Ver mais

Justiça sanciona SEC abuso em caso contra empresa de criptomoedas

2 mins
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O juiz Robert Shelby sancionou a SEC por má conduta no caso da DEBT Box.
  • A SEC foi acusada de deturpar fatos, o que levou a penalidades financeiras.
  • O caso enfatiza as tensões na regulamentação do mercado de criptomoedas sob o comando do presidente da SEC.
  • promo

O juiz distrital dos EUA, Robert Shelby, sancionou a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) do país por má conduta em um processo contra a DEBT Box, uma empresa de criptomoedas com sede em Utah.

A decisão, proferida na segunda-feira (18), marca um momento significativo no confronto contínuo entre os órgãos reguladores e o setor cripto. Também destaca as tensões durante o mandato de Gary Gensler, que preside a autarquia.

Como a SEC abusou de seu poder

O caso começou quando a SEC acusou a DEBT Box de fraudar investidores por meio da venda de títulos não registrados, o que levou a um congelamento de ativos. As sanções do juiz Shelby contra a SEC seguiram-se a revelações de fatos deturpados pela agência, que ele chamou de “abuso grosseiro de poder”.

O juiz, no processo de 80 páginas, impôs penalidades financeiras à SEC e criticou a forma como a agência lidou com o processo legal. Ele enfatizou que a conduta do órgão compromeu muito a integridade do sistema judicial. Em seguida, condenou a autarquia a pagar os custos legais da DEBT Box, demonstrando a natureza séria dos erros cometidos.

Em suma, A DEBT Box, desconhecida no ecossistema de criptomoedas, ficou em evidência legal após as alegações da SEC. As medidas iniciais incluíram, por exemplo, uma ordem de restrição ex parte, executada sem notificação prévia à DEBT Box, com base em alegações agora contestadas das tentativas de evasão da empresa.

Leia mais: Como declarar criptomoedas no Imposto de Renda em 2024

Com o desenrolar do caso, a narrativa passou a ser examinada. Apesar de um pedido de desculpas do chefe de fiscalização Gurbir Grewal pelos erros da agência, o juiz Shelby rejeitou o pedido para evitar sanções. Ele ressaltou que as ações enganosas da SEC não foram apenas descuidos, mas tentativas deliberadas de influenciar o resultado legal.

“Dada a miríade e as repetidas instâncias de má conduta, o tribunal não pode descartar essas questões como erros não intencionais e inadvertidos”, escreveu o juiz Shelby.

As implicações desse caso vão além da DEBT Box e afetam o mercado de criptomoedas como um todo, além de seu relacionamento com os reguladores. Além disso, o caso despertou uma atenção considerável, especialmente por suas implicações, que muitas vezes criticou a postura regulatória agressiva da SEC sob a liderança de Gensler.

O conflito jurídico entre a Coinbase e a SEC é paralelo a este caso, com a exchange desafiando a clareza regulatória da SEC. A corretora pediu a definição de regras sobre ativos digitais, criticando a postura inconsistente da SEC como uma barreira à conformidade e à inovação.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados