Ver mais

‘MTV da GenZ’: Woohoo, canal focado em e-sports e Web3, inova programação

4 mins
Atualizado por Aline Fernandes

Com faturamento global de US$ 196,8 bi, a indústria de games já supera a de cinema e música em juntas. E as projeções são ainda mais animadoras. Conforme dados da consultoria PwC, a expectativa é que o setor alcance um faturamento global de US$ 321 bilhões de dólares até 2026. A Woohoo quer aproveitar.

Só no Brasil, o negócio de games movimenta R$ 12 bilhões ao ano. E um terço da população mundial está inserida nesse universo e interessada em compra de acessórios virtuais.

O canal de TV Woohoo está de olho nesse mercado. O Woohoo é focado em cultura jovem, esportes radicais, entretenimento, música, arte e conteúdo lifestyle anunciou a nova grade de programação.

Agora, 40% do conteúdo do canal será voltado para e-sports, 20% para Web3 e terceiro setor, 20% para geração Z e os outros 20% será para o Woohoo action. Este último, voltado para o surf, skate e outros esportes radicais.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

Todo esse conteúdo estará disponível no mês de julho. Será uma espécie de MTV da Web3. O modelo de negócios foi inspirado na MTV dos anos 1980 e 1990.

'MTV da GenZ': Woohoo, canal focado em e-sports e Web3, inova programação
imagem: Canal Woohoo

Como o Woohoo chegou à Web3

O presidente do conselho da Brickto S/A e sócio do canal Woohoo, Marcos Gueibel, conversou com o BeInCrypto sobre a nova fase na Blockchain SP.

A Brickto S/A é uma Holding de Participações que investe em negócios robustos e inovadores nos setores de tecnologia, Real Estate e Energia. Gueibel é uma das mentes por trás da iniciativa e explica que também trabalha com incorporação imobiliária loteamentos no Paraná.

“Em breve devemos lançar um token imobiliário com a chancela da CVM”, conta Gueibel.

Além de tokenizar o setor imobiliário, o foco agora é popularizar a Web3 de forma didática e acessível. E nada melhor do que um canal de TV focado em no ecossistema, principalmente o de games.

“Começamos a tracionar muitos projetos em Web3, naturalmente nos aproximamos do público gamer e com isso veio a proposta do nosso CEO Enrique Umhof.”

Umholf foi o responsável por criar o projeto gamer no final de 2021 e o novo modelo de negócios para o Woohoo. Em setembro do ano passado, a Brickto Games assumiu a operação do novo Woohoo. A partir daí, a coisa decolou.

Com um legado consolidado, estrutura completa de estúdios no Rio de Janeiro e Campinas, a história do canal começa em 1979 com Ricardo Bocão e Antônio Ricardo. Em 2006 estreou o bloco do Woohoo no canal aberto CNT.

A escolha da cidade de Campinas foi estratégica por estar perto de São Paulo, centros acadêmicos como a Unicamp, além dos incentivos fiscais e tributários.

“Estamos criando em nosso escritório em Campinas um ambiente inspirador focado em tecnologia, inclusive na decoração com neon para todos os lados.”, explica Marcos.

O executivo também fala sobre a parceria com Antônio Ricardo.

“Separamos agora em Woohoo action e Woohoo games. Ricardo continua como nosso executivo, vai para o Havaí cobrir campeonatos. Ele é um cara sensacional e continua à frente do Action.”

Plataforma vai criar DEX brasileira

Além da DEX que deve ser usada para as operações web3 do Canal, parcerias com influenciadores de peso também estão sendo fechadas para apresentação de programas para gamers com dicas de jogos.

“Estamos desenvolvendo uma DEX brasileira, um marketplace de NFTs e plataformas próprias”, adiantou Marcos ao BeIncrypto.

Woohoo terá Reality Show cripto

Entre setembro e outubro, o canal vai estrear uma espécie de Reality Cripto, onde projetos Web3 serão apresentados e julgados por um corpo técnico.

Um token deve ser criado na DEX também para premiar os projetos, entre outras ações.

Notícias sobre criptomoedas e mistério

Marcos adianta que um dos novos programas será de notícias sobre criptomoedas, com um apresentador que é uma “personalidade do meio cripto”. Mas, ao ser perguntado sobre quem seria o apresentado, o executivo e sua equipe adotaram tom de mistério.

Além do giro a nova grade segue com as transmissões ao vivo de campeonatos de games e dicas de jogos.

“Hoje o game é o novo pop”, diz o CEO do Woohoo, Enrique Umhof.

Foco em educação

A educação na Web3 também é um dos focos da nova grade do canal.

Para Marcos, essa transformação é uma espécie de continuidade da essência da emissora, que nasceu com a ideia de levar conteúdo de esportes radicais ao público jovem. Ele deixa claro o seu apoio à popularização e profissionalização de diversos esportes, assim como com os games. Agregando assim novas oportunidades para essa comunidade.

Ser um espaço para comunidade gamer é nosso propósito, abrir mais janelas e portas de oportunidades para creators, influencers e produtores de conteúdo independente do Brasil.

Enrique Umhof também demonstra grade apoio à comunidade gamer. “Contem conosco! Que essa nova fase do Woohoo seja um convite à toda a comunidade gamer para contribuir e ter seu espaço”, conclui o CEO do canal.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados