Ver mais

Repressões recentes da SEC provoca saída de institucionais

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • A SEC aumentou suas ações no setor cripto.
  • Relatório da CoinShares apontou preocupação dos institucionais.
  • Mesmo com as saídas a semana acabou com alta geral do mercado.
  • promo

A repressão da SEC sobre as criptos diminuiu as expectativas entre os participantes do mercado institucional. Os produtos de investimento relacionados ao Bitcoin tiveram um fluxo de saída de US$ 32 milhões.

O mais recente relatório da CoinShares, publicado na segunda-feira (20), observa que a repressão regulatória nos EUA freou o ímpeto dos investidores institucionais em aumentar sua participação no mercado de criptomoedas.

Na semana passada, os produtos de investimento em ativos digitais registraram as maiores saídas semanais até agora.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Institucionais receosos com ações da SEC

As saídas ocorrem em meio ao recrudescimento da SEC ao setor de cripto. Nas últimas semanas, o órgão regulador mirou para serviços de staking, custódia de cripto e stablecoins.

Ainda assim o relatório observou que apesar de registrar a maior saída desde o final de dezembro de 2022, o sentimento melhorou no final da semana:

“Os produtos de investimento em ativos digitais registraram saídas totalizando US$ 32 milhões na semana passada, a maior desde o final de dezembro de 2022. No meio da semana passada, as saídas foram muito maiores em US$ 62 milhões, mas o sentimento melhorou na sexta-feira.”

Repressões recentes da SEC provoca saída de institucionais
Fonte: CoinShares

Bitcoin liderou saídas

A CoinShares observou também que a maior parte das saídas foram em produtos relacionados ao Bitcoin. Foram 78% do total de saídas de produtos de investimento relacionados ao Bitcoin. Por outro lado, houve uma entrada de US$ 3,7 milhões em fundos de curto prazo de Bitcoin.

O sentimento negativo institucional permaneceu dividido entre as altcoins. Ethereum, Cosmos, Polygon e Avalanche registraram saídas de US$ 7,2 milhões, US$ 1,6 milhão, US$ 0,8 milhão e US$ 0,5 milhão, respectivamente. Já Aave, Fantom, XRP, BNB e Decentraland registraram entradas entre US$ 0,36 milhão e US$ 0,26 milhão.

Embora a confiança institucional esteja diminuindo frente às ações da SEC, o mercado de criptomoedas testemunhou uma forte recuperação com o Bitcoin (BTC) chegando a US$ 25.000 na semana passada. 

A capitalização total do mercado de criptomoedas somou mais de US$ 100 bilhões, passando de US$ 1,13 trilhão.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados