Meme coins em crise? Criador da SHIB some do Twitter e fundador da DOGE deseja fim do mundo cripto

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • 2022 não tem sido um bom ano para as meme coins.
  • O perfil do criador da Shiba Inu apagou todas as suas postagens no Twitter e no Medium.
  • Cofundador da DOGE deseja que o mercado de criptomoedas chegue ao fim.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Acontecimentos recentes geraram ainda mais preocupação nas comunidades da Shiba Inu (SHIB) e DogeCoin (DOGE), as duas maiores meme coins do mercado, que já acumulam grandes quedas no ano.

2022 parece não ser o ano das meme coins, nome dado para definir as criptomoedas inspiradas em meme. Após um crescimento estratosférico em 2021, que foi impulsionado muito em conta do apoio de Elon Musk e outras celebridades, esses ativos acumulam grandes desvalorizações de preço neste ano.

Maior criptomoeda deste segmento, a Dogecoin (DOGE) está precificada atualmente em US$ 0,085, cerca de 88% abaixo da sua máxima histórica de US$ 0,73. Já a Shiba Inu (SHIB), que foi um dos ativos que mais valorizou em 2021, está 86% abaixo do seu preço recorde visto em outubro – somente neste mês, o token havia disparado mais de 1.000%, segundo o TradingView.

Para piorar ainda mais a situação, notícias relacionadas aos criadores dessas criptomoedas geraram mais um sinal de alerta para os seus detentores.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Criador da SHIB apaga postagens no Twitter

O perfil @RyoshiResearch, conhecido pseudônimo do criador, ou do grupo de criadores da Shiba Inu, deletou recentemente todas as suas publicações na rede social. Além disso, o perfil também apagou todas as suas postagens no Medium, plataforma usada para divulgar anúncios e atualizações referentes ao projeto.

As ações do perfil chamam a atenção, pois o fato de um criador decidir apagar seu histórico na internet indica um mal sinal. Anteriormente, projetos que foram acusados de fralde já deletaram ou ocultaram seus rastros em redes sociais.

No entanto, esse não parece ser o caso envolvendo Ryoshi. Segundo o Wayback Machine, o último tuite do perfil havia sido feito em maio do ano passado. Apesar de ficar um ano parada, a conta possui atualmente quase 200.000 seguidores.

Felizmente, para os investidores da SHIB, o sumiço do seu criador parece não ter gerado penico no mercado, com a meme coin subindo 3,6% nas últimas 24 horas, segundo o CoinGecko. Vale lembrar que a Shiba Inu possui uma conta oficial no Twitter, que conta com 3,3 milhões de seguidores. Sua última postagem foi feita na última quarta-feira (25).

Cofundador da Dogecoin torce pelo fim das criptomoedas

Pode ser contraditório, mas o criador de uma das maiores criptomoedas do mundo deseja atualmente o fim de todo este mercado. Este é o caso de Jackson Palmer, um dos fundadores da DOGE.

Vale destacar que o desenvolvedor abandonou o seu projeto em 2015, muito antes do ativo se tornar um fenômeno da internet. Em entrevista recente para promover o seu próprio podcast, Palmer comentou sobre como o ele gostaria que a atual tendência de baixa vista no mercado fosse o “fim das criptomoedas, mas infelizmente não é ”.

“Eu honestamente pensei que [as criptomoedas] implodiriam um pouco mais rapidamente e as pessoas aprenderiam a lição. Mas cada vez mais, nos últimos seis meses, tenho visto uma perseverança contínua. Você vê essas grandes pessoas com muito dinheiro se envolvendo e isso significa que não está diminuindo.”

O criador da DOGE é conhecido por fazer críticas a esta indústria, alegando em diversas vezes que há fraldes em DAOs, NFTs e ICOs. Ele ainda comentou que o atual ciclo de baixa do mercado não deve durar muito, pois é possível ver “montantes de dinheiro sendo canalizados por promotores de cripto. Eles estão esperando por um novo lote de tolos. Isso acontece em ciclos.”

O outro cofundador da DogeCoin, Billy Markus, também é conhecido por suas opiniões polêmicas. Neste mês, ele disse que cerca de 95% dos projetos cripto seriam fraudulentos, conseguindo com isso chamar a atenção de Elon Musk.

Para muitos, tanto Palmer quanto Markus possuem grandes ressentimentos com o mundo cripto. Apesar da DOGE chegar a ter uma capitalização acima dos US$ 30 bilhões em seu auge, nenhum dos dois conseguiu grandes lucros no ativo, apesar de serem seus criadores.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.