Ver mais

El Salvador protesta contra Lei do Bitcoin no Dia da Independência

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O protesto é motivado por ações autoritárias realizadas pelo presidente, segundo os manifestantes.
  • Uma das questões levantadas é a obrigação de oferecer o BTC como moeda de troca, bem como a compra de Bitcoin pelo estado com dinheiro público.
  • O presidente de El Salvador acusou a comunidade internacional de estar por trás dos protestos, financiando-os e provocando supostos atos violentos.
  • promo

O dia da independência de El Salvador foi marcado por protestos de milhares de pessoas que se declararam contra seu presidente Nayib Bukele e sua Lei do Bitcoin.

Desde que a Lei do Bitcoin foi aprovada no parlamento de El Salvador, houve acusações e reclamações, embora deva ser destacado que elas vieram de pequenos focos ou de determinados setores de sua economia.

A Lei do Bitcoin obriga que o Bitcoin deva ser utilizado em todo o seu território nacional, fazendo com que desde o comerciante ambulante ao McDonald’s de El Salvador tenham que oferecer a criptomoeda como uma forma de pagamento.

Para isso, o governo Bukele disponibilizou o Chivowallet, uma carteira que sustenta as compras e vendas de BTC em todo o país. Ela foi inaugurada com alguns problemas técnicos, mas que logo depois parecem ter sido resolvidos.

Autoritarismo de Bukele motiva protestos

As manifestações se transformaram em uma mistura de sentimentos por ter motivos diferentes, desde aquela que protestava contra o autoritarismo do presidente Bukele até aquela que rejeitava a existência da Lei do Bitcoin.

A aplicação da Lei do Bitcoin obviamente tem seus desafios, uma das questões que levantam espinhos é a obrigação de oferecer o BTC como moeda de troca, bem como a compra de Bitcoin pelo estado com dinheiro público. Esse eixo é, para os manifestantes, um dos argumentos sobre os quais apoiam seu protesto extrapolando para outras ações realizadas por Bukele que possam representar uma ameaça à democracia do país latino-americano.

O presidente de El Salvador acusou a comunidade internacional de estar por trás dos protestos, financiando-os com os supostos atos violentos que denunciou, nos quais tensa sentenciou:

“Aos países que não gostam do que acontece em El Salvador, deixem que esperem”.

As reclamações dos manifestantes em El Salvador, bem como de grande parte da comunidade internacional, são dadas pela interferência do presidente no sistema judiciário do país, de onde expulsou um terço dos juízes do país após uma reforma judicial. Segundo o presidente, isto foi feito para eliminar a corrupção sistemática. Ao mesmo tempo, os Estados Unidos o compararam a Hugo Chávez, e a tensão entre os dois países aumentou.

Bitcoin para impulsionar a economia de El Salvador

As razões de Bukele para fazer essa grande aposta no Bitcoin podem ser diversas, embora uma das principais seja construir uma nova indústria relacionada a criptomoedas. Para fazer isso, o presidente fez várias ligações e recentemente estabeleceu incentivos fiscais para o Bitcoin para investidores estrangeiros que buscam uma Malta na América Latina.

A grande aposta de El Salvador no Bitcoin vai funcionar? De acordo com o Plan B, existem muitas forças que não querem que o Bitcoin seja adotado com sucesso, decidindo:

“É um pulso direto contra a hegemonia do FMI e dos Estados Unidos e seu dólar

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

d1d10d5e7cdf60a0e1405996b7589e63.jpg
Daniel Ramirez-Escudero
Daniel tem experiência como scalp trader em futuros no mercado DAX. Grande entusiasta do Bitcoin e das criptomoedas pelo seu significado, geopolítica e seguidor da nova revolução financeira desde o início de 2017, dia a dia aprende mais. De nacionalidade espanhola, embora com enfoque internacional, viveu desde criança em Londres, Bruxelas, Santiago do Chile, Amesterdã, e atualmente alterna entre Madri e Palma de Mallorca. Licenciado em Comunicação Audiovisual e Mestre em Web Design e...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados