Ver mais

SEC pode multar Ripple Labs em US$ 2 bilhões

1 min
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • SEC pode aplicar multa de US$ 2 bilhões da Ripple Labs por vendas não registradas de XRP desde 2013.
  • Ripple é acusada de trocar XRP por benefícios não monetários, violando leis federais.
  • O caso destaca a análise regulatória e o possível impacto no espaço de ativos digitais.
  • promo

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) pode aplicar uma multa pesada de US$ 2 bilhões contra a Ripple Labs.

Isso porque em 2013, a Ripple iniciou supostamente a captação de recursos por meio da venda de XRP sem o devido registro.

Leia mais: As 10 criptomoedas mais baratas para investir em março de 2024

SEC exige US$ 2 bilhões em penalidades da Ripple Labs

O regulador americano diz que a Ripple levantou fundos por meio de ofertas de títulos não registrados nos EUA e em todo o mundo.

Segundo alegações da SEC, a empresa distribuiu bilhões de XRP em troca de benefícios não financeiros, como mão de obra e serviços de marketing. Essa abordagem controversa de financiamento colocou a Ripple sob os holofotes da regulamentação.

Além da gravidade da situação, os executivos da Ripple, incluindo as figuras notáveis como Larsen e Garlinghouse, são acusados de lucrar pessoalmente cerca de US$ 600 milhões com vendas não registradas de XRP.

As ações da SEC refletem o ambiente regulatório rigoroso que rege as criptomoedas e o compromisso da agência com a aplicação das leis de valores mobiliários existentes.

Esta é uma história em desenvolvimento…

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados