Ver mais

Solana (SOL) dispara e tenta superar crise em 2023

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O token nativo da blockchain Solana acumula uma valorização de aproximadamente 20% em 2023.
  • SOL disparou cerca de 50% nos últimos cinco dias.
  • Solana será capaz de se recuperar em 2023?
  • promo

O token nativo da blockchain Solana (SOL) acumula uma valorização de aproximadamente 20% em 2023.

2022 não foi um bom ano para o mercado de criptomoedas em perspectiva de preço. No entanto, poucos ativos foram tão afetados quanto o SOL. O token nativo da Solana, que havia sido um dos destaques do ano anterior após disparar mais de 20.000%, era tido como uma das principais apostas dos investidores.

Porém, seu preço caminhou em direção contrária. Além de acompanhar as fortes quedas gerais deste inverno cripto, o token mergulhou numa forte crise após a FTX declarar falência.

A exchange e seu antigo CEO, Sam Bankman-Fried, eram vistos como grades apoiadores do projeto. Dessa forma, a Solana teve a sua imagem profundamente afetada ao ser correlacionada a uma das maiores falências da indústria cripto. Além disso, tanto a FTX quanto a outra empresa de SBF, a Alameda Research, tinham grandes quantidades de SOL em seus balanços.

Com isso, o SOL perdeu mais de 70% de seu valor desde que a crise da FTX se tornou pública. Sua rede também sofreu fortes quedas em atividade e valor total bloqueado (TVL), com grandes projetos migrando para outras blockchains. Muitos chegaram a especular que este seria o fim da Solana, mas parece que a blockchain tem encontrado forças em 2023.

Vitalik Buterin ao resgate

Curiosamente, Vitalik Buterin tem sido o principal fator para a valorização de preço do SOL. O cofundador do Ethereum (ETH) mostrou apoio ao projeto em seu perfil no Twitter:

“Algumas pessoas inteligentes me dizem que há uma comunidade de desenvolvedores inteligentes em Solana, e agora que o terrível dinheiro oportunista foi eliminado, a rede tem um futuro brilhante. Difícil para mim dizer de fora, mas espero que a comunidade tenha uma chance justa de prosperar“.

O tweet chama a atenção, especialmente pela Solana ter atingido o status de “Ethereum killer” em seu auge, chegando a ameaçar o domínio da rede em segmentos como DeFi e NFTs. Não por coincidência, o SOL acumula um salto de quase 50% desde os comentários de Buterin.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Projeção da Solana para 2023

A equipe de análises do BeInCrypto destacou nesta terça-feira (3) que o SOL está seguindo uma linha de tendência de baixa desde 9 de novembro. A alta dos últimos dias empurrou o preço para próximo dessa linha, com um eventual rompimento podendo levar o token para o nível de US$ 14,50.

Gráfico da SOL no TradingView

Por outro lado, não ser capaz de realizar esse movimento pode fazer com que o preço volte a cair e fique novamente abaixo do nível de US$ 10. A longo prazo, os desdobramentos do caso FTX podem continuar impactando o preço do ativo.

No fechamento da matéria, o token nativo da rede Solana era negociado a US$ 11,88. Apesar da forte valorização dos últimos dias, seu preço ainda está 95% abaixo da sua máxima histórica de US$ 259,96. A rede, que já chegou a estar entre os cinco projetos cripto mais valiosos do mundo, ocupa atualmente a 19º posição no ranking de capitalização do CoinGecko.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados