Quem pode rivalizar com a maior exchange cripto? Especialistas opinam

By Harsh Notariya
4 dezembro 2022, 15:00 -03
Traduzido Thiago Barboza
4 dezembro 2022, 15:00 -03
EM RESUMO
  • A Binance representa 75% de todo o volume de câmbio, o que é 8,5 vezes mais que a Coinbase.
  • A equipe BeInCrypto pede a opinião dos especialistas do setor sobre o que pode destronar a Binance.
  • O especialista acredita que as exchanges centralizadas não vão a lugar nenhum.
  • promo

A Binance é a exchange mais dominante em termos de volume de negociação. Alguém pode destronar a Binance? Leia as opiniões dos especialistas.

A Binance foi responsável por mais de 50% do volume negociado tanto no mercado spot quanto nos derivativos antes do colapso da FTX. Mas, tinha um concorrente em rápido crescimento na forma da exchange FTX liderada por Sam Bankman-Fried (SBF).

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto tem um glossário que pode ajudar a responder a suas dúvidas em relação ao mundo cripto!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Após o colapso do império SBF, a participação da Binance no volume geral aumentou. Agora, ela representa 75% de todo o volume de câmbio, quase 8,5 vezes a segunda maior exchange, a Coinbase.com.

Um domínio absoluto no mercado, alguém pode destronar a Binance?

Em um painel de discussão organizado pelo Institute of Directors, o BeInCrypto perguntou exclusivamente aos líderes do setor sua opinião sobre quem poderia destronar a Binance ou o que poderia levar à queda da maior exchange.

As exchanges locais se destacarão devido a preocupações regulatórias com a Binance

Jeff Hancock acredita que há muita arbitragem regulatória ao lidar com a Binance. Ele diz: “Eles não têm escritório em lugar nenhum, você não pode contatá-los além do Twitter. Esse é um problema real não apenas para usuários de varejo, mas para muitas instituições corporativas que desejam negociar com alguém local, que tenha registro local, aprovação regulatória ou uma equipe de conformidade adequada, que tenha um número de telefone em seu site.”

Jeff co-fundou a coinpass.com, uma empresa que visa transformar a linha entre cripto e finanças em uma camada digital contínua. Ele acha que, naturalmente, os players se levantarão para desafiar a Binance, e o mercado poderá ver mais “contrapartes locais se destacando em seus níveis”.

As exchanges descentralizadas vão destronar a Binance?

Filip Srdoc não vê futuro em nenhuma das exchanges centralizadas. Ele é o chefe de desenvolvimento de negócios da Genius Yield, aconselhando e orientando startups com base na Cardano.

Ele explica: “Cripto está aqui para lhe dar liberdade, para ser descentralizada, para não precisar ter coisas centralizadas como bancos ou exchanges centralizadas. Não sei quem pode derrubar a Binance ou se alguém o fará, só não acho que no futuro haverá lugar para nenhuma dessas coisas centralizadas.”

Transparência é a palavra-chave para dominar a indústria cripto

Contrariando a opinião de Jeff, Anatoly Crachilov acredita que as exchanges centralizadas não vão a lugar nenhum. Anatoly tem 27 anos de experiência em gestão de investimentos e private equity. Ele é o co-fundador do fundo de hedge cripto Nickel Digital

Ele compartilha sua opinião:

“Acho que quem pode destronar a Binance é realmente um player que se esforçaria para aderir à transparência, além do que é a norma atual, certo? Essencialmente, você quer Prova de Reservas, aqui está. Você quer Prova de Responsabilidades, é claro. Você quer Prova de Solvência, somos todos a favor. E não é feito anualmente, nem mensalmente, mas talvez a tecnologia permita que você faça essas provas diariamente. Você pode fazer isso praticamente em tempo real e, se isso for feito, o plano de jogo será completamente diferente”.

Binance pode perder seu domínio se não evoluir

Torsten Dueing diz que não pode dar 100 anos de domínio a nenhuma empresa. O chefe de plataformas ETC da HANetf diz:

“Nos anos 90, éramos como se sempre tivéssemos um telefone Nokia, e a Apple estava lutando para sobreviver. Olhe para isso agora, ninguém usa um Nokia.

Além disso, cripto é uma indústria de aproximadamente uma década. À medida que a indústria evolui, muitos novos players podem chegar ao primeiro lugar.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.