Ver mais

Exclusivo Campeonato brasileiro de fan tokens: confira o clube campeão de 2021

3 mins
Atualizado por Airí Chaves

EM RESUMO

  • Diversos clubes de futebol do Brasil lançaram fan tokens para os seus torcedores neste ano.
  • Clubes de futebol ao redor do mundo estão buscando cada vez mais alternativas no mundo cripto.
  • Alguns fan tokens conseguiram grandes valorizações ao decorrer do ano.
  • promo

Diversos clubes de futebol do Brasil lançaram fan tokens para os seus torcedores neste ano, com alguns ativos chegando a ter grandes valorizações de preço.

O mercado cripto invadiu o mundo do futebol em 2021. Diversos clubes ao redor do mundo buscaram alternativas neste meio, tanto para se aproximar de seus torcedores, como para conseguir novas formas de rendimento.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Desde coleções de tokens não fungíveis (NFT) até aceitar pagamentos de ingressos em criptomoedas, a blockchain foi utilizada em diversas ações esportivas. Nesse sentido, os fan tokens tiveram o principal destaque.

Plataformas como a Chiliz (CHZ) e a Socios.com foram pioneiras nesse ramo, ao oferecer em conjunto tokens que serviam não apenas como um item de colecionador, mas que davam aos seus detentores a chance de se aproximar e até influenciar diversas questões dos seus clubes do coração.

Entre os principais benefícios, estavam o de oferecer acesso a conteúdos exclusivos, quizzes e jogos com recompensas e até mesmo votações para decidir questões do dia a dia do clube. Rapidamente, diversos clubes ao redor do mundo, inclusive no Brasil, passaram a fechar parceria com Chiliz e Socios.com para lançar seus ativos.

Devido ao grande sucesso e alta procura por esses ativos, foi possível observar grande procura e valorização em seus preços. Com isso em mente, o BeInCrypto listou todos os fan tokens lançados por clubes de futebol no Brasil, afim de verificar qual é o grande campeão em valorização neste ano.

Para isso, iremos ranquear esses ativos conforme a sua máxima histórica. Vale ressaltar que na estreia no Socios.com, os ativos são comercializados por US$ 2,00. Após isso, o preço é determinado conforme sua oferta e demanda. No Brasil, fan tokens são lançados posteriormente na exchange Mercado Bitcoin.

Melhores fan tokens de 2021

4º – São Paulo FC (SPFC)

  • Preço recorde: R$ 13,15
  • Preço atual: R$ 5,00

O São Paulo FC foi o último clube a lançar o seu fan token em 2021. Por ter menos tempo de estrada, não é estranho que ele ocupe o último lugar da lista. O SPFC atingiu a máxima histórica de R$ 13,15 em seu lançamento no Mercado Bitcoin, mas está em tendência de baixa desde então.

3º – Corinthians (SCCP)

  • Preço recorde: R$ 17,70  
  • Preço atual: R$ 5,13

À frente do fan token do São Paulo está o ativo de um dos seus principais rivais, o Corinthians. Tendo uma das maiores e mais fanáticas torcidas do país, a Fiel compareceu em peso no dia de lançamento do SCCP no dia 2 de setembro, comprando as 850 mil unidades disponíveis em menos de três horas.

O ativo estreou na plataforma de negociações do Mercado Bitcoin, que passou a ser patrocinadora oficial do clube neste ano, duas semanas depois. No dia 17, o ativo atingiu o preço recorde de R$ 17,70.

2º- Flamengo (MENGO)

  • Preço recorde: R$ 24,00
  • Preço atual: R$ 5,13

A maior torcida do país fez história em esgotar em tempo recorde as 1,5 milhão de unidades do MENGO. Com isso, além de desembolsar um bom dinheiro ao ter o Socios.com como sua patrocinadora, o Flamengo ficou com parte da receita de R$ 16,6 milhões feita com a venda doe seu fan token.

Já em dia de estreia no MB, o MENGO alcançou a marca de R$ 24,00, ficando em segundo lugar na nossa lista. Assim como os outros fan tokens, seu preço tem caído desde então.

1º – Atlético Mineiro (GALO)

  • Preço recorde: R$ 25,00
  • Preço atual: R$ 5,50

O atual campeão do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil também é o grande campeão da nossa lista. O Atlético Mineiro foi o primeiro clube do país a fechar parceria com o Socios.com, em junho.

No Mercado Bitcoin, o fan token GALO atingiu o preço recorde de R$ 25,00 no dia 27 de setembro. Após o feito, o ativo entrou em forte tendência de baixa, chegando a perder cerca de 80% de seu valor.

Fan tokens – novos participantes em 2022

Todos os fan tokens brasileiros estão em forte tendência de baixa desde seus recordes de preço, acompanhando a tendência geral do mercado de criptomoedas.

Porém, conforme destacado por Alexandre Dreyfus, CEO da Chiliz e Socios.com, o objetivo desses ativos não é o lucro financeiro, mas sim oportunidades de interação entre clubes e torcedores.

Devido à alta procura dos torcedores locais, Internacional e Palmeiras já fecharam parceria com as empresas para a criação e lançamento de seus fan tokens, que devem estrear no Socios.com nas próximas semanas.

Além disso, é possível que outros grandes clubes do país decidam seguir o mesmo caminho no ano que vem, fazendo com que o campeonato de fan tokens do país tenha mais participantes em 2022.

Por fim, vale destacar que outros grandes clubes do Brasil, como Vasco, Cruzeiro, Santos e Coritiba também lançaram tokens digitais. No entanto, esses ativos não são fan tokens, mas sim ativos de investimento atrelados ao Mecanismo de Solidariedade da FIFA.            

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados