Ver mais

Metaverso de lado? Meta forma equipe de IA para rivalizar com o ChatGPT

2 mins
Por Rahul N.
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Meta está trabalhando em seu próprio chatbot com inteligência artificial.
  • A revelação ocorre quando a indústria de tecnologia está voltada para chatbots, no que está se tornando uma corrida entre as principais empresas do setor.
  • A Meta está desviando sua atenção do metaverso, pois se concentra na 'eficiência' em 2023.
  • promo

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, revelou que a empresa trabalharia em um novo chatbot com inteligência artificial. Outras empresas de tecnologia estão fazendo o mesmo, impulsionadas pelo sucesso do ChatGPT da OpenAI.

O executivo revelou que a gigante da tecnologia dedicará recursos para criar seu próprio chatbot. O anúncio ocorre em um momento em que o chatbot ChatGPT da OpenAI conquistou o mundo. Provocando, portanto, uma espécie de corrida no setor da tecnologia. A Microsoft já começou a integrar o ChatGPT em seus produtos, incluindo o navegador Bing.

Zuckerberg anunciou o esforço por meio de uma postagem no Facebook feita na segunda-feira (27). Entretanto, ele mostrou pouco em termos de informações específicas, apenas que o foco incluiria personas de IA:

“Estamos criando um novo grupo de produtos de alto nível na Meta focado em IA generativa para turbinar nosso trabalho nessa área. Temos muito trabalho fundamental a fazer antes de chegar às experiências realmente futurísticas, mas estou animado com todas as coisas novas que construiremos ao longo do caminho. Vamos nos concentrar no desenvolvimento de personas de IA que podem ajudar as pessoas de várias maneiras”.

Dessa forma, a Meta agora se junta a uma lista de outras empresas que fazem o mesmo. Além do ChatGPT e da Microsoft, o Google também lançou seu próprio bot chamado Bard. O Snapchat também revelou seus próprios planos de chatbot na segunda-feira, que será alimentado pelo ChatGPT.

Rivais do ChatGPT

A mania do ChatGPT tomou conta do mundo e capturou a imaginação dos usuários. A comunidade demonstrou entusiasmo pelo serviço, desde a criação de romances até a resolução de problemas de codificação.

Isso fez com que muitas empresas de tecnologia lançassem seu próprio chatbot com inteligência artificial, o que poderia desafiar a supremacia do Google na Internet por enquanto. Tanto Elon Musk quanto a Tencent anunciaram suas próprias intenções. Musk supostamente abordou pesquisadores de IA recentemente com o objetivo de criar um novo laboratório de pesquisa.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Metaverso em segundo plano

A Meta mudou constantemente seu foco de mídia social para o metaverso nos últimos 18 meses. No entanto, pagou o preço por essa mudança, acumulando vários resultados trimestrais decepcionantes. Agora, parece ter voltado sua atenção para a IA para manter as receitas e os resultados nos trilhos.

Enfim, 2023 é um “ano de eficiência” para a Meta, que alguns interpretaram como um ano de demissões. A indústria de tecnologia está passando por um momento difícil, mas talvez a Meta possa voltar ao seu caminho do sucesso através da IA.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados