Ver mais

NFT lidera lista de maiores influenciadores da arte em 2021

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O termo token NFT ficou em primeiro lugar na lista de maiores influenciadores mundiais da arte de 2021, feita pela ArtReview.  
  • Pela primeira vez uma entidade não humana ocupa essa posição.
  • NFT já havia sido eleito a "Palavra do Ano" pelo Dicionário Coliins.
  • promo

O termo NFT ficou em primeiro lugar na lista de maiores influenciadores mundiais da arte de 2021, feita pela ArtReview.

A ArtReview divulgou a lista do 20th Power 100, que classifica as maiores influências e promotores do mundo da arte. O fato do termo token não fungível (NFT) liderar o ranking de 2021 é visto como um marco histórico, pois é a primeira vez que uma entidade não humana ocupa essa posição.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

A tecnologia NFT aparece como principal destaque, segundo a ArtReview, por conseguir reunir a arte contemporânea e a cultura milenar de memes em ativos únicos. Além disso, foram destacados as facilidades oferecidas tanto para colecionadores como para os artistas em negociar suas obras neste formato.

“Mas o princípio mais amplo por trás dos NFTs é talvez mais importante – a ideia de ativos digitais e colecionáveis ​​virtuais são uma perspectiva sedutora para artistas que fazem arte em uma cultura cada vez mais online e virtual, e não irá desaparecer tão cedo.”

2021: o ano dos NFTs

Este não é o primeiro prêmio de destaque que o termo NFT ganha em 2021. Na semana passada, o Dicionário Coliins já havia elegido a tecnologia como “Palavra do Ano”. As premiações não vieram a toa. Em novembro, pesquisas relacionadas a tokens não fungíveis bateram recorde no Google.

Inicialmente, NFTs ganharam popularidade à medida que as criptomoedas ganhavam maior destaque devido a suas altas valorizações. Conforme destacado pela ArtReview, isso causou uma “especulação febril” neste mercado, fazendo com que diversas obras passassem a ser negociadas por milhões de dólares.

Devido aos altos valores vistos nos leilões desses ativos, cada vez mais artistas, celebridades, músicos, atletas e marcas famosas começaram a lançar suas coleções neste formato, fazendo com que bilhões de dólares passassem a ser movimentados nesses ativos.

Somente a OpenSea, maior marketplace desses ativos na atualidade, registrou um volume de vendas acima dos US$ 10 bilhões neste ano.

Muito além da indústria da arte

Inicialmente, o foco do NFT no mercado da arte estava em oferecer uma nova forma de artistas e colecionadores conseguirem vender ou adquirir novas obras. No entanto, a tecnologia tem se expandido cada vez mais, impactando como empresas oferecem seus produtos.

Como exemplo, pode-se listar uma startup especializada em bebidas de luxo, que oferece a opção de compra de um NFT que representa a garrafa, oferecendo mais segurança e liberdade de negociação para os colecionadores dessas bebidas.

Outro mercado que foi amplamente impactado pela tecnologia é o de jogos, com diversos games jogue-e-ganhe utilizando esses ativos como forma de recompensa. O Axie Infinity, maior exemplo de sucesso dessa modalidade, chegou a liderar o ranking de negociações de NFTs.

Com tamanho sucesso, grandes programas e redes sociais como o Adobe, Twitter e TikTok também passaram a explorar alternativas envolvendo essa tecnologia. Por fim, tokens não fungíveis estão conseguindo criar novos produtos relacionados a esportes, além de impactar o setor de finanças descentralizadas (DeFi).

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados