Vitalik Buterin explica porque DAOs são melhoes que corporações centralizadas

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Vitalik Buterin usou sua visibilidade para destacar os pontos positivos das organizações autônomas descentralizadas.
  • DAOs podem suprir algumas necessidades de melhor maneira do que organizações tradicionais e estados-nação, segundo o cofundador do Ethereum.
  • Buterin usou o MakerDAO, emissor da DAI, como exemplo.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Junte-se a nós!

Para Vitalik Buterin, as organizações autônomas descentralizadas (DAOs) podem desempenhar um papel melhor do que as corporações tradicionais e estados-nação quando o assunto é suprir necessidades do mercado.

Cofundador e principal nome por trás do Ethereum (ETH), o desenvolvedor russo-canadense usou sua influência dessa vez não para promover o seu projeto, mas sim a maior adoção das DAOs. Por meio de um post em seu blog, Buterin destaca três vantagens que esse tipo de organização possuem em relação a outros mecanismos de governo.  

Vale ressaltar que o conceito de organização autônoma descentralizada se refere a uma estrutura de governança feita totalmente de baixo para cima, sem uma hierarquia centralizadora e a presença de líderes que ocupem cargos de liderança, como um CEO ou presidente, por exemplo. Desenvolvida em blockchain, uma DAO opera por meio de contratos inteligentes e mecanismos de votação de seus membros.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

DAOs e suas vantagens

Em seu texto, Vitalik Buterin comenta sobre as críticas frequentes que as DAOs tem recebido, já que muitos alegam que esse sistema de governança acaba sendo menos eficiente do que o tradicional e centralizado. Para o desenvolvedor, no entanto, essas organizações podem desempenhar um melhor papel em cenários “côncavos”, onde duas decisões extremas são discutidas.

“Quando as decisões são côncavas, confiar na sabedoria das multidões pode dar melhores respostas. Nesses casos, estruturas do tipo DAO com grandes quantidades de entrada diversificada para a tomada de decisões podem fazer muito sentido.”

Além disso, as DAOS conseguem ter uma melhor proteção a agentes e ameaças externas. Como exemplo, ele lista o BitTorrent, um sistema descentralizado de compartilhamento de arquivos que tem conseguido ser resistente a censura e hackers. Com isso, a plataforma tem atraído cada vez mais usuários e investidores.

Outro exemplo citado por Buterin é o MakerDAO, emissor da stablecoin Dai (DAI). Por ser uma organização descentralizada, ele pode lidar melhor contra proibições de governos, ao contrários de outras empresas como a Circle, empresa responsável pelo USD Coin (USDC) e sediada nos Estados Unidos.

Por fim, esse tipo de organização seria melhor para promover uma “justiça crível”, onde é exigido uma tomada de decisão subjetiva. Em todos os casos é preciso “convencer com credibilidade um público grande e desconfiado de que [uma DAO] é robusta”, finaliza o cofundador do Ethereum.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.