Inflação do Ethereum atinge maior valor em um ano

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • ETH voltou a ser uma criptomoeda inflacionária.
  • Apenas 11% das novas unidades de ETH estão sendo queimadas.
  • Situação atual deve permanecer até o próximo The Merge.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A inflação do token nativo do Ethereum (ETH) atingiu seu nível mais alto desde agosto do ano passado, quando a EIP-1559 foi implementada.

A empresa de análises Glassnode observou que o ETH está em seu nível mais inflacionário desde que a proposta de melhoria 1559 foi introduzida na rede principal do Ethereum.

Com ela, sua blockchain começou a adotar um novo mecanismo de queima de tokens, visando preparar seus usuários para a mudança para o método de prova de participação (PoS) – que será introduzido no The Merge.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Queima não acompanha a criação de novos tokens

A chegada da EIP-1559 foi celebrada pelos entusiastas e investidores do Ethereum, especialmente pelo fata do novo mecanismo de queima de tokens diminuir a sua oferta em circulação. Até o momento, mais de 2,5 milhões de unidades da criptomoeda foram queimadas, segundo o ETHBurned.

Na teoria, isso causaria um choque de demanda que empurraria o preço do ativo para cima. De fato, nos meses seguintes o ETH subiu até atingir a máxima histórica de US$ 4.878 em novembro de 2021. Porém, seu preço vem acumulando uma desvalorização de 66% desde então, estando atualmente em US$ 1.624.

Acontece que essa reversão de tendência acabou revertendo o status de deflacionário que o token passou a ter após a EIP-1559. Durante o inverno cripto , houve uma desaceleração do uso de sua rede, o que fizeram suas taxas despencarem. Com isso, menos ETH tem sido queimado.

A Glassnode observa que apenas 11% das unidades de ETH cunhadas atualmente estão sendo queimadas, fazendo com que a inflação vista no ativo seja a maior desde a implementação da proposta de melhoria.

ETH em alta

Curiosamente, o ETH tem realizado grandes saltos nas últimas semanas, mesmo voltando a ser um token inflacionário no mercado. Isso se deve especialmente as expectativas em relação ao The Merge, que deve ocorrer em setembro deste ano.

Segundo o diretor de pesquisa do IntoTheBlock, Lucas Outumuro, a fusão da blockchain principal do Etherum com a Beacon Chain e a sua total adesão ao método PoS devem fazer o seu token voltar a ser deflacionário. Com isso, há boas chances do seu preço continuar na tendência de alta atual.

Apesar de recuar 5,5% nas últimas 24 horas, o ETH segue acumulando uma valorização de 52% nos últimos 30 dias, de acordo com o CoinGecko. O ativo tem sido um dos principais destaques do mercado, com muitos acreditando que a sua valorização é fundamental para a retomada das demais criptomoedas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.