Ver mais

Relatório prevê oligopólio de exchanges com consolidação do mercado

3 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • As principais exchanges conseguiram aumentar sua participação de mercado para 96%.
  • A mudança é sentida por comerciantes varejistas e profissionais.
  • Principais exchanges estão fazendo aquisições agressivas.
  • promo

As maiores exchanges de criptomoedas alcançaram uma alta histórica em participação de mercado, destacando que o setor de exchanges está se consolidando, diz um relatório.

relatório da CryptoCompare constatou que as principais exchanges conseguiram aumentar sua participação de mercado em 89% em agosto de 2021 para 96% até fevereiro deste ano.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Nos últimos seis meses, essas exchanges de alto nível mantiveram um volume médio de negociação de cerca de 88%.

pesquisa revelou que essa mudança é provocada tanto por comerciantes varejistas, quanto por profissionais que se deslocam para fazerem trocas de menores riscos. Especialmente quando as exchanges de nível inferior podem não ter entidades registradas ou oferecer algum tipo de seguro cripto.

Grandes exchanges oferecem riscos menores

Enquanto isso, exchanges globais como Coinbase, Gemini, Bitstamp e Binance foram consideradas as opções de menor risco com rankings AA no relatório da CryptoCompare.

Ao todo, existem agora apenas 78 exchanges, lideradas por essas quatro gigantes, que arrebataram parte de mercado de exchanges de nível inferior. Eram 87 exchanges em agosto de 2021, de acordo com o CryptoCompare.

O relatório também destacou que, com os padrões de benchmark mais rigorosos, com problemas regulatórios e padrões de segurança mais altos, os menores players têm lutado para permanecer no setor.

Mesmo que o número de exchanges no topo tenha caído, 15 exchanges atingiram o alto limiar do status AA-A. Havia nove dessas exchange em agosto de 2021.

Ajustando-se às agitações legislativas

Há evidências de que as exchanges vêm ajustando seus processos com a mudança do ambiente legislativo. Por exemplo, as registradas agora estão sob o guarda-chuva das leis antilavagem de dinheiro e financiamento contra o terrorismo (AML-CTF).

As autoridades também estabeleceram regras rígidas de Know-Your-Customer (KYC) para serem seguidas.

De fato, as exchanges de nível inferior podem perder volumes de negociação como consequência de uma agitação regulatória. Recentemente, descobriu-se que os volumes de negociação na Índia foram atingidos desde o início de abril, como consequência da nova política de tributação cripto do governo.

A National Payments Corporation of India (NPCI) anunciou que nenhuma plataforma cripto tinha permissão para usar seu mecanismo de pagamento instantâneo.

Portanto, sem surpresas, a CryptoCompare descobriu que, enquanto as exchanges mais bem classificadas negociavam um total de US$ 1,5 trilhão em fevereiro, as de nível inferior negociavam apenas cerca de US$ 62 bilhões naquele mês.

Na China, cerca de 50 plataformas fecharam as lojas desde junho de 2019 após mudanças legislativas. Enquanto empresas mais fracas fecharam, plataformas maiores como a Huobi deixaram a China e se estabeleceram em outros lugares.

M&A agressivo

As principais exchanges de criptomoedas também estabeleceram uma presença importante no mercado de aquisições (M&A) desde agosto de 2021. Grandes nomes como Binance, Gemini e FTX adquiriram concorrentes através de seus risco, ou até mesmo investiram em outras áreas de negócios. E essas plataformas também têm buscado os melhores funcionários para os trabalhos.

Por exemplo, como a Binance estava sendo acompanhada pelas autoridades, viveu uma onda de contratações para preencher suas primeiras posições. A empresa teria nomeado um ex-funcionário da Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido (FCA) como seu diretor global de política regulatória recentemente. Isso foi enquanto a FCA estava apertando seu controle sobre o licenciamento cambial no país.

A CryptoCompare observou que a consolidação de exchanges tem implicações importantes para o futuro da indústria cripto, e pode muito bem mostrar sinais de se mover em direção a um oligopólio.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

dea3cbd41a628f8ce182363ce23a6263.jpg
Shraddha Sharma
Shraddha é um jornalista indiana que trabalhou nos setores comercial e financeiro antes de começar a trabalhar com tudo o que envolve o mundo das criptomoedas. Como entusiasta de investimentos, ela também está muito interessada em entender as criptomoedas do ponto de vista das finanças pessoais.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados