Ver mais

XP vai permitir que clientes negociem criptomoedas, diz site

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A XP oferecerá negociação de criptomoedas para clientes com perfil de investimento adequado a partir de agosto.
  • Inicialmente, apenas Bitcoin e Ethereum estarão disponíveis.
  • Vários bancos no Brasil estão começando a oferecer serviços de cripto.
  • promo

A XP anunciou que vai abrir sua plataforma de negociação de criptomoedas para alguns clientes em agosto. Por enquanto, apenas Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) poderão ser negociados, embora um total de dez ativos digitais devem estar disponíveis até o início de 2023.

O diretor de produtos financeiros da XP, Lucas Rabechini, disse à Reuters que a plataforma Xtage seria acessível a clientes com um “perfil de investimento adequado para tais operações”. Atualmente, ela está aberta apenas para funcionários.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Rabechini também disse que a empresa planeja adicionar dez criptomoedas até o início do próximo ano. Ele estava otimista sobre o crescimento das criptomoedas e da própria tecnologia, dizendo:

“Você pode dizer que ‘o volume tem sido fraco, haverá poucos pedidos’, mas vemos esse mercado crescendo sistematicamente ao longo do tempo, e nossa visão de longo prazo não está focada apenas em preço, mas também em tecnologia.”

A XP tem 3,6 milhões de clientes e a plataforma Xtage foi anunciada pela primeira vez em maio. O Brasil é conhecido por ter um interesse crescente em criptomoedas, e muitos outros também estão oferecendo serviços semelhantes. O Nubank é o mais conhecido deles e fez parceria com a Paxos para permitir que os clientes comprem BTC e ETH.

As criptomoedas são populares na América Latina, e o Brasil não é exceção. As notícias que chegam da região vêm crescendo, com desenvolvimentos positivos e negativos ocorrendo.

Além de vários bancos revelando esforços relacionados a criptomoedas, o governo também tem desempenhado um papel na formação de como as criptomoedas funcionam no país. O Senado brasileiro aprovou um projeto de lei que introduziu regulamentos de criptomoedas.

O projeto de lei, que ainda não foi votado pela Câmara dos Deputados, dará a agências reguladoras a capacidade de supervisionar os provedores de serviços cripto. É provável que seja o Banco Central que supervisionará o setor de criptomoedas.

O destaque do projeto são as exigências contra a lavagem de dinheiro, que se tornaram importantes para muitos governos. O regulamento pode estimular um novo influxo de investimentos e certamente tranquilizar bancos e empresas que pensam em trabalhar com criptomoedas.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados