Ver mais

54% dos investidores continuam otimistas após 80 dias do halving do Bitcoin

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • 80 dias após o halving, 54% dos investidores em cripto continuam otimistas, apesar da queda do mercado.
  • A pesquisa da CoinGecko mostra 49,3% de otimistas e 25% de neutros, indicando um otimismo cauteloso.
  • O preço do BTC é de US$ 59.000, uma queda de 10%.
  • promo

80 dias após o halving do Bitcoin, o otimismo cauteloso persiste entre os entusiastas das criptomoedas. Mais da metade dos investidores em cripto ainda confiam na continuidade da alta, apesar da queda geral do mercado que anulou os lucros pós-halving.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo CoinGecko, 49,3% dos participantes do mercado mantêm uma perspectiva otimista, enquanto cerca de 25% adota uma postura neutra. Indicando, assim, que as incertezas prevalecem ou uma abordagem cautelosa em aguardo ao mercado definir uma tendência.

Investidores e construtores de cripto estão otimistas

A pesquisa analisou diferentes grupos dentro da comunidade cripto, revelando sentimentos distintos em várias funções. Notadamente, 54,1% dos investidores estão otimistas sobre o potencial de longo prazo do mercado, demonstrando uma firme crença no valor sustentado das criptomoedas.

Os construtores também demonstram resiliência, com 47,6% mantendo atitudes otimistas, embora 31,6% expressem sentimentos de baixa.

Leia mais: O que é o Halving do Bitcoin?

Por outro lado, os traders mostram uma visão dividida. Aproximadamente 39% permanecem otimistas, o que contrasta fortemente com suas estratégias de trading normalmente de curto prazo que reagem rapidamente às mudanças do mercado. O sentimento de baixa desse grupo é de 33,5%, enfatizando sua aguda capacidade de resposta às recentes mudanças de preço.

Os espectadores – os observadores menos ativos do mercado – foram considerados o grupo mais pessimista. Um número significativo de 42,4% está pessimista, superando os 28,5% que estão otimistas. Isso provavelmente reflete um ceticismo mais amplo entre aqueles que se afastaram da participação ativa, possivelmente depois de obter lucros anteriores e sair do mercado.

Extratificação da pesquisa realizada pela CoinGecko. A maior parte dos investidores continuam otimistas após o Halving do Bitcoin

Atualmente, os preços do BTC giram em torno de US$ 59.000, marcando um declínio de aproximadamente 10% desde o halving do Bitcoin. O sentimento do mercado, conforme medido pelo índice de medo e ganância das criptomoedas, sugere um medo predominante. Esse índice, em 28, sinaliza um dos períodos de maior medo em mais de um ano.

No entanto, alguns investidores veem isso como uma oportunidade de compra ideal, acreditando que os temores do mercado geralmente precedem a recuperação e o crescimento.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

“Quanto a mim, gosto de comprar quando todos estão em baixa máxima. O índice de medo e ganância das criptomoedas está atualmente na zona de medo, o que normalmente é um bom momento para comprar. Para as altcoins, o indicador provavelmente está próximo do medo extremo. Se você estender seu horizonte para além das próximas 3-4 semanas, a perspectiva começa a parecer mais positiva. O sentimento do investidor de cripto é notoriamente inconstante e mudanças rápidas são comuns”, disse o investidor de cripto Kelvin Koh.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados