Ver mais

Adoção de criptomoedas cresce na Nigéria

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A Nigéria tem a maior taxa de adoção de criptomoedas, seguida pela Malásia e Austrália.
  • A maioria dos investidores concentra-se em Bitcoin e Ethereum, embora algumas altcoins como Cardano também estejam vendo números fortes.
  • As nações em desenvolvimento parecem estar no centro das altas taxas de adoção.
  • promo

Os resultados do Finder Cryptocurrency Adoption Index, que examina o mercado cripto em 22 nações, mostram que Nigéria, Malásia e Austrália estão no topo em adoção deste mercado em todo o mundo.

A maioria dos investidores da Nigéria parece interessada em Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), com outras altcoins também conseguindo certo destaque.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Uma nova pesquisa divulgada pelo Finder mostra que a Nigéria tem a maior taxa de adoção de criptomoedas do mundo, com 24,2% da população aderindo a esses ativos. A seguir estão a Malásia e a Austrália, com as 10 principais criptomoedas por valor de mercado sendo os itens mais aderidos. A nação africana tem experimentado um crescimento consistente de adoção, apesar de certas restrições e desaprovações oriundas das autoridades locais.

O Finder Cryptocurrency Adoption Index pesquisou mais de 41.000 indivíduos em 22 países e apresentou alguns resultados interessantes. Esses três principais países veem os investidores principalmente colocando seu capital em Bitcoin, Ethereum e Cardano (ADA), embora criptos como a Dogecoin (DOGE) também tenham se destacado. No entanto, o BTC continua sendo a moeda digital mais popular em todo o mundo, tendo se tornado um nome familiar desde 2017.

A Nigéria também lançou o site de sua futura moeda digital do banco central (CBDC), o eNaira, e o governo está empenhado em não permitir que as criptomoedas assumam o controle do sistema financeiro local.

Curiosamente, algumas das nações ocidentais mais desenvolvidas mostram pouco interesse em criptomoedas. A taxa de adoção no Reino Unido está entre as mais baixas, com participação estimada em 5,4%. A maioria possui Bitcoin e Ethereum, mas de apenas 1 a cada 20 adultos, sendo essa proporção significativamente menor do que o visto em outros países.

O regulador financeiro do Reino Unido, como os de outras grandes economias, está começando a reprimir o mercado de criptomoedas. Essa pode ser uma das razões pelas quais há uma baixa taxa de adoção, embora isso não tenha impedido os investidores nos EUA, por exemplo, de investir em ativos cripto.

Nações em desenvolvimento como a Nigéria contribuem fortemente para o crescimento das criptomoedas

As criptomoedas são particularmente populares nos países em desenvolvimento, já que a população mais jovem migrou para essa nova classe de ativos. A África provou ter uma alta taxa de adoção em geral, apesar da regulamentação incerta em muitos países.

A Índia também obteve uma classificação elevada em termos de adoção, com seu mercado crescendo 641% à medida que o governo aborda a questão da regulamentação. O crescimento do mercado não mostra sinais de diminuir à medida que celebridades se juntam como embaixadores do mercado cripto.

Esses países provaram ser altamente experientes em tecnologia, uma vez que as plataformas de pagamento digital já se estabeleceram bem no mercado. A Índia, como a Nigéria, também está trabalhando em seu próprio CBDC, já que o governo considera regulamentar a classe de ativos como commodities.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

TCPMHRYSU-UEHL0FMAP-1d0d90d8c847-512.png
Rahul Nambiampurath é um trader da Índia que foi atraído pelo Bitcoin e pela blockchain em 2014. Desde então, ele é um membro ativo da comunidade. Ele tem mestrado em finanças.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados