Olimpíadas de Paris terá ingressos na blockchain, segundo relatório

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Ingressos para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 poderão ser impresos em blockchain.
  • Tecnologia cripto pode garantir que os ingressos serão intransferíveis, adulterados e protegidos contra roubos.
  • Proposta aguarda a aprovação do Presidente da França, Emmanuel Macron.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Novo relatório sobre os Jogos Olímpicos de Paris 2024 inclui a emissão de ingressos em blockchain, de acordo com a Ticketing Business News.

Segundo o site, Michel Cadot, delegado interministerial das Olimpíadas de Paris, pretende utilizar a blockchain para o evento. Caso seja aprovado, esta não será a primeira vez que a tecnologia cripto será usada numa Olimpíada.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, alguns dos melhores atletas foram premiados através de criptomoedas. Além disso, o Comitê Olímpico Internacional (COI) lançou sua própria coleção de tokens não fungíveis (NFT) para o evento. NFTs também foram usados durante as Olimpíadas de Inverno de Pequim 2022.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Detalhes sobre os ingressos das Olimpíadas de Paris

Além de ser impresso na blockchain, os ingressos das Olimpíadas de Paris contarão com um QR Code rotativo, que será desativado assim que sejam usados nas entradas das competições. Os ingressos ainda contarão com conteúdos adicionais para os seus detentores, como horários dos transportes públicos da cidade, informações sobre segurança e canais digitais sobre o evento.

Para Cadot, ingressos em blockchain seriam capazes de oferecer maior privacidade e proteção para o público que acompanhará os jogos, tendo a certeza que seus ingressos serão intransferíveis, adulterados e protegidos contra roubos.

Vale destacar que a capital francesa teve problemas recentes neste sentido. A final da última edição da Liga dos Campeões da UEFA, realizada no Stade de France no dia 28 de maio teve que ser atrasada devido a diversos tumultos nas entradas do estádio, com muitos indivíduos tentando entrar usando ingressos falsos.

O delegado das Olimpíadas de Paris anda afirma que outros grandes torneios esportivos já aderiram a utilizavam da blockchain para a emissão de ingressos, como é o caso da Copa do Mundo de Rugby 2023 e o Roland-Garros, um dos mais tradicionais torneios de tênis, realizado todos os anos na própria Cidade Luz.

O relatório elaborado por Cadot não especifica se o COI ou o governo francês criará uma nova rede blockchain para a emissão de ingressos ou usará uma já existente. De acordo com Ticketing Business, a proposta agora aguarda aprovação do presidente da França, Emmanuel Macron para ser desenvolvida. Caso seja aprovada, isso pode significar um grande salto de adoção global da tecnologia cripto.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.