‘Precisamos de centenas de anos para chegar lá’, diz Fernando Ulrich sobre ápice do Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Fernando Ulrich foi a grande atração do Mundo Cripto, evento organizado e transmitido pela exchange Bitso.

  • Além de Ulrich, participaram do evento o CEO e cofundador, entre outros executivos da companhia.

  • Segundo Ulrich, o Bitcoin pode levar até mesmo centenas de anos para alcançar o status do ouro como ativo de reserva de valor.

  • promo

    Deposite 100€ e Negocie 100€, Nada Menos! Negocie CFDs de Cripto Com Zero Comissões na Libertex Negocie agora

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O autor e educador financeiro Fernando Ulrich teceu comentários sobre o Bitcoin em evento na noite da última quinta-feira (26). Entusiasta do BTC, ele sugeriu que, apesar da valorização recente, ainda acredita que a criptomoeda poderá demorar séculos até chegar ao seu ápice, alcançando o ouro em termos de valor de mercado.

Fernando Ulrich foi a grande atração do Mundo Cripto, evento organizado pela Bitso e transmitido em live no canal da exchange no Youtube, na noite de quinta-feira (26). Entre explicações sobre conceitos da criptomoeda, o especialista comentou sobre a perspectiva de longuíssimo prazo de apreciação do BTC.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Para Ulrich, o Bitcoin é candidato a se tornar um ouro digital, mas reforçou que o caminho a percorrer é longo.

“O Bitcoin ainda não alcançou o posto de um ativo realmente consolidado, estável e que vai manter o seu valor ao longo do tempo. Tem potencial, mas eu diria que é um candidato ao ouro digital. Precisamos de talvez umas centenas de anos para chegar lá”.

Ulrich, autor do livro “Bitcoin – A moeda na era digital”, é conhecido no mercado brasileiro por ser um dos entusiastas da criptomoeda mais conhecidos do país graças ao seu trabalho no YouTube e demais redes sociais, onde coleciona mais de 300 mil seguidores.

Durante o evento, ele respondeu a algumas perguntas e deu explicações básicas sobre diversos assuntos relacionados a este mercado, como a origem e definição das criptomoedas, dicas para construir um portfólio com criptoativos, além de mineração e carteiras digitais.

Volatilidade do Bitcoin

O especialista ainda comentou sobre a alta volatilidade existente no Bitcoin e demais moedas digitais, afirmando que novos usuários precisam estar atentos e preparados para fortes oscilações de preço:

“Pode esperar uma apreciação? Pode, mas saiba que esse caminho não vai ser uma linha reta tranquila. No meio desse trajeto, pode ter umas oscilações bruscas”.

No entanto, ele comentou que cada vez mais pessoas estão enxergando, em especial o Bitcoin, como um ativo que pode gerar boa proteção de capital ao longo do tempo, mesmo em períodos de crise no mercado tradicional.

Após destacar que o Bitcoin ainda pode ter um longo caminho até chegar ao status do ouro, maior ativo de reserva de valor do mundo atualmente, Ulrich fez questão de comentar também sobre a segurança garantida pela blockchain do Bitcoin. Segundo ele, “em mais de 12 anos de operação, funcionando todos os dias, jamais houve nenhum caso de desvio de fundos ou hack”.

Regulamentação do mercado no Brasil

Daniel Vogel, CEO da Bitso, aproveitou o evento para comentar sobre o ambiente regulatório do mercado cripto brasileiro. O executivo afirmou que os órgãos reguladores do país estão caminhando para proporcionar uma boa estrutura para o crescimento deste setor.

“As pessoas estão cada vez mais adeptas ou dispostas a adaptar serviços financeiros digitais e também vemos iniciativas muito boas dos órgãos reguladores. Isso é algo muito especial e, quando se junta tudo, você tem um grande mercado com pessoas que são nativas digitais e tem bom financiamento, bons talentos, e regulamentação”.

Apesar de já contar com algumas instruções e normativas criadas pela Receita Federal e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as criptomoedas ainda não possuem uma ampla estrutura regulatória no Brasil.

Nesse sentido, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, comentou recentemente como uma possível regulamentação do mercado cripto seria determinada.

Além disso, o deputado federal Áureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), autor de um projeto de lei que visa regulamentar as criptomoedas, afirmou que a sua proposta seria aprovada em plenário ainda neste ano.

Evento

A Bitso, que chegou ao mercado cripto brasileiro no fim de 2020, propôs o evento como forma de simplificar o mercado cripto para novos usuários, incentivando-os a conhecer os serviços da exchange.

Com parceria de mídia do BeInCrypto, o evento Mundo Cripto teve, além de Ulrich, a participação do CEO e cofundador da Bitso, Daniel Vogel, a Head Legal, Bárbara Espir, o líder em estudos de criptomoedas, Abraham Cobos, e a Diretora de Marketing da exchange, Patrícia Carvalho.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, ele participou de projetos relacionados a trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados a criptomoedas. Formando em Administração, está cursando pós graduação em Investimentos e Blockchain pela EA Banking School.

SEGUIR O AUTOR

Negocie CFDs de Cripto com Zero Taxas de Comissão.      

Comece Hoje!

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install