Ver mais

Tether se alinha a Israel e bloqueia contas do Hamas

2 mins
Por Redau00e7u00e3o BeInCrypto
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Tether, em parceria com a NBCTF de Israel, bloqueou 32 carteiras contendo US$ 873.118.
  • O TRM Labs relata um aumento de 240% no uso do USDT no financiamento do terrorismo.
  • Em um esforço conjunto com a Binance, a polícia israelense apreendeu as contas do Hamas usadas para financiar a guerra e o terrorismo.
  • promo

A emissora da stablecoin Tether (USDT) tem sido atuante nos conflitos em Israel e Ucrânia ao bloquear 32 endereços de carteiras detendo uma soma US$ 873.118.

A Tether, criadora da maior stablecoin do mundo, está atuando em parceria com o Escritório Nacional de Financiamento do Combate ao Terrorismo (NBCTF) de Israel. A iniciativa visa combater o financiamento do terrorismo e de conflitos bélicos via criptomoedas.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

Tether bloqueia 32 carteiras

Esta medida surge em resposta ao recente ataque do Hamas, que resultou na trágica perda de 1.300 vidas. Na sequência, a polícia israelense, com a ajuda da Binance, apreendeu contas usadas pelo grupo para financiar suas atividades.

O montante apreendido foi posteriormente entregue ao tesouro do governo israelense. Sobre o assunto, um porta-voz da Tether disse:

“As criptomoedas operam principalmente fora do sistema financeiro tradicional e os endereços das carteiras são pseudônimos, o que dificulta rastrear aqueles que estão por trás das transações.”

No entanto, o compromisso da criadora do USDT em combater o terrorismo e a guerra levou a uma abordagem proativa para bloquear endereços de carteiras suspeitas.

A TRM Labs, uma empresa de análise de blockchain dos EUA, afirmou que a Tether era a moeda preferida para o financiamento do terrorismo. A empresa registrou um aumento de 240% no uso de sua moeda entre as entidades de financiamento do terrorismo rastreadas em 2022.

Tether se alinha a Israel e bloqueia contas do Hamas
Fonte: TRM Labs

A Tether congelou fundos de USDT pela primeira vez em Israel em 16 de março, enquanto o primeiro congelamento associado à Ucrânia ocorreu em 2021. A empresa não forneceu atualizações sobre os proprietários dos endereços ou suas atividades. Também não forneceu uma discriminação entre endereços relacionados com a Ucrânia e com Israel.

Corte de fundos

Sobre o financiamento cripto do Hamas, vale destacar que o grupo usava contas nas redes sociais para solicitar doações de seus apoiadores. Um porta-voz da polícia de Israel comentou:

“Quando a guerra eclodiu, o Hamas lançou uma campanha de angariação de fundos nas redes sociais, pedindo ao público que depositasse criptomoedas na sua conta. A unidade cibernética e de câmbio trabalhou imediatamente para localizar e congelar as contas, auxiliada pela exchange Binance.”

Apesar do apoio da Binance e da Tether, a luta contra o terrorismo e a guerra financiadas por criptomoedas exigirá a cooperação de outras entidades e usuários para ser efetiva.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados