estão na plataforma, mas o que sabe parece indicar que o problema é muito maior do que eles estão dispostos a admitir publicamente.

No final de agosto, os advogados de Musk intimaram Zatko como testemunha em sua próxima audiência no tribunal.

Com o surgimento de Zatko, o chefe de segurança que se tornou denunciante do Twitter, as chances de Musk vencer a luta legal parecem ter melhorado significativamente.

Apenas duas semanas após a intimação e três depois que Zatko veio a público com as alegações, a Tesla lançou o Cyberwhistle.

No que diz respeito às metáforas, é tão sutil quanto uma bola de aço lançada contra um painel de vidro blindado.

Uma reviravolta rápida

Com a Tesla notoriamente lenta para lançar novas linhas de produtos, a questão agora pode ser como a empresa conseguiu projetar, produzir, fabricar e lançar um apito com sua própria caixa de exibição em apenas três semanas.

Se você puder denunciar esse mistério, entre em contato com a Be[In]Crypto com os detalhes. Adoraríamos ouvir sua história.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.