Ver mais

Proibição cripto na Argentina ajuda candidato presidencial pró-Bitcoin

4 mins
Por Bary Rahma
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • A política argentina vê uma mudança radical com o candidato presidencial pró-Bitcoin, Javier Milei, subindo nas pesquisas em meio ao caos econômico e ao banimento das criptomoedas.
  • A retórica anti-establishment e as políticas reformistas de Milei ressoam entre os eleitores mais jovens, moldando um novo discurso político na Argentina.
  • A proibição de cripto do Banco Central afeta provedores de serviços de pagamento e investidores, preparando o terreno para no futuro cripto do país.
  • promo

Enquanto a Argentina enfrenta turbulências econômicas e uma recente proibição de criptomoedas, o novo candidato a presidencia pró-Bitcoin, Javier Milei, ganha força nas pesquisas.

A postura de Milei pró Bitcoin e as políticas radicais contrastam fortemente com o cenário político tradicional, tornando as próximas eleições um foco de antecipação.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

Agitação na política alimenta mudanças radicais

A política argentina não estranha eventos tumultuados. E este ano promete ser particularmente fascinante, já que os argentinos se preparam para votar em um novo governo em outubro.

Horacio Rodríguez Larreta, economista e prefeito de Buenos Aires, era visto como o favorito contra o atual governo peronista.

No entanto, a taxa de inflação anual incapacitante da Argentina de 104%, a mais alta em 31 anos, a queda do valor do peso não oficial do mercado negro e uma seca severa que afeta grandes áreas rurais catalisaram a demanda dos cidadãos por uma mudança drástica de paradigma .

Proibição cripto na Argentina ajuda candidato presidencial pró-Bitcoin
NaTaxa de Inflação Argentina. Fonte: Statista

Dentro da coligação de oposição centro-direita, “Juntos pela Mudança”, Patricia Bullrich, uma ex-ministra de segurança assertiva, surge como uma potencial candidata a Larreta. No entanto, o turbilhão econômico atual parece favorecer Javier Milei, um economista libertário e congressista.

Embora as pesquisas argentinas sejam notoriamente inconsistentes, Milei, um político de 52 anos, lidera algumas pesquisas como o político individual mais popular antes das primárias de agosto. Notavelmente, seu apoio é particularmente forte entre os homens com menos de 30 anos.

Figura marcante na política

Milei é uma personagem intrigante, mesmo para os padrões argentinos. Um solteiro que divide sua casa com cinco cães mastim (categoria que engloba raças de porte grande a gigante), cada um com o nome de economistas famosos. Ele também tira onda ao distribuir seu salário de congressista através de rifas no YouTube.

Católico declarado, Milei mencionou uma possível conversão ao judaísmo. Sua irmã administra sua campanha, e um rabino está entre seus confidentes mais próximos.

A retórica anti-establishment de Milei ressoa com os eleitores descontentes. Sua campanha presidencial, “Freedom Advances”, envolve sua personalidade. Martín Tetaz, membro de centro-direita da Câmara dos Deputados, diz:

“Milei é uma celebridade”. De fato, ele participa regularmente de programas de entrevistas e suas tiradas nas redes sociais contra a “casta política” encontraram um público receptivo.

As políticas que Milei vislumbra são nada menos que radicais. Ele votou contra o acordo do governo com o FMI , que refinanciou um empréstimo de US$ 44 bilhões, inicialmente contraído em 2018. Esse acordo exige que a Argentina reduza seu déficit fiscal de 2,3% em 2022 para 1,9% do PIB até o final deste ano.

Em entrevista ao The Economist , Milei chamou essas condições de “incrivelmente frouxas”. Em seu primeiro ano no cargo, ele prevê cortes drásticos nos gastos públicos, cortando os gastos do governo em 10% do PIB. Ele é resoluto em sua recusa em aumentar os impostos e planeja derrubar o peso em favor do dólar americano.

Proibição cripto na Argentina ajuda candidato presidencial pró-Bitcoin
Pesquisas de candidatos presidenciais da Argentina. Fonte: Statista

Apesar dessas políticas radicais, a popularidade de Milei está crescendo, especialmente em um país onde o populismo de esquerda reinou supremo por décadas. Suas propostas controversas, como a proibição do aborto, a introdução de leis mais brandas sobre armas ou a legalização do mercado de órgãos humanos, levantaram muitas sobrancelhas.

No entanto, Milei continua confiante:

“As pessoas gostam de mim porque sou o único que fala as coisas direito. Alguns me chamam de louco, mas o cara maluco está certo sobre as coisas. A Argentina voltará a ser liberal”.

Fator Milei no cenário cripto da Argentina

Os provedores de serviços de pagamento que oferecem contas de pagamento (PSPCPs) não podem mais conduzir ou facilitar transações envolvendo ativos digitais, incluindo criptomoedas. Devem ser regulamentados pela autoridade nacional e autorizados pelo Banco Central da República Argentina (BCRA).

O BC do país impede que os PSPCP realizem estas transações de forma autônoma ou as iniciem através das suas aplicações ou plataformas web. Os indivíduos interessados ​​em tais transações agora terão que realizá-las de forma independente.

À luz do que pode ser descrito como a proibição cripto da Argentina, a posição do candidato presidencial pró-Bitcoin Milei parece impulsionar sua popularidade nas pesquisas.

À medida que o cenário cripto evolui sob regulamentações rigorosas, as propostas radicais de Milei e a retórica anti-establishment fornecem alguma esperança . Não apenas para entusiastas de criptomoedas, mas também para potenciais investidores na Argentina.

Ainda não se sabe se essa mudança será suficiente para garantir sua vitória nas próximas eleições. Ainda assim, uma coisa está clara. Milei virou a maré na política argentina, e sua ascensão marca uma mudança notável no discurso político do país.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados