Ver mais

Token de plataforma de staking despenca após anúncio de congelar saques

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Plataforma de staking Freeway anunciou a suspensão de saques, alegando a volatilidade do mercado como justificativa para esta medida.
  • Token FWT desabou quase 80% após o anúncio.
  • Falência têm se acumulado no mundo cripto nos últimos meses.
  • promo

A plataforma de staking Freeway precisou interromper o saque de seus usuários, o que impactou negativamente o preço de seu token nativo FWT.

Apesar de não estar entre as plataformas de staking mais aderidas do mercado, o Freeway possui uma boa base de usuários, com a capitalização de seu token nativo chegando a ultrapassar os US$ 50 milhões.

No entanto, tudo mudou após a equipe responsável pelo protocolo anunciar a paralisação de seus saques, gerando questionamentos sobre a sua saúde financeira e modus operandi. Segundo o comunicado, a medida precisou ser tomada devido à volatilidade do mercado de criptomoedas:

“A Freeway decidiu, portanto, diversificar sua base de ativos para gerenciar a exposição a futuras flutuações e volatilidade do mercado, garantindo a sustentabilidade e a lucratividade de longo prazo do Ecossistema Freeway”.

A suspensão de saques logo repercutiu no preço do seu token nativo, que chegou a perder cerca de 80% de seu valor em apenas algumas horas. Desde então, o FWT tem tido uma leve correção de alta, mas ainda acumula uma desvalorização de 57% no fechamento da matéria, segundo dados do CoinGecko. Com isso, o valor de mercado da criptomoeda foi profundamente reduzido, ficando abaixo dos US$ 10 milhões.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Freeway é acusada de golpe

A medida tomada ocorre dias após o usuário FatMan Terra, conhecido por fazer denúncias no mundo cripto, alegar que o protocolo poderia estar operando um esquema Ponzi. O denunciante teria inclusive previsto que os usuários ficariam impedidos de realizar saques e que um colapso do protocolo seria eminente.

“Se alguém tiver fundos na plataforma de rendimento de criptomoedas Freeway, sugiro retirar imediatamente. Eu acredito que eles estão operando um esquema Ponzi. Na minha opinião, é provável que o Freeway entre em colapso nos próximos meses e que todos os depositantes percam tudo”.

FatMan ainda afirma que o administrador do site oficial do Freeway teria removido os nomes de parte de sua equipe. Embora destaque que esses usuários são legítimos e realmente contribuíam para as operações do protocolo de staking, ele afirma que os currículos e descrições de cada membro eram “altamente embelezadas”.

Falências se acumulam

O Freeway pode se juntar à uma lista cada vez maior de protocolos cripto que faliram desde o colapso da rede Terra (LUNA) em maio e a chegada do inverno cripto. Entre eles, estão grandes projetos como a Three Arrows Capital (3AC), Celsius e a Voyager Digital.

Na semana passada, o banco de criptomoedas Nuri anunciou que estava se preparando para fechar as suas operações e liquidar as suas posições no mercado. Porém, o projeto foi capaz de estabelecer um prazo para os seus mais de 500 mil usuários sacarem os seus fundos, algo não visto em outras falências.

A comunidade da Celsius, por exemplo, tem buscado alternativas na justiça para recuperar seus fundos, buscando formas de impedir a empresa de conseguir outras fontes de receita. A insolvência do protocolo segue sendo discutida nos tribunais dos EUA.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados