Ver mais

Atlas Quantum Tem que Devolver Bitcoin em Dois Dias ou Pagar Multa de até R$ 15 mil

3 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Justiça condena empresa em caso de investidor que espera há vinte dias por pedido de saque.
  • promo

A justiça determinou que o Atlas Quantum tem que devolver Bitcoin para um cliente ou pagar multa de até R$ 15 mil. Com a ação condenatória, a empresa de arbitragem em Bitcoin possui até dois dias para realizar o depósito da criptomoeda em nome do investidor que move o processo.
O Atlas Quantum teve suas atividades suspensas pela CVM. Antes disso, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autuou a plataforma pela oferta pública irregular de investimentos coletivos. Desde então, usuários da empresa reclamam de problemas para sacar Bitcoin.

Atlas Quantum é condenada a devolver Bitcoin de cliente

Segundo a decisão judicial, o Atlas Quantum deverá depositar a fração de Bitcoin solicitada no processo em até 48 horas. O prazo estabelecido pela justiça deve ser cumprido até a próxima quinta-feira (21). O valor total pedido pelo usuário é de 0.80311053 Bitcoin (BTC). Essa fração da criptomoeda corresponde a mais de R$ 27 mil em valores atuais. A quantidade da criptomoeda mencionada na ação pertence a Felipe Ferreira, usuário do Atlas Quantum. Assim como outros clientes, Felipe espera pelo saque de Bitcoin em atraso na plataforma. Desse modo, a justiça concedeu o deferimento de uma tutela de urgência antecipada em desfavor do Atlas Quantum. Com a decisão, a empresa ainda deverá pagar multa diária em caso de descumprimento do prazo proposto na ação judicial.

Multa nesse caso deve chegar em R$ 15 mil

O Atlas Quantum será multado pela justiça no caso do homem que pede cerca de 0.80 Bitcoin (BTC). A multa serve como forma de estimular o pagamento pela empresa no prazo determinado pela justiça. Com uma multa diária de R$ 500, o Atlas Quantum pode acumular um valor de quase a metade de toda a dívida em atraso com o cliente. Como a multa é cumulativa, o montante deve alcançar até R$ 15 mil com o prazo de trinta dias estabelecido para que o débito seja regularizado com o usuário, garante a justiça.

Pedido de saque está em atraso desde o final de outubro

Os autos do processo mostra que o investidor pediu um saque de Bitcoin recentemente. Antes dos atrasos começarem o Atlas Quantum pagava os clientes em cerca de um dia útil. Mas, depois da notificação da CVM a plataforma começou a deixar de concluir pedidos de saques em Bitcoin. Alguns relatos apontam para atrasos superiores a três meses. No caso de Felipe, o pedido de saque foi feito há quase vinte dias. No dia 29 de outubro de 2019 o homem declarou ter pedido a fração de Bitcoin a partir de uma solicitação de saque no Atlas Quantum. Desde então o investidor da plataforma narra que o negócio não cumpriu com o combinado e alega não ter recebido a solicitação que continua em atraso. Esse não é o primeiro processo em que o Atlas Quantum é condenado a devolver Bitcoin de investidores em até 48 horas. Em uma decisão similar, uma cliente da empresa tentou na justiça acusar a companhia de “crime de desobediência”. A acusação foi apresentada em forma de liminar depois que o Atlas Quantum não pagou o valor estipulado naquela ação na data determinada pela justiça. Sendo assim, a justiça marcou novo prazo de dois dias para o caso, fixando também multa diária caso o Bitcoin não seja depositado dentro do prazo. Você conhece pessoas que investiram Bitcoin no Atlas Quantum? Comente sobre a decisão da justiça e compartilhe esta notícia no Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images-e1706008039676.jpeg
Advertorial
Advertorial é o nome do autor universal para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros da BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com as visões ou opiniões da BeInCrypto. Embora nos esforcemos para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, esses artigos são destinados à publicidade e não devem ser considerados como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados