Ver mais

ETFs de Bitcoin à vista podem provocar uma alta semelhante à do ouro?

4 mins
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • O lançamento de ETFs de Bitcoin dá início a um novo capítulo para a criptomoeda, com comparações com a trajetória de mercado do ouro.
  • Os analistas preveem o aumento de longo prazo do Bitcoin, citando tendências históricas e seu modelo de estoque para fluxo, mas reconhecem possíveis atrasos.
  • Apesar do entusiasmo impulsionado pelo ETF, o mercado atual mostra quedas e saídas de preços do Bitcoin, o que sugere volatilidade de curto prazo.
  • promo

Desde que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) aprovou os ETFs de Bitcoin, no dia 11 de janeiro de 2024, o mercado cripto teve uma recuperação significativa. Isso culminou em 14 de março de 2024, quando o Bitcoin (BTC) atingiu um novo recorde histórico (ATH) de US$ 73.737.

Essa tendência de alta não se limita apenas aos EUA. Hong Kong acaba de lançar seus ETFs de Bitcoin e Ethereum à vista, enquanto a Austrália está se preparando para lançar suas próprias versões de ETFs de Bitcoin à vista.

O entusiasmo global reflete a visão otimista da comunidade em relação ao Bitcoin não apenas como uma moeda, mas como uma possível contraparte digital do ouro.

Os ETFs de Bitcoin podem ajudar a sustentar uma alta de 8 anos?

A narrativa do Bitcoin como reserva de valor e proteção contra a inflação o aproxima da posição de mercado do ouro, com comparações que agora se estendem a seus respectivos ETFs. Os precedentes históricos oferecem um enredo convincente.

O lançamento do ETF de ouro em 2004 desencadeou um mercado de alta de quase 8 anos. O primeiro ETF de ouro, o SDPR Gold Shares, foi listado na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) em 1º de novembro de 2004, quando o ouro estava cotado a US$ 450,80 por onça. Em seguida, cresceu de forma consistente, atingindo US$ 1.825 em 1º de agosto de 2011. Em 2024, o ouro alcançou com sucesso o preço de US$ 2.392 em 19 de abril.

No entanto, de acordo com uma postagem do cripto YouTuber Altcoin Daily no Twitter (X), o ETF de Bitcoin da BlackRock alcançou em 70 dias o que levou o ETF de ouro a mais de 800 dias em ativos sob gestão (AUM). Ele destacou a demanda sem precedentes pelo Bitcoin em comparação com os dias iniciais do ouro na esfera do ETF.

“Isso é apenas o começo…” observou o Altcoin Daily.

Leia mais: O que é um ETF de Bitcoin?

Comparação entre GLD e IBIT AUM.
Comparação entre GLD e IBIT AUM. Fonte: X/AltcoinDailyio

Em apoio a essa perspectiva, o analista de Bitcoin Willy Woo apontou a dinâmica fiscal atual.

“Agora que a taxa de inflação monetária do Bitcoin caiu abaixo do ouro, será interessante ver se sua capitalização de mercado excederá o ouro de acordo com a tese de estoque para fluxo [S2F]”, comentou Woo.

Ele prevê que o Bitcoin se alinhará com sua avaliação S2F, mas com uma defasagem de 5 a 10 anos. Woo cita o ritmo mais lento dos sistemas financeiros globais na adoção de tais inovações.

Tendência de alta no longo prazo

A arquitetura tecnológica do Bitcoin pode lhe dar outra vantagem sobre o ouro. Eventos como o halving são projetados para reduzir o número de novos BTC que entram no mercado, teoricamente aumentando seu valor ao longo do tempo.

De fato, historicamente falando, os períodos pós-halving levaram a aumentos substanciais de preço. O halving de 2012 precedeu um salto de US$ 12 para mais de US$ 1.000 no final de 2013. Da mesma forma, o halving de 2016 viu os preços subirem de cerca de US$ 650 para quase US$ 20.000 em dezembro de 2017. Finalmente, o halving de 2020 levou os preços de cerca de US$ 8.000 para US$ 69.000 em novembro de 2021.

Esses padrões sugerem uma perspectiva altista, embora com a ressalva de que os aumentos de preços são normalmente de longo prazo e não imediatos. O analista PlanB reafirmou isso. Ele previu um crescimento futuro significativo, apesar das flutuações de curto prazo.

PlanB observou uma perspectiva altista que se alinha aos dados históricos e à análise de mercado, apesar das variações atuais do mercado.

“BTC > US$ 100.000 em 2024. Topo do BTC > US$ 300.000 em 2025”, afirmou PlanB.

Preços recuam apesar do sucesso do ETF

No entanto, independentemente do otimismo especulativo e das tendências históricas, o movimento atual do mercado mostra um quadro diferente. No momento em que este artigo foi escrito, o Bitcoin estava sendo negociado a US$ 62.035, uma ligeira queda de 0,47% nas últimas 24 horas.

Da mesma forma, o ouro à vista também está experimentando um movimento modesto, sendo negociado a US$ 2.311. Esse número representa uma queda de aproximadamente 1,02% em relação ao preço de ontem.

Além disso, os dados da SoSo Value indicam que os ETFs de Bitcoin à vista dos EUA registraram saídas diárias de US$ 51,53 milhões em 29 de abril de 2024. Isso marca o quarto dia consecutivo de fluxos negativos. Até mesmo o iShares Bitcoin Trust (IBIT) da BlackRock, anteriormente com melhor desempenho, não registrou novos fluxos de entrada durante o período.

Leia mais: Previsão de preço do Bitcoin para 2024 / 2025 / 2030

Fluxo diário líquido total dos ETFs de Bitcoin à vista dos EUA.
Fluxo diário líquido total de ETFs de Bitcoin à vista dos EUA. Fonte: SoSo Value

Esses indicadores sugerem uma abordagem cautelosa. Embora o entusiasmo em torno dos ETFs de Bitcoin seja palpável e as comparações com a recuperação impulsionada pelos ETFs de ouro sejam tentadoras, a realidade nos pregões conta uma história de volatilidade e incerteza especulativa.

Com sua complexa interação de tecnologia, economia e regulamentações globais, o Bitcoin apresenta uma perspectiva de investimento exclusiva que pode ou não ser paralela à ascensão histórica do ouro. Tanto os investidores quanto os espectadores fariam bem em observar de perto esses desenvolvimentos, considerando tanto o potencial quanto as armadilhas dessa classe de ativos digitais.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados