Ver mais

Atrás das grades: Sam Bankman-Fried fala sobre a vida na prisão, FTX e batalhas jurídicas

3 mins
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Sam Bankman-Fried (SBF) fala sobre sua nova vida na prisão e sua luta contra as acusações legais.
  • O ex-CEO compartilha percepções de quando estava atrás das grades e o impacto em sua antiga empresa, a FTX.
  • Separadamente, a FTX entrou com um pedido de atualização do plano de reorganização com um reembolso de até US$ 16,3 bilhões.
  • promo

Sam Bankman-Fried (SBF) compartilhou a dura realidade de sua vida na prisão. O outrora CEO da gigante das criptomoedas FTX falou em uma entrevista.

Em entrevista ao jornalista William D. Cohan, da Puck, SBF discutiu suas lutas diárias e sua resiliência psicológica em meio a batalhas legais.

De criptobilionário a presidiário: a vida de Sam Bankman-Fried no MDC

A queda de Sam Bankman-Fried foi dramática. Ele passou de líder de um império multibilionário para uma cela de prisão federal. Celebrado como um prodígio do setor de tecnologia financeira, ele agora enfrenta uma rotina totalmente diferente.

A entrevista ocorreu em um ambiente totalmente utilitário. Esses ambientes estavam longe de ser os ambientes opulentos que Bankman-Fried conhecia. Ele parecia fisicamente diminuído, mas mentalmente resistente. Entretanto, surpreendentemente, ele aceitou suas novas circunstâncias.

Leia mais: Entenda o colapso da exchange FTX

O cotidiano de SBF, portanto, é ditado pelas rotinas rígidas da vida na prisão. A comida, em grande parte não comestível para suas preferências veganas, força-o a subsistir com arroz e feijão do comissariado – agora uma moeda corrente entre os detentos.

Apesar de sua notoriedade, Bankman-Fried interage cautelosamente com outros prisioneiros. Ele navega pelas complexas hierarquias sociais da prisão com uma mistura de distanciamento e envolvimento sutil.

É interessante notar que Dohan mencionou que o ex-CEO não acredita que tenha cometido nenhum crime.

“Apenas que ele foi o responsável por colocar a FTX em uma posição em que estava vulnerável a uma corrida bancária e às ações desonestas de seus concorrentes, não muito diferente de como o Bear Stearns e o Lehman Brothers faliram em 2008. […] Sam se perguntou: [por que] ele foi processado quando ninguém no Bear ou no Lehman enfrentou um processo criminal? escreveu Dohan.

De acordo com a teoria de Bankman-Fried, ele está na prisão não por misturar os ativos da FTX e da Alameda. Ele se vê como um cara inocente que não conseguiu negociar com os promotores federais. O detento acha, portanto, que os promotores simplesmente lhe apresentaram a acusação e depois lhe disseram para aceitá-la, declarar-se culpado ou ir a julgamento e lutar.

Apesar da gravidade de sua situação, Bankman-Fried mostrou sua antiga perspicácia analítica. Ele discutiu a economia da prisão com indícios de seu antigo espírito empreendedor. A conversa também abordou temas mais obscuros. Bankman-Fried falou mais sobre seu isolamento e a sensação tangível de perigo. No entanto, até o momento, ele permaneceu fisicamente ileso.

Por dentro da batalha jurídica

As batalhas jurídicas futuras são um tema central na vida de Sam Bankman-Fried. Ele está se preparando ativamente para sua apelação. O ex-CEO trabalha em estreita colaboração com sua equipe jurídica para contestar as condenações que levaram à sua longa sentença.

Em 28 de março de 2024, o juiz Lewis Kaplan sentenciou SBF a 25 anos. Kaplan citou os falsos testemunhos de Bankman-Fried e as tentativas de adulteração de testemunhas. Ele também ordenou que o réu fosse para uma prisão de segurança baixa ou média perto de seus pais na Califórnia.

Em um desenvolvimento separado, a FTX e seus devedores associados apresentaram um Plano de Reorganização atualizado. Eles o apresentaram ao Tribunal de Falências dos Estados Unidos em Delaware.

A estratégia mostra que a FTX garantiu de US$ 14,5 a US$ 16,3 bilhões para o pagamento. Esse valor é proveniente da liquidação de diversos ativos, incluindo aqueles controlados por entidades globais envolvidas no processo. A estratégia visa consolidar a posição da FTX e simplificar o processo de reembolso.

No entanto, muitos estão desapontados com o plano atualizado da FTX. Isso se deve à decisão de congelar o valor dos criptoativos dos clientes em novembro de 2022.

Fonte: CoinGecko

Naquela época, o Bitcoin e o mercado cripto mais amplo não estavam em seu melhor momento. Em novembro de 2022, o preço do BTC caiu para US$ 15.742, de acordo com dados do CoinGecko.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados