Ver mais

IA e Web3: status da Aptos blockchain e sua parceria com a Microsoft

9 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Era da Convergência: a fusão de tecnologias emergentes tem o potencial de levar a humanidade a um crescimento sem precedentes.
  • A Microsoft anunciou sua parceria com Aptos Labs – blockchain de camada 1 – para trabalhar em projetos de IA a Web3. Status atual e principais métricas da Aptos.
  • Como empresas não nativas da web3 podem acessar tecnologias descentralizadas através dessa parceria?
  • promo

A IA (Inteligência artificial) e a rede blockchain estão entre as maiores oportunidades tecnológicas da atualidade. 

Estamos caminhando para uma convergência tecnológica – conhecida como “Era da Convergência”. A fusão de tecnologias de núcleo tem o potencial de levar a humanidade para uma era de crescimento e inovação sem precedentes.

Nesse processo, as principais plataformas de inovação – capazes de nos proporcionar um mundo mais inteligente, com maior produtividade, transparência e facilitadores críticos – são o sequenciamento de DNA, armazenamento de energia, robótica, inteligência artificial e blockchain.

Conforme relatório da ARK Investments Management LLC, o valor de mercado dessas plataformas está prestes a disparar a uma taxa anual de 40% durante este ciclo de negócios, passando de substanciais 13 biliões de dólares hoje, para uns espantosos 200 biliões de dólares em 2030. 

Por isso, não é de surpreender que a Microsoft – que já possui várias iniciativas no espectro da IA – esteja trabalhando para expandir sua presença na área. Recentemente, a empresa anunciou que está fazendo uma parceria com a Aptos Labs para trabalhar em IA e web3.

Eis o que veremos no artigo de hoje: como a Microsoft e a Aptos Lab pretendem ajudar empresas não nativas da web3 a acessarem tecnologias descentralizadas?

Mas antes de mergulharmos a fundo, e compreender o porquê desta parceria, vamos voltar alguns passos e analisar o status atual da Aptos.

Aptos blockchain de A a Z

Fundada pelos desenvolvedores por trás da Diem – antiga blockchain Libra –, a Aptos é uma blockchain de camada 1 que usa linguagem de programação Move para execução de transações de máquina virtual (VM). 

O mecanismo de consenso na Aptos é Byzantine Fault Tolerant (BFT), o que significa que a rede funciona corretamente mesmo se menos de um terço dos validadores agirem de forma desonesta. 

O ecossistema da Move foi projetado para segurança e contém um compilador, uma máquina virtual ( que executa contratos inteligentes) e ferramentas de desenvolvimento. Na Move, os contratos inteligentes são conhecidos como Módulos.

1. Principais métricas 

  • Capitalização de mercado diária vs. volume diário de negociações sólidas [Fig.1].
  • Cenário competitivo: comparativo de desempenho da Aptos com outras L1 [Fig.2]
  • Volume diário de negociação nos últimos 180 dias [Fig.3].
  • Desenvolvedores core diários [Fig.4]
  • Pontuação de segurança da Aptos na Certik está em 94,28% [Fig.5], atrás apenas do Bitcoin, Ethereum e Arbitrum [Fig.6]

2. Atividade na rede

O Aptos atingiu 7,4 milhões de endereços, dos quais 1,7 milhão foram adicionados somente em agosto. Isto representa um aumento de 28,6% em relação ao mês anterior (julho).

Com 1,9 milhão de usuários ativos, a colaboração com a Chingari está impulsionando esse crescimento, atraindo de 60 a 80 mil novos usuários diários, em comparação com os 10 a 15 mil anteriores!

Com um total de 246.843.989 transações realizadas, as transações atingiram o pico entre 10 e 11 de agosto, após um anúncio impressionante de colaboração com a Microsoft.

Dos 18 milhões em taxas em agosto, aproximadamente 15,6 mil em APTs foram queimados em taxas. Agosto foi o mês de maior atividade para o ecossistema Aptos.

3. Staking e status de descentralização 

O total de delegated staking aumentou de forma constante para 895 milhões em APT (mais de 4,3 milhões em APT só no mês de agosto). O número de validadores permanece inalterado em 111, com 8 delegating pools ativos.

No tocante à descentralização, é possível medir o status de descentralização olhando para distribuição de poder e autoridade em um sistema ou rede. Aqui, dois fatores são importantes:

  • A descentralização ocorre em várias camadas diferentes 

Uma L1 pode ter diferentes graus de descentralização em suas várias camadas – pex., camada de infraestrutura vs camada blockchain. O que isso significa? Ora, uma blockchain L1 pode ter milhares de nodes realizando validação independente, mas as transações podem ter que passar por um punhado de provedores de retransmissão centralizados. 

  • A descentralização é um espectro 

Não existe um número correto de validadores ou pools de mineração – é uma questão de discussão e os projetos de criptografia fazem sacrifícios diferentes para otimizar objetivos diferentes.

Tendo em conta estes dois fatores, como a Aptos foi lançada há pouco tempo, não é possível comparar a descentralização em nível de infraestrutura ou de desempenho. 

Contudo, uma maneira de medir a descentralização em uma arquitetura blockchain é por meio dos requisitos de hardware exigidos para executar um nó validador. Isto porque, os requisitos de hardware são um dos principais impulsionadores da distribuição e do número de validadores de nós independentes e podem ser um determinante significativo da relativa descentralização.

Nesse passo, a Aptos busca aumentar seu espectro de descentralização diminuindo barreiras, exigindo requisitos de hardware mais baixos – especialmente em comparação com uma de suas principais concorrentes, a Solana.

Assim, a Aptos espera que seus requisitos sejam capazes de atrair mais validadores independentes e não conectados para ajudar a proteger sua rede. 

Para se ter idéia, veja um comparativo em termos de requisitos de hardware mais baixos dentre as principais L1s [Fig.7].

4. Ecossistema: Defi, NFTs, Atividade de desenvolvimento

Aptos tem um ecossistema diversificado e crescente, que possui atualmente mais de 275 projetos em desenvolvimento, que vão desde wallets – como Petra, Martian e Flecht –  até protocolos DeFi.

4.1) Atividade de desenvolvimento

Quanto à atividade de desenvolvimento, vale citar a implantação inicial da cross-chain bridge Wormhole em março deste ano, o projeto de oráculo Pyth Network, bem como a integração à Aptos Network do protocolo de interoperabilidade, LayerZero.

Para incentivar projetos, a Aptos possui um programa de subsídios, que está aberto desde junho do ano passado, e oferece financiamento para equipes dos projetos que trabalham para acelerar o crescimento do ecossistema.

Tendo em o foco da Aptos na acessibilidade e segurança do usuário, vale a pena mencionar uma colaboração entre a Aptos Labs e a Aptos Names (um serviço de nomes e identidade baseado na Aptos). Essa colaboração significa que os usuários poderão usar seu endereço “.Aptos”, em vez de uma chave privada, em muitos dos principais dApps do ecossistema desde o primeiro dia.

Por fim, a Aptos Foundation está organizando um hackaton global de três dias que começa amanhá e vai até o dia 13 de setembro. O objetivo do Hack Singapore 2023 é que os participantes codifiquem, projetem, e trabalhem em rede para demonstrar suas ideias e trocar experiências em diversos segmentos –  NFTs, social, gaming, Defi e pagamentos, infraestrutura, Web3 e IA.

4.2) DeFi 

Os principais protocolos DeFi são Thala, LiquidSwap, PancakeSwap AMM, Tortuga Finance, Aries Market e BlueMove Staking.

Com relação ao crescimento em TVL, dentre os protocolos com maior aumento de TVL em Aptos em agosto, podemos citar o Thala, LiquidSwap, PancakeSwap AMM, Tortuga Finance, Aries Market e BlueMove Staking – veja aqui.

4.3) NFTs

Com relação ao seguimento NFT, o ecossistema Aptos já possui 2,06 milhões de ativos NFT, 4,65 milhões de transferências de NFTs, 876 milhões de endereços de carteira, 2,10 milhões de volume de NFT e 18,7 mil coleções de NFTs [confira aqui as coleções NFT mais populares].

Pois bem, agora que você já tem uma visão abrangente da Aptos Network, vamos compreender a motivação, a finalidade e os benefícios da parceria Microsoft-Aptos Lab.

Fatores positivos da Aptos Network que podem ter contribuído para a parceria com a Microsoft

A blockchain Aptos utiliza um novo método de ordenação de transações.

Diferente da maioria dos blockchains, em que a ordenação das transações é sequencial, em uma única cronologia de transações continuamente atualizada, a Aptos executa várias cadeias simultâneas “paralelamente” permitindo que mais transações sejam processadas de uma só vez – o que é conhecido como “parallel execution”. 

De fato, a Aptos diz ser capaz de processar 160.000 transações por segundo; compare isso com o número de transações por segundo em outras Blockchains, aqui [Source: Pontem Network]. 

Aqui, importante destacar que algumas redes blockchains já vêm sendo usadas para “paralelização” de treinamentos de modelos de IA

Some-se a isto o fato do modelo de dados Aptos possibilitar o gerenciamento flexível de chaves e opções híbridas de custódia. Ora, isso, juntamente com a transparência da transação antes da assinatura e protocolos de cliente leves e práticos, proporciona uma experiência de usuário mais segura e confiável.

Além disso, a blockchain Aptos oferece protocolos de gerenciamento de alterações incorporados on-chain para implantar rapidamente inovações tecnológicas e dar suporte a novos casos de uso da web3.

Sem dúvida, todos estes são ótimos motivos para a Aptos chamar a atenção da Microsoft e de grandes  empresas de capitais de risco – como Haun Ventures, Apollo, Griffin Gaming Partners, Franklin Templeton, Circle Ventures, Superscrypte –, que aportaram vultosos recursos e, no caso da a16z crypto e da Multicoin Capital, ofereceram suporte contínuo.

No entanto, especificamente quanto ao parallel execution, seu uso não é unânime. Há quem veja um risco à segurança nos seus benefícios à eficiência.

Objetivos da parceria

O objetivo da parceria é oferecer um conjunto de ferramentas suportadas por IA a desenvolvedores e usuários de todo o mundo para acesso sem esforço à Web3. Como?

A trajetória da parceria começa com o Aptos Assistant, uma ferramenta de integração Web3 fácil de usar, desenvolvida pela Aptos e pela Microsoft AI. Aqui, assistência de linguagem natural [PNL] ajudará os usuários a integrar os fundamentos da Web3 e também, os criadores que podem usá-la para criar contratos inteligentes e aplicativos descentralizados.

Além disso, a colaboração permite que os modelos de IA da Microsoft sejam treinados usando as informações verificadas na blockchain Aptos. 

De outro lado, a Aptos executará nodes de validação no Azure que, segundo a empresa, aumentará a segurança da blockchain Aptos com a infraestrutura e a confiabilidade da Microsoft.

Também, a Aptos Labs e a Microsoft explorarão a inovação AI x DeFi – como tokenização de ativos e pagamentos – para promover a adoção Web3 por empresas financeiras.

Ainda, a assistência em programação de linguagem natural (PLN) auxiliará os usuários a integrar os fundamentos da Web3 e além, e os criadores poderão usá-la para criar contratos inteligentes e aplicativos descentralizados.

Por que conectar Blockchain, IA e Web3?

Lembra da convergência de tecnologias que comentamos no início do artigo?

Pois bem, incorporar IA e blockchain à soluções Web3 é uma maneira de incrementar a eficiência e se antecipar ao futuro que está por vir.

Some-se a isto, a necessidade crescente de transparência, confiança e verificação do conteúdo gerado por IA. 

Afinal, a Inteligência Artificial traz muitos benefícios, mas não está livre de riscos. Como assim?

Nem sempre os dados de treinamento de Inteligência artificial estão isentos de preconceitos – o que é conhecido como problema da alucinação artificial. Muitos resultados gerados por LLMs não são autênticos e confiáveis. 

Neste contexto, soluções baseadas em blockchain podem ajudar na verificação, carimbo de data e hora, bem como atribuição de conteúdo a fontes em modelos de IA, conferindo credibilidade a uma economia digital que certamente será distribuída.

A parceria foi criada para suprir a necessidade de melhorar a confiança que as pessoas depositam nos conteúdos gerados por Inteligência Artificial, bem como para facilitar o acesso de empresas não nativas da web3 a tecnologias descentralizadas.

Em contrapartida, a própria Microsoft pode se beneficiar, utilizando informações ​​para treinar seus modelos de forma verificável –  e é aqui que a Aptos se encaixa, fornecendo sua blockchain de alto desempenho e rendimento.

Perspectivas

Aplicativos como a integração do GitHub Copilot – que suporta o desenvolvimento de contratos baseados em blockchain –  com o Aptos Assistant –  um chatbot de Inteligência Artificial que busca unir a Web 2.0 e a Web3 –, pode ajudar empresas não nativas da web3 a acessar contratos inteligentes e outras tecnologias descentralizadas.

E uma solução que ajude empresas de tecnologia maduras a usar a tecnologia web3 para se aprofundar na Inteligência Artificial pode levar essas empresas a se aprofundarem no domínio da tecnologia blockchain. 

De outro lado, um grande obstáculo à integração de mais desenvolvedores no ecossistema web3 é o quão difícil é escrever contratos inteligentes seguros.

Geralmente, se um desenvolvedor quiser colocar um aplicativo web3 em funcionamento, ele terá que examinar materiais de referência de contratos inteligentes, um processo que pode levar dias, antes de realmente escrever os contratos inteligentes necessários e outros elementos do aplicativo. 

Aqui, a inteligência artificial pode ajudar a melhorar a experiência dos desenvolvedores que, podem, por exemplo, usar o chatbot da Aptos para pesquisar os contratos inteligentes NFT mais populares, ou os projetos auditados e aprovados por outros aplicativos para encontrar e descobrir rapidamente contratos inteligentes usando essas referências.

Isto sem falar na possibilidade de uso da IA para trazer funcionalidade aos dados on chain, identificando tendências emergentes, e nos benefícios que a inteligência artificial pode trazer à cibersegurança, identificando possíveis vulnerabilidades e antecipando soluções.

Mas e você? Já tinha ouvido falar de convergência tecnológica? Tinha ideia do volume de investimento que as empresas já estão aportando nas plataformas de inovação disruptivas como IA e blockchain? Compreendeu o que motivou a parceria Microsoft-Aptos, e como ela pretende ajudar empresas não nativas da web3 a acessarem tecnologias descentralizadas?

Conhecimento é poder!! Nos vemos em breve!

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

image_from_ios-1.jpg
Tatiana Revoredo
Tatiana Revoredo é membro fundadora da Oxford Blockchain Foundation. LinkedIn Top Voice em Inovação e Tecnologia. Estrategista Blockchain pela Saïd Business School, University of Oxford. Especialista em Blockchain Business Applications pelo MIT. Especialista em Artificial Intelligence & Business Strategy pelo MIT Sloan & MIT CSAIL. Especialista em Cyber-Risk Mitigation pela Harvard University. Convidada pelo Parlamento Europeu para a “The Intercontinental Blockchain Conference”....
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados