Ver mais

Frenesi para sacar na KuCoin: Usuários retiram mais de 1,2 bilhão de dólares em meio a acusações dos EUA

2 mins
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • KuCoin sofre retiradas em massa que ultrapassam US$ 1,2 bilhão após acusações do governo dos EUA.
  • Apesar dos fluxos de saída, a KuCoin ainda detém uma base substancial de ativos, incluindo mais de US$ 3,6 bilhões somente em Ethereum.
  • Exchange enfatiza seu compromisso com a conformidade e segurança dos ativos dos usuários em meio a desafios regulatórios.
  • promo

A exchange de criptomoedas KuCoin passa por um período bem tumultuado. Isso acontece após uma denúncia criminal do governo dos Estados Unidos (EUA) contra a plataforma. Usuários preocupados com a situação, retiraram US$ 500 milhões apenas na blockchain Ethereum.

Dados da SpotOnChain destacam retiradas significativas, incluindo 274 milhões de USDT e 15.500 ETH, das participações em Ethereum da KuCoin nas últimas horas. Apesar disso, as carteiras quentes de Ethereum da exchange ainda contêm mais de US$ 3,6 bilhões em ativos.

Frenesi para sacar na KuCoin: Usuários retiram mais de 1,2 bilhão de dólares em meio a acusações dos EUA
Fonte: Dune

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Retiradas da KuCoin a todo vapor enquanto o CEO se manifesta

Além disso, o 0xscope indica que a KuCoin experimentou uma saída líquida de cerca de US$ 1.195 bilhão nas últimas 24 horas. No entanto, a base de ativos da exchange permanece forte em US$ 4,02 bilhões, incluindo os tokens da exchange.

Em um desenvolvimento surpreendente, a WuBlockchain revelou que a KuCoin havia considerado encerrar as operações em 2023 para depois vender a plataforma.

Isso ocorre após uma investigação criminal conduzida pelos EUA e várias investigações na China. Além disso, a acusação da justiça americana aponta para as supostas deficiências da KuCoin nos esforços de combate à lavagem de dinheiro e na verificação da identidade do cliente. Essas lacunas supostamente posicionaram a KuCoin como um canal para fundos ilícitos, contribuindo para mais de US$ 9 bilhões em transações suspeitas.

Agente americano detalha situação

Darren McCormack, agente especial encarregado da HSI, comentou sobre a situação, destacando a rápida expansão da exchange ao custo potencial da adesão legal:

“O crescimento da KuCoin para mais de 30 milhões de clientes ocorreu apesar de sua suposta não conformidade legal”, declarou McCormack.

Em resposta, o CEO da KuCoin, Johnny Lyu, enfatizou os desafios regulatórios comuns enfrentados pelos setores em expansão.

A exchange destacou seu compromisso com a conformidade, citando seu recente registro bem-sucedido na FIU da Índia como um passo positivo. A KuCoin tranquilizou sua comunidade e seus parceiros quanto à sua dedicação à normalidade operacional e à segurança dos ativos dos usuários.

“Como a Exchange do Povo, priorizamos a segurança dos ativos dos usuários acima de tudo. Todas as operações, incluindo depósitos e retiradas, estão normais. Quero agradecer a todos da comunidade e aos nossos parceiros por seu apoio. Manterei meu X aberto e manterei todos vocês informados regularmente”, acrescentou Lyu.

Por meio dessas declarações, a KuCoin pretende superar seus desafios legais e regulatórios. A plataforma busca garantir as partes interessadas seu compromisso com a conformidade e a comunicação transparente em meio a esses tempos turbulentos.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados