Ver mais

‘Não jogue o bebê cripto fora com a água do banho’, diz ex-chefe de banco

2 mins
Por Nicholas Pongratz
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • O ex-executivo-chefe do Barclays, Bob Diamond, acredita que as moedas digitais desempenharão um papel significativo nas finanças.
  • Ele destacou as stablecoins, relatando que seus colegas acreditam que um dólar digital é inevitável.
  • A Diamond's Atlas Merchant investiu na Circle, emissora do USDC, que não conseguiu abrir o capital no ano passado.
  • promo

O ex-executivo-chefe do banco Barclays, Bob Diamond, disse que as moedas digitais têm um papel importante a desempenhar nas finanças, especialmente as stablecoins.

Diamond acredita que “haverá muitas coisas boas” que persistirão apesar da crise do ano passado. “Não acho que, como indústria, vamos jogar fora o bebê junto com a água do banho”, disse ele.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Embora os escândalos e a turbulência do mercado possam ter inflamado o ceticismo em relação às criptomoedas, Diamond está confiante em seu futuro papel nas finanças. “Na minha opinião, existe um lugar para uma moeda digital, um lugar muito importante”, disse Diamond.

Comentando sobre a amplitude do termo “cripto”, Diamond disse que os setores da indústria “sem dúvidas” demonstraram seu valor. Ele destacou stablecoins e equivalentes de moeda semelhantes baseados em blockchain, como moedas digitais do banco central. “Não consigo pensar em ninguém que não acredite que no futuro uma versão digital do dólar para uso institucional e corporativo não acontecerá e será muito mais eficiente”, disse Diamond.

Listagem Pública da Circle

Diamond derivou sua confiança no papel futuro das stablecoins de sua experiência no ano passado. O ex-chefe do Barclays agora lidera o grupo de private equity Atlas Merchant, que investiu na empresa de criptomoedas Circle. No entanto, no final do ano passado, a Atlas cancelou seus planos de abrir o capital da emissora da stablecoin USDC.

Anunciado originalmente em julho de 2021, a Circle pretendia abrir o capital por meio de uma empresa de aquisição de propósito especial. Ela decidiu adiar a transação em um esforço para levantar mais do que os US$ 715 milhões iniciais, estabelecendo um prazo de 10 de dezembro. No entanto, até 5 de dezembro, a Securities and Exchange Commission (SEC) ainda não havia declarado o arquivamento efetivo, levando a decisão de cancelar o negócio.

Expulsão do Barclays

Diamond é um dos financiadores tradicionais mais proeminentes que se envolveu no espaço cripto. No entanto, sua decisão pode ter sido auxiliada por sua queda em desgraça, quando renunciou ao cargo de presidente-executivo do Barclays em 2012.

A Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido descobriu que os operadores empregados pelo banco haviam manipulado as principais métricas de taxa de juros mal interpretadas. O regulamento financeiro multou o banco em um total recorde de £ 290 milhões por “violações graves e generalizadas das regras da cidade relacionadas às taxas Libor e Euribor”.

Embora inicialmente resistente, Diamond acabou sendo forçado a renunciar, após isso ele fundou a Atlas Merchant.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados