Ver mais

Adoção de pagamento em criptomoedas deve crescer até 2024, aponta relatório

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • “Esta é uma transição legítima da fase de adoção inicial para uma mais prática, pragmática e positiva em geral”, concluiu a chefe de estratégia para criptomoedas da Checkout.com.
  • Comerciantes apontam maior facilidade de liquidar pagamentos em criptomoedas.
  • Relatório consultou consumidores e comerciantes de todo o mundo.
  • promo

Uma pesquisa da gateway de pagamentos para plataformas digitais Checkout.com revelou que 23% dos negócios online planejam aceitar criptomoedas até 2024.

O relatório foi divulgado na manhã de quarta-feira, (6), no qual foram apresentados os resultados de pesquisa que consultou 30 mil consumidores e 3 mil comerciantes em todo o mundo. Visando traçar tendências de adoção na classe de ativos emergentes a pesquisa revelou também a crescente popularização dos criptoativos.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

A pesquisa aponta que 40% dos consumidores com idade entre 18 e 35 anos planejam usar criptoativos para pagar bens e serviços em 2023, em comparação com menos de 30% em 2021. Além disso, 23% das empresas digitais pretendem aceitar criptomoedas como forma de pagamento até 2024.

O ponto de maior destaque é o nível de satisfação dos comerciantes que já integraram criptomoedas como forma de pagamentos. Quase 80% relataram maior facilidade em liquidar pagamentos em criptomoedas em comparação com as moedas fiduciárias tradicionais.

A chefe de estratégia para criptomoedas da Checkout.com, Jess Houlgrave, disse acreditar ser “a maior pesquisa de consumidores desse tipo” já desenvolvida e suas descobertas apresentam uma “clara evolução de comportamento” em relação às criptomoedas em todo o mundo.

“Esta é uma transição legítima da fase de adoção inicial para uma mais prática, pragmática e positiva em geral”, concluiu Houlgraves.

Crescimento exponencial do Bitcoin

A cada ciclo de crescimento do Bitcoin ocorre o impulsionamento do ecossistema cripto de forma geral, resultando no aumento do interesse, na adoção rápida e crescente ao redor do mundo. No início de 2021, a Crypto.com publicou um relatório sobre o ecossistema global de criptomoedas e observou que existem mais de 300 milhões de usuários de criptomoedas em todo o mundo.

O número deve chegar a 1 bilhão até o final de 2022. Além disso, o aumento no uso de ativos digitais está impulsionando o interesse em tokens não fungíveis (NFTs), metaverso e Web3.

“Essa transição significa que há uma onda de demanda por empresas de tecnologia financeira que podem fornecer soluções e serviços fáceis de implantar para colocar os comerciantes em funcionamento com opções de pagamento em criptomoeda e, em seguida, ajudá-los a otimizar o processo ao longo do tempo. Esperamos que essa tendência só se fortaleça no próximo ano, à medida que conectamos mais serviços à Web3”, acrescentou Houlgrave.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados