Ver mais

Investidor Chama Atlas Quantum de “Pirâmide Financeira” e Vai Receber Bitcoin de Volta

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Justiça concedeu liminar de tutela de urgência e plataforma tem cinco dias úteis para depositar criptomoedas.
  • promo

Um investidor do Atlas Quantum acusou a empresa de ser uma verdadeira “pirâmide financeira”. A alegação acontece em um processo judicial, onde o usuário afirma esperar para receber mais de 3 Bitcoin de volta da plataforma. A justiça entendeu que o Atlas Quantum deverá cumprir com a devolução das criptomoedas em até cinco dias úteis.
O Atlas Quantum é uma empresa de arbitragem de Bitcoin que está sendo processada por dezenas de investidores. Há quase três meses que a plataforma não realiza saques em Bitcoin. Dessa forma, clientes esperam por solicitações de saques que, até então, demoravam apenas um dia útil.

Atlas Quantum é apontado de “pirâmide financeira”

O Atlas Quantum é apontado como uma “pirâmide financeira”, segundo o investidor que processa a empresa. A ação cita a acusação feita pelo cliente como forma de garantir o pagamento de Bitcoin em atraso. Além da alegação sobre o crime financeiro, o homem mencionou também que a organização é investigada pela CVM. Recentemente a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou a suspensão da oferta e das atividades do negócio que opera a arbitragem em Bitcoin. Após as acusações contra a organização, a Justiça de São Paulo determinou a “concessão da tutela provisória de urgência”. Com concessão da liminar, o usuário deverá ter os Bitcoins depositados pelo Atlas Quantum em juízo. O autor da ação espera há mais de um mês pelo resgate das criptomoedas. Segundo informações do processo, foi comprovado que, até então, o prazo do Atlas Quantum era de apenas “um dia útil” para saques em Bitcoin. Em defesa, a ação judicial mostra que o Atlas Quantum permanece “inerte”. O cliente aponta que é desconhecido o real motivo por trás dos atrasos. Desse modo, não existe “uma justificativa plausível sobre a demora/recusa no resgate”.

Empresa tem que devolver Bitcoin de cliente

A justiça deferiu a liminar que determina ao Atlas Quantum devolver os Bitcoins do cliente que move o processo. De acordo com o pedido, a plataforma deve mais de 3 unidades de Bitcoin (BTC). Com a decisão, a justiça alega que deverá acontecer o “imediato resgate”. Os autos do processo mostram que um dos depósitos corresponde a 2.86354112 Bitcoin (BTC), ou ainda, pouco mais de R$ 101 mil, segundo a cotação atual da criptomoeda. O segundo depósito cita a fração de 0.30009721 (BTC). Neste caso, o valor é igual a R$ 10.590,01. Ou seja, no total o usuário possui mais de R$ 110 mil em Bitcoin para receber do Atlas Quantum.

Multa pode ser aplicada no caso de saques em atraso

O processo judicial menciona “perdas e danos” como o assunto que envolve a devolução de Bitcoin por parte da ré neste caso. Ficou estabelecido que o Atlas Quantum deverá pagar mais de 3 Bitcoin (BTC) para o investidor em até cinco dias úteis. Findado o prazo compreendido pela justiça, uma multa diária deverá fazer valer a determinação sobre o depósito. Sendo assim, foi estipulado o valor de R$ 1 mil, que deverá ser pago diariamente, caso os mais de R$ 110 mil em Bitcoin não sejam devolvidos ao usuário. Você conhece algum investidor que busca na justiça conseguir Bitcoins do Atlas Quantum de volta? Comente sobre a notícia e não se esqueça de compartilhar no Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images-e1706008039676.jpeg
Advertorial
Advertorial é o nome do autor universal para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros da BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com as visões ou opiniões da BeInCrypto. Embora nos esforcemos para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, esses artigos são destinados à publicidade e não devem ser considerados como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados