Ver mais

Rio de Janeiro inaugura primeira Arena Gamer pública do país

4 mins
Atualizado por Thiago Barboza

A prefeitura da capital carioca inaugurou a primeira Arena Gamer pública do país. O espaço com capacidade para até 100 pessoas fica nas instalações da Nave do Conhecimento do Engenhão, na Zona Norte da cidade.

O novo local de jogos eletrônicos sediará, além das competições pequenas, médias e torneios regionais, um hub dedicado à inclusão, aprendizado e transformação social para seus frequentadores, com foco nas profissões da indústria criativa.

A iniciativa da Arena Gamer é da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, em parceria com a Coordenadoria de Games e e-Sports, da Secretaria da Casa Civil da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro.

“É muito legal ter a primeira Arena Gamer pública aqui no Rio de Janeiro. Essa é uma atividade esportiva, e também econômica, que mexe com muito dinheiro e gera muito emprego. Vamos consolidar a cidade do Rio na capital da inovação e da tecnologia na América Latina”, afirmou o prefeito Eduardo Paes, que experimentou um óculos de realidade virtual e depois participou de um jogo exibição.

Rio de Janeiro inaugura primeira Arena Gamer pública do país
Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro com óculos de realidade virtual. Imagem: Beth Santos/ prefeitura do Rio de Janeiro.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Espaço plural

O palco do espaço poderá receber até dois times com capacidade de no máximo cinco jogadores de cada equipe, que poderão utilizar o estúdio para transmissões e narrações das competições. Há também camarins para os participantes e área para a equipe técnica.

Telões de LED para transmissão das partidas, arquibancada e piso elevado que destacará os competidores também fazem parte da Arena Gamer.

“Essa Arena faz parte da nossa missão de transformar o Rio na capital da inovação e da tecnologia. E esse mundo dos games é uma parte essencial da tecnologia atualmente, principalmente na juventude. Queremos dar oportunidade e infraestrutura para que todo esse setor dos games se desenvolva na cidade do Rio de Janeiro. A ideia é ter aqui, na Nave do Conhecimento, uma cadeia completa. Vamos dar o curso, oferecer a Arena para treinar as equipes e realizar campeonatos, e vamos inaugurar aqui do lado, ainda em janeiro, a incubadora de empresas para fomentar a economia dos games. Queremos transformar o Rio também na capital dos esportes eletrônicos”, disse a secretária de Ciência e Tecnologia, Tatiana Roque.

Indústria gamer é maior do que cinema e música

A colossal indústria de jogos só cresce e a previsão é de números astronômicos para os próximos anos. Segundo projeções da Statista, o mercado global deve expandir, em média, 12,1% ao ano até 2027.

O volume financeiro movimentado em 2023 ultrapassou os US$ 220 bilhões. E a previsão para este ano é de US$ 242,7 bilhões. Hoje quase metade da população mundial joga, são cerca de 3,3 bilhões de pessoas.

No Brasil, o setor movimenta cerca de R$13 bilhões por ano. O país é o décimo maior mercado de jogos do planeta. São mais de 100 milhões de jogadores.

Apenas em 2022 os brasileiros gastaram US$ 2,7 bilhões em jogos. A perspectiva é que esse montante chegue próximo a US% 3,5 bilhões até 2025.

Arena Gamer vai incentivar e-sports

O local também poderá ser usado para sediar debates e apresentações individuais, via streaming. Um dos objetivos da iniciativa é“ incentivar a formação de novos jogadores de e-sports, além de talentos para a nova indústria criativa, como narradores, comentaristas e técnicos de transmissões.”, detalha o comunicado da Prefeitura carioca.

A comunidade gamer também poderá usar o espaço para torneios e como centro de treinamento de novas equipes de e-sports do Rio de Janeiro.

“Essa é uma arena que a comunidade de esportes eletrônicos não poderia imaginar alguns anos atrás. O Rio de Janeiro agora tem a oportunidade de ter a primeira arena pública do Brasil, para receber aqui eventos universitários, pequenas e médias competições, para que a gente atraia cada vez mais as equipes de esportes eletrônicos para a cidade”- comemorou o coordenador de Games e e-Sports da Prefeitura, Chandy Teixeira.

Inauguração com profissionais, jogos amistosos e área de simuladores

Os jogadores profissionais Vitor Abdalla e Alan Leal, nomes de referência em jogos de futebol virtual, participaram da inauguração com o prefeito Eduardo Paes, que jogou em parceria com Leal.

“ Isso aqui é uma grande conquista para todos nós gamers do Rio de Janeiro. Batalhamos muito para chegar até aqui e conseguimos resultados expressivos, mesmo sem as melhores estruturas. Imagina agora, com uma estrutura desse nível, com certeza o Rio de Janeiro vai longe, não só no Brasil como no mundo” – destacou “Mito” Abdalla, que venceu o jogo de exibição contra a dupla formada pelo prefeito e o jogador profissional Alan Leal.  

Eduardo Paes (à esquerda) e Alan Leal. Imagem: Beth Santos/ prefeitura do Rio de Janeiro.

Iniciantes ou aqueles que ainda não estão familiarizados com o cenário dos jogos eletrônicos também terão sua oportunidade na Arena.

Há uma área de simuladores, equipados com óculos de realidade virtual que possibilitam a imersão total em ambientes digitais via imagens em 360º.

 Além disso, os visitantes terão acesso ao espaço Retro Games, onde poderão explorar jogos clássicos desde os primórdios da criação dos videogames.

Serviço: Arena Gamer

Endereço: Nave do Conhecimento Engenhão – Rua Arquias Cordeiro 1.516, Engenho de Dentro.

Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 9h às 21h. Sábados, de 9h às 16h30. Fechado aos domingos e feriados.

Rio de Janeiro inaugura primeira Arena Gamer pública do país
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados