Nubank entra no mercado de criptomoedas com integração de Bitcoin e Ethereum

Atualizado por Aline Fernandes
EM RESUMO
  • Nubank entra no mercado de criptomoedas com suporte a Bitcoin e Ethereum no app.
  • Recurso será disponibilizado gradualmente a clientes.
  • Controladora do banco vai comprar Bitcoin.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

A plataforma digital de serviços financeiros Nubank anunciou que vai entrar no mercado de criptomoedas, demonstrando cada vez mais que esta indústria é um caminho sem volta.

A empresa anunciou o que chamou de “uma experiência exclusiva para transacionar criptoativos em seu aplicativo, inicialmente com oferta de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), a partir de R$ 1,00”. A novidade faz parte da estratégia de ampliação de portfólio de produtos e para atender às necessidades de seus clientes.

Nubank

A novidade, que foi desenvolvida com “o objetivo de eliminar a complexidade e garantir total segurança para o usuário”, vai começar a ser disponibilizada de forma gradual aos clientes da empresa no Brasil, a partir de maio e até chegar à totalidade da base no final de junho de 2022.

“Não existem dúvidas que as criptomoedas são uma tendência crescente na América Latina. Temos acompanhado o mercado de perto e acreditamos que existe um potencial transformacional na região” explica o CEO e fundador do Nubank,  David Velez.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

“Ainda assim, a experiência de transacionar criptoativos é muito nichada, uma vez que os clientes têm poucas informações para sentirem confiança ao entrar nesse novo mercado ou se sentem frustrados com sistemas complexos. No Nubank, nós buscamos constantemente empoderar nossos clientes, garantindo que eles tenham o controle do seu dinheiro. Por isso, criamos uma experiência simples e intuitiva para democratizar o acesso a esse novo segmento”, reforça Velez.

A “experiência Nubank” para transação de criptomoedas quer aumentar e melhorar o acesso ao mercado cripto crescente, e acabar com a complexidade para que os clientes comprem, mantenham e vendam moedas digitais por meio do app, sem a necessidade de abrir novas contas ou transferir dinheiro.

A empresa também fará frequentemente um trabalho de curadoria para adicionar novas criptomoedas no futuro, além das duas mais populares, Bitcoin e Ethereum. Além disso, o vai Nubank desenvolver conteúdos educacionais e educativos em seu blog para auxiliar na tomada de decisão das pessoas interessadas em transações em moeda digital.

Antes deste lançamento, os clientes podiam ter acesso a criptomoedas por meio de ETFs e fundos oferecidos pela plataforma NuInvest, antiga Easynvest, o que agora pode ser feito no app do Nubank.

O produto foi criado em parceria com a Paxos, provedor líder de infraestrutura de blockchain, que atua como corretora e realiza a custódia das criptomoedas no app do Nubank. A aliança com a Paxos garante, ainda, a proteção global dos ativos dos clientes pelos principais reguladores de ativos digitais.

“Estamos empolgados com esta parceria com o Nubank para oferecer aos seus mais de 50 milhões de clientes no Brasil uma experiência de negociação segura e acessível para transação de criptomoedas. O alcance e o impacto da empresa no país garantem que ainda mais pessoas possam mergulhar neste universo. Este é um movimento estratégico não apenas para o Nubank, mas para uma aceleração ainda mais veloz da adoção de criptomoedas na região”, afirma o co-fundador e CEO da Paxos, Charles Cascarilla.
 

Nu Holdings anuncia compra de Bitcoin

Junto com o lançamento da nova modalidade para transação de criptomoedas, o Nubank anunciou também a alocação de aproximadamente 1% em Bitcoin por meio do caixa da Nu Holdings, empresa que controla o Grupo Nubank.

Esse movimento reforça a convicção da empresa no potencial atual e futuro do Bitcoin na disrupção dos serviços financeiros na região, segundo comunicado da Instituição financeira

Mercado cripto está em ascensão no Brasil

Hoje, a América Latina é a região que cresce de forma mais acelerada na adoção de criptomoedas em todo o mundo. Apenas o Brasil é responsável por 25% dos mais de US$ 500 bilhões transacionados em criptomoedas no continente latino-americano, de acordo com pesquisa feita pela Chainalysis.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.