NFT.Rio: Arariboia pode ser tokenizada, diz prefeito de Niterói

Atualizado por Aline Fernandes
EM RESUMO
  • Axel Grael diz que vê com bons olhos ecossistema cripto, mas é preciso estudar transição.
  • Moeda Social de Niterói, Arariboia movimentou mais de R$ 50 milhões em cinco meses.
  • Niterói está entre as 10 melhores cidades no Ranking de Smart Cities.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Axel Grael, prefeito de Niterói participou das conversas sobre Cidades Inteligente durante o NFT.Rio, que terminou no domingo (4) no Rio de Janeiro.

Durante o bate-papo, Grael contou que o município com mais de meio milhão de habitantes já trabalha com o conceito de Cidades Inteligentes desde 2013, quando ainda era vice-prefeito.

Painel Cidades Inteligentes, da esq. para dir. Douglas Miranda, de Niterói, Bob Burnquist, skatista profissional
e Axel Grael, prefeito de Niterói.

Atualmente Niterói está as dez maiores cidades inteligentes do país, medido pelo Ranking Connected Smart Cities 2021 que analisou 677 municípios brasileiros. A cidade que é amiga das startups, controla a criminalidade e o trânsito com recursos tecnológicos, criou durante a pandemia a moeda-social Arariboia

“Já existiam outros programas sociais na cidade e crise gerada pela pandemia as pessoas perderam as fontes de renda, foi quando nasceu o programa de renda básica temporária ajudando 50 mil famílias que recebiam através de um cartão R$ 500 para compra de alimentos e medicamentos até o final do ano passado , quando pensamos no período pós pandemia . Aí nasceu o conceito da Araribóia” explica Axel

Axel Grael com o cartão do benefício Arariboia. imagem: prefeitura de Niterói.

No último dia 20 completou a Moeda Social da prefeitura de Niterói completou cinco meses com mais de R$ 50 milhões em vendas em Arariboia, injetados diretamente na economia da cidade.

Criada em novembro de 2021 e lançado em janeiro seguinte com um investimento anual de
R$ 135 milhões, o programa de transferência de renda permanente está perto de chegar à marca das 700.000 transações realizadas nesses cinco meses de circulação nos comércios de Niterói.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

 A moeda social é uma aposta do governo municipal na retomada econômica e no auxílio da população em vulnerabilidade social que pode ser tokenizada,  segundo o prefeito.

“Os números provam que a Moeda Arariboia cumpre importante papel no sustento das famílias niteroienses que mais precisam e no apoio a milhares de empresas e pequenos empreendedores, garantindo emprego e renda, sobretudo nas regiões mais vulneráveis da nossa cidade. Uma política pública consistente, que gera resultado para quem recebe o cartão e para o comerciante que atua dentro das comunidades”, destaca o prefeito.

A Moeda Social nasceu com a ideia de combater as desigualdades sociais, fomentar o desenvolvimento econômico e social das comunidades e estabelecer meios para atingir a erradicação da pobreza e a geração de emprego e renda para as camadas mais carentes do município.

Sobre a possibilidade de inserir a moeda no ecossistema cripto e Niterói sair na frente como o primeiro município brasileiro a ter uma stablecoin pareada ao Real, Grael explica:

“Nós estamos aqui na NFT.Rio dialogando com esse mundo cripto e como ainda estamos em fase de implantação da Arariboia, precisamos estudar a melhor forma de fazer essa transição para o cripto, incluindo educar nosso público, entender melhor as vantagens, principalmente  para o usuário. Como podemos oferecer mais vantagens para preparar essa transição de maneira segura”.

O prefeito também vislumbra “a grande potencialidade dos criptoativos” e diz que além da Araribóia “outras iniciativas desenvolvidas no município também têm potencial para usar as ferramentas cripto.

O prefeito de Niterói também vê com bons olhos a iniciativa do colega carioca, Eduardo Paes em querer transformar a cidade do Rio de Janeiro amiga das criptomoedas, incluindo o recebimento de impostos como IPTU a partir de 2023.

“Eu conversei com prefeito Eduardo Paes sobre e acho que é uma boa iniciativa, mas a gente precisa ter segurança (regulamentação), ter os tribunais de contas, instâncias de controle que precisam reconhecer esse novo ecossistema para não haver dificuldades”.

Axel conclui dizendo que pretende sim agregar iniciativas cripto na cidade litorânea não apenas com a Arariboia, mas em outros programas, incluindo universidades e o desenvolvimento de políticas públicas.

Elton Teixeira, secretário de Assistência Social e Economia Solidária, reforça que o programa ajuda muitas famílias e alavanca os comércios comunitários.

“O programa beneficia 31 mil famílias em vulnerabilidade social de Niterói todos os meses. E ajuda no desenvolvimento do comércio local, principalmente dentro das comunidades. A Moeda Social Arariboia já tem servido de inspiração para outros municípios”, analisa o secretário.

Como funciona a moeda social Arariboia

A Arariboia foi lançada em novembro de 2021 e teve seu primeiro crédito em janeiro seguinte, quando foi implementada.

O programa beneficia famílias que estão cadastradas no CadÚnico e que fazem parte do recorte de renda que as classifica como em situação de vulnerabilidade ou extrema vulnerabilidade.

O valor recebido varia conforme o número de membros da família. O valor inicial, para o primeiro membro, é de R$ 250. A partir daí, cada um recebe R$ 90 até mais cinco pessoas, totalizando 6 integrantes de uma mesma família, com valor máximo de R$ 700, para famílias com seis membros.

Taxa de conversão é transformada em microcrédito

Não existem taxas quando os usuários fazem qualquer tipo de compra com o cartão, no entanto quando a moeda Arariboia é convertida e trocada por Real é cobrada uma tarifa de 1% destinada a um fundo com a finalidade de oferecer microcrédito para os próprios beneficiados .

Taxistas de Niterói querem receber em Arariboia

Axel Grael também adiantou durante o NFT.Rio que foi procurado no final da semana de 30 de junho pela associação dos taxistas de Niterói, que fez um pedido para que os motoristas possam receber os valores da corridas também em Arariboia.

A Arariboia é a moeda alternativa para realização de transações econômicas sem utilização ou conversão por dinheiro com o objetivo de fazer girar e desenvolver a economia local. A prefeitura também deixa dados abertos a disposição de todos que queiram usar e criar apps que beneficiem a cidade !

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.