Ver mais

Baleia move US$ 500 milhões em BTC em uma transação

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Um usuário chamou a atenção do mercado ao mover mais de US$ 500 milhões em Bitcoin (BTC) em uma única transação.
  • Rede cobrou menos de US$ 1,00 para realizar a transferência.
  • Dados indicam que a maioria das baleias de BTC está acumulando mais unidades do ativo.
  • promo

Um usuário chamou a atenção do mercado ao mover mais de US$ 500 milhões em Bitcoin (BTC) em uma única transação.

Segundo o Whale Alert, perfil de análise que monitora a movimentação dos principais investidores (baleias) do mercado cripto, uma carteira realizou uma transferência de 10.836 BTC, cerca de US$ 506 milhões pela cotação atual, no último sábado (18).

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O endereço que realizou a transferência era considerado a 70º maior baleia de BTC, segundo o BitInfoCharts. Dados indicam que a carteira foi criada no dia 4 de dezembro, acumulando mais de 9.000 unidades da criptomoeda no mesmo dia e mais 1.507 BTC seis dias depois.

A carteira que recebeu o grande montante foi criada no mesmo dia da transferência e já configura atualmente como a 68º maior baleia de BTC do mercado. Chama também a atenção a taxa exigida pela blockchain da criptomoeda para que a transação fosse realizada – 0,00001704 BTC, menos de R$ 5,00 pela cotação atual.

A análise e obtenção dos dados mencionados acima só é possível graças a um dos principais fundamentos da blockchain do Bitcoin, a transparência. Qualquer usuário com acesso a rede pode verificar as transferências que são realizadas em cada bloco, verificando os maiores valores que são movimentados.

Porém, vale ressaltar que não é possível obter a identidade dos usuários por de trás dessas carteiras, devido a outro fundamento da blockchain, o anonimato.

Por que verificar a movimentação das baleias de BTC?

Muitos analistas e investidores ficam atentos a movimentação das baleias, afim de prever futuras movimentações de preço do Bitcoin. Por serem os usuários que mais possuem capital no mercado, as baleias são capazes de realizar grandes ordens de compra ou venda de um ativo, impactando seu preço.

Ao acompanhar perfis como o Whale Alert, que indicam quando grandes transferências são realizadas para carteiras de exchanges, usuários conseguem se precaver de quedas repentinas de preço que geram grandes liquidações.

Dados mostram que as grandes baleias de BTC estão acumulando mais unidades do ativo nas últimas semanas, mesmo com o seu preço corrigindo mais de 30% em relação a sua máxima histórica. Já os pequenos investidores estão cada vez mais vendendo suas participações no mercado.

Essa diferença de perspectiva em relação ao BTC foi debatida recentemente pelo CEO do Devere Group, que comentou que traders e investidores comuns “dão Bitcoin de graça” para as baleias neste período de correção de preço.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados