Ver mais

Moeda Semente lança galeria NFT para ativos verdes

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A brasileira Moeda Semente criou uma carteira de NFT exclusiva para ativos verdes em homenagem ao dia da Amazônia.
  • A fintech lançou uma coleção de tokens lastreados na produção de açaí.
  • Ela é uma das empresas cripto brasileiras dedicadas à sustentabilidade.
  • promo

A fintech brasileira Moeda Semente vai lançar uma galeria NFT própria para ativos verdes.

O recurso foi desenvolvido com a 3Agro e faz parte do MoedaPay, uma carteira digital que suporta todos os projetos do ecossistema da empresa, que são baseados em blockchain com impacto social e ambiental.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

A galeria permite o armazenamento exclusivo de NFTs verdes e foi criada em homenagem ao dia da Amazônia. Estes NFTs costumam ser do sistema MDAGREEN, uma série de tokens não-fungíveis composta por 300 ativos, cada um representando um hectare de plantação de açaí.

Os tokens podem ser comprados por US$ 100 na plataforma da 3agro e sua posse garante o direito exclusivo à remuneração a partir da venda de açaí.

A Moeda Semente também atua no setor de DeFi com o Moeda.Finance, um projeto criado para impulsionar a missão da fintech de ajudar pessoas a entrarem no mundo de microcrédito e impusionar empreendedores.

A CEO da Moeda Semente, Taynaah Reis, acredita que é importante tokenizar ativos florestais:

“O NFT nos permite obter um incentivo econômico para neutralizar a pegada de carbono, indo muito além de apenas plantar árvores e regenerar florestas. Essa solução gera mais valor ao investimento feito em empreendedores na floresta amazônica e ajuda comunidades locais a crescerem e adotarem práticas mais sustentáveis que focam no planejamento de longo prazo”.

Brasil, blockchain e sustentabilidade

A Moeda Semente não é a única plataforma brasileira a investir em sustentabilidade. Outro projeto criado no país, a MOSS, é responsável pela criação do token MCO2, que equivale a um crédito de carbono e pode ser usado por empresas para compensar suas emissões.

O token da fintech já foi usado por projetos de blockchain internacionais para cobrir suas emissões. A MOSS também firmou parcerias com a Gol para lançar o primeiro voo com carbono neutro do país e com a Hering para compensar suas emissões anuais.

A empresa é uma das patrocinadoras do Flamengo – que lançou seu próprio fan token na última semana – e estuda um projeto com o time para criar ações digitais e promover o MCO2.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados