Ver mais

Rumores sobre insolvência da Bybit provocam pânico na comunidade cripto e exchange se manifesta

2 mins
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • Rumores sobre a insolvência da Bybit causam pânico, decorrentes de um erro na plataforma de análise na cadeia da Arkham.
  • Retiradas ultrapassam US$ 50 milhões, mas Bybit esclarece sua estabilidade e a natureza infundada dos rumores.
  • Exchange com sede em Dubai incentiva a referência à sua Prova de Reservas para tranquilizar os usuários em meio ao ceticismo contínuo do mercado cripto
  • promo

Rumores recentes que sugerem a insolvência da exchange de criptomoedas Bybit provocaram ondas de choque na comunidade de criptomoedas, aumentando o pânico e a especulação.

Um erro significativo na plataforma de análise on-chain da Arkham mostrou erroneamente uma queda drástica nos ativos da Bybit, provocando ainda mais ansiedade.

Exchange com sede em Dubai esclarece rumores de insolvência

Inicialmente alimentados pela representação gráfica alarmante, os rumores levaram a uma saída substancial de fundos. Relatórios do cofundador da DefiLlama, 0xngmi, indicam, por exemplo, retiradas superiores a US$ 50 milhões. Apesar disso, 0xngmi contextualizou a situação, afirmando que as retiradas não são nada comparadas ao total de ativos da Bybit.

Conforme o site da plataforma, a Bybit tem atualmente mais de 20 milhões de usuários em pelo menos 160 países com um volume de trading acima dos US$ 10 bilhões.

Rumores sobre insolvência da Bybit provocam pânico na comunidade cripto e exchange se manifesta
Fonte: Bybit

Bybit se manifesta

Em resposta a esses eventos, um porta-voz da Bybit esclareceu a situação em uma entrevista com ao BeInCrypto. O executivo apontou que os rumores eram infundados e possivelmente propagados por indivíduos insatisfeitos com as rigorosas medidas de conformidade da Bybit.

“Ficamos surpresos ao receber inesperadamente uma consulta de algumas conversas particulares. A Bybit é muito estável e segura com todos os seus ativos”, disse o porta-voz à BeInCrypto.

Além disso, a Bybit incentivou seus usuários e partes interessadas a consultar seu relatório oficial de Prova de Reservas (POR). O documento confirma a estabilidade de sua base de ativos, com dados de outras plataformas de análise on-chain respeitáveis, como a Nansen e a DefiLlama.

Ativos totais da Bybit
Total de ativos da Bybit. Fonte: DefiLlama

Após colapsos como da FTX e Celsius, setor está mais cuteloso

Esse incidente ocorre, aliás, em um cenário de maior vigilância na comunidade cripto. Isso porque após os colapsos de alto nível de várias empresas de criptomoedas em 2022, incluindo FTX e Celsius, há uma atmosfera generalizada de cautela e ceticismo sobre a solvência das exchanges de criptomoedas.

Historicamente, esses rumores não se limitaram apenas à Bybit. Em dezembro de 2023, preocupações semelhantes foram levantadas sobre outra exchange, a MEXC, após a misteriosa exclusão da conta do Twitter “MEXC_CEO”.

Leia mais: Entenda o colapso da FTX

Consequentemente, as reclamações dos usuários sobre fundos congelados nas plataformas sociais intensificaram acima de tudo, as preocupações sobre a saúde financeira das exchanges de criptomoedas.

A rápida resposta da Bybit e o esclarecimento fornecido devem tranquilizar seus usuários e investidores. No entanto, esse incidente destaca a natureza frágil da confiança no volátil setor de cripto e a velocidade com que a desinformação pode se espalhar, afetando a estabilidade do mercado e a confiança dos investidores.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados