Ver mais

Lazarus Group continua lavando fundos do hack do Harmony Bridge

2 mins
Por Rahul N.
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O Lazarus Group transferiu 17.000 ETH do hack da Harmony.
  • Esta é a segunda vez em janeiro que o grupo movimenta recursos relacionados ao ataque.
  • O FBI confirmou que o Lazarus Group estava por trás do ataque.
  • promo

No fim de semana, o Lazarus Group, vinculado à Coréia do Norte, lavou 17.000 ETH do hack da Harmony Bridge, ocorrido em 2022.

As transferências aconteceram no final de semana, e o valor total ultrapassa R$ 27 milhões.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Analistas do mercado cripto e o detetive ZachXBT publicaram informações sobre as movimentações dos fundos no dia 29 de janeiro. Assim, esta foi a primeira vez que o Lazarus movimentou 11.304 ETH, e o grupo listou os principais endereços envolvidos.

Os fundos foram enviados para seis exchanges e ZachXBT registrou 14 endereços vinculados a saques de BTC. Algumas exchanges congelaram os fundos, embora não esteja claro quanto foi congelado desde que a movimentação começou.

Este é outro movimento de um país conhecido por ter como alvo o setor cripto. Dessa forma, muitas pessoas acreditam que os fundos vão para o financiamento de seu programa de mísseis nucleares. Várias análises vincularam o Lazarus Group a diversos ataques no mercado cripto.

US$ 63,5 milhões do Hack da Harmony foram transferidos no início de janeiro

Esta é a segunda movimentação de recursos ligados ao Lazarus em janeiro. Primeiramente, na metade do mês, o grupo movimentou US$ 63,5 milhões do ataque à Harmony Bridge. Isso eleva o valor total lavado para cerca de US$ 93,5 milhões.

Se o grupo estiver interessado em lavar dinheiro, mais transferências de fundos desse tipo podem ocorrer. Portanto, isto sugere que a Coreia do Norte está reforçando seu tesouro.

O grupo é responsável por outros ataques no mercado de criptomoedas, e podem existir mais fundos roubados aguardando transferência.

FBI confirma que Lazarus foi responsável pelo hack da Harmony

O FBI confirmou que o Lazarus Group estava por trás do ataque à ponte Harmony. Na época, as exchanges Binance e Huobi conseguiram recuperar mais de 124 BTC.

As pontes entre cadeias se tornaram a escolha preferida para ataques. Por isso, elas representam 50% de todos os exploits DeFi em 2022.

Talvez o ataque mais significativo ocorrido naquele ano tenha sido o ataque de US$ 600 milhões à Ponte Ronin. O Lazarus Group também foi responsável por ele.

Isso estimulou as empresas de DeFi a priorizar a segurança. Entretanto, parece que os invasores ainda se lançarão no mercado de DeFi em busca de exploits.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados