Ver mais

Robinhood deslistará Cardano, Polygon e Solana em meio à repressão da SEC

2 mins
Por Josh Adams
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Robinhood deslistará três criptomoedas amplamente negociadas.
  • As ações de imposição de alto nível da SEC visando a Binance e a Coinbase continuam a causar tremores na indústria.
  • A agência de Gary Gensler foi longe demais em seu zelo para suprimir o que considera um esquema Ponzi?
  • promo

A plataforma de investimento Robinhood deixará de oferecer suporte às criptomoedas Cardano (ADA), Polygon (MATIC) e Solana (SOL) a partir das 18h50 (EST) em 27 de junho de 2023. A mudança ocorre quando a Securities and Exchange Commission (SEC) intensifica sua repressão sem precedentes aos criptoativos.

Apesar de toda a sua popularidade, a Robinhood não está imune à pressão dos reguladores empenhados em restringir o uso de tokens que consideram títulos não registrados. Esta decisão segue uma revisão recente das criptomoedas oferecidas na plataforma.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Robinhood joga seguro com a SEC

A plataforma oferece negociação sem comissão de ações, opções, ETFs e criptomoedas. A empresa inicialmente se concentrou em investimentos tradicionais. No entanto, Robinhood expandiu seus serviços para incluir a negociação de criptomoedas em 2018.

Os usuários que atualmente possuem ADA, MATIC e SOL podem continuar a comprar, vender e manter essas criptomoedas. Os usuários têm a opção de transferir ADA, MATIC e SOL até 27 de junho, exceto se residirem no Havaí, Nevada ou Nova York.

Após o prazo, qualquer ADA, MATIC e SOL restantes em uma conta Robinhood serão vendidos pelo valor de mercado. A Robonhood creditará o produto das vendas nas contas Robinhood dos traders. Os usuários também têm a opção de enviá-los para outra carteira ou plataforma cripto.

Resposta rápida para evitar um processo

A mudança vem como uma resposta à SEC que designou recentemente uma série de criptoativos como valores mobiliários não registrados.

A plataforma de negociação provavelmente está tentando evitar qualquer escrutínio regulatório da SEC de Gensler. Não é difícil ver por que uma empresa deseja evitar quaisquer complicações.

Nesta semana, a agência anunciou processos contra a Binance e a Coinbase, as duas maiores exchanges de criptomoedas. Ambas enfrentam acusações de violação de várias leis de valores mobiliários.

As exchanges negam qualquer irregularidade. Mas, dado o desempenho de outras ações de execução de alto nível envolvendo empresas como Ripple, elas podem estar mais próximas do começo do que do fim de seus problemas legais.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados